Factos do Schalke - Porto

O Schalke está de regresso à fase de grupos e pela frente vai ter uma equipa do Porto que recentemente tem tido bastante sucesso na prova.

O Schalke comemora o apuramento para a fase de grupos desta época
O Schalke comemora o apuramento para a fase de grupos desta época ©AFP/Getty Images

A recepção do Schalke ao Porto na primeira jornada do Grupo D irá fazer recordar um duelo titânico numa eliminatória da UEFA Champions League.

• Foi preciso recorrer às grandes penalidades para desempatar as duas equipas no último confronto entre ambas, nos oitavos-de-final de 2007/08. Os dois clubes chegaram recentemente por diversas vezes a essa ronda e estarão determinados em começar a somar pontos num grupo que também inclui Galatasaray e Lokomotiv Moscovo.

Confrontos anteriores
• O Schalke levou a melhor no desempate por grandes penalidades há 11 épocas, depois de Kevin Kuranyi ter marcado aos quatro minutos da primeira mão em Gelsenkirchen e Lisandro López respondido a quatro do fim do encontro no Porto. A equipa alemã converteu todas a tentativas e acabou por ganhar por 4-1.

• O clube alemão também levou a melhor no outro encontro com os portistas, na primeira eliminatória da Taça UEFA de 1976/77, apesar de ter deixado fugir uma vantagem de dois golos na primeira mão em Portugal, num jogo que terminou empatado 2-2. O Schalke passou à ronda seguinte depois de vencer em casa por 3-2 graças a dois golos apontados nos últimos quatro minutos.

Guia de forma
Schalke
• Vice-campeão da Bundesliga em 2017/18 - a melhor classificação no campeonato desde 2009/10 -, o Schalke participa na primeira campanha na fase de grupos da UEFA Champions League desde 2014/15, a terceira consecutiva.

Cinco grandes golos do Schalke
Cinco grandes golos do Schalke

• O Schalke foi semifinalista em 2011, mas as últimas três participações na UEFA Champions League terminaram nos oitavos-de-final.

• O Schalke foi derrotado nos dois últimos jogos em casa na prova e venceu apenas um dos últimos cinco desafios da UEFA Champions League em Gelsenkirchen (E1 D3).

• No entanto, o Schalke não perdeu nenhum dos últimos seis encontros europeus em casa (V4 E2).

• O clube alemão não participou em competições europeias na época passada, tendo atingido os quartos-de-final da UEFA Europa League em 2016/17, altura em que foi eliminado pelo Ajax, mais tarde finalista.

• O Schalke venceu os cinco jogos anteriores em que recebeu clubes portugueses, incluindo triunfos na fase de grupos da UEFA Champions League sobre o Benfica, em 2010/11, e Sporting, na última participação, em 2014/15.

Porto
• Esta viagem traz boas recordações ao Porto; Gelsenkirchen e a Arena AufSchalke foram o palco da conquista da segunda Taça dos Clubes Campeões Europeus, quando a equipa de José Mourinho bateu o Mónaco, por 3-0, na final de 2004.

• O Porto participa pela 23ª vez na UEFA Champions League, recorde que partilha com Real Madrid e Barcelona.

• O Porto chegou aos oitavos-de-final nos últimos dois anos e ultrapassou a fase de grupos em três vezes das últimas quatro épocas. Em 2017/18, a equipa de Sérgio Conceição foi eliminada nos oitavos-de-final, com um total de 5-0, pelo Liverpool, que viria a atingir a final. Os golos foram todos marcados na primeira mão em Portugal.

O triunfo do Porto na UEFA Champions League de 2004
O triunfo do Porto na UEFA Champions League de 2004

• A equipa portuguesa também defrontou adversários alemães na fase de grupos da época passada, batendo o RB Leipzig por 3-1, em casa, depois de ter perdido por 3-2 fora. A derrota na Alemanha foi a terceira seguida diante de clubes da Bundesliga.

• O Porto venceu apenas um dos últimos seis desafios europeus fora (E3 D2), num triunfo por 3-0 no Mónaco na fase de grupos da época passada, tendo empatado os dois últimos encontro.

Ligações e curiosidades
• O treinador do Porto, Sérgio Conceição, orientou o Nantes na segunda parte da época de 2016/17 e Amine Harit fez 18 jogos e um golo sob o seu comando. Sérgio Oliveira, actual médio do Porto, jogou por empréstimo no Nantes nesse período.

• Breel Embolo fazia parte da equipa do Basileia que empatou 1-1 em casa e perdeu por 4-0 no Porto nos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2014/15. Óliver Torres, Héctor Herrera, Yacine Brahimi e Vincent Aboubakar jogaram pelo Porto.

• Herrera ajudou o México a derrotar a Alemanha por 1-0 no Campeonato do Mundo de 2018. Sebastian Rudy, do Schalke, foi suplente não utilizado nesse jogo, mas tinha sido titular no triunfo dos alemães, por 4-1, sobre o México de Herrera na meia-final da Taça das Confederações de 2017.

• Colegas nas selecções:
Nabil Bentaleb e Yacine Brahimi (Argélia)

• Jogou na Alemanha:
Riechedly Bazoer (Wolfsburgo, 2017-18)

• Jogaram juntos:
Riechedly Bazoer e Daniel Caligiuri (Wolfsburgo 2017)

Notícias mais recentes

Schalke
Transferências de Verão
Entradas: Suat Serdar (Mainz), Salif Sané (Hannover), Steven Skrzybski (Union Berlim), Mark Uth (Hoffenheim), Omar Mascarell (Real Madrid), Sebastian Rudy (Bayern)
Saídas: Leon Goretzka (Bayern), Max Meyer (Crystal Palace), Pablo Insua (Huesca, empréstimo), Coke (Levante), Benedikt Höwedes (Lokomotiv Moscovo), Thilo Kehrer (Paris)

• Após ter derrotado por 2-0 o Schweinfurt 05, do quarto escalão, na primeira eliminatória da Taça da Alemanha, a 17 de Agosto, o Schalke vai defrontar o Colónia, da 2. Bundesliga, no final de Outubro.

• O Schalke perdeu os três primeiros jogos na Bundesliga, no campo do Wolfsburgo (2-1) e frente ao Hertha (2-0), terminando cada um deles reduzido a dez jogadores devido às expulsões de Matija Nastasić e Yevhen Konoplyanka, respectivamente. O desaire mais recente foi no reduto do Borussia Mönchengladbach (2-1), este sábado.

• Esta é a primeira vez que o Schalke perde três jogos consecutivos na Bundesliga desde as cinco derrotas no início de 2016/17.

• Konoplyanka marcou no triunfo da Ucrânia na República Checa, por 2-1, no jogo inaugural na UEFA Nations League, a 6 de Setembro.

• Cedric Teuchert apontou um "hat-trick" na goleada da Alemanha na República da Irlanda, por 6-0 , em jogo de qualificação para o Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA de 2019, a 11 de Setembro; Suat Serdar marcou dois golos.

• Bastian Oczipca não joga desde Julho, altura em que foi operado à virilha, enquanto Benjamin Stambouli sofreu uma lesão num tornozelo a 20 de Agosto e deve ser baixa durante mais de dois meses.

Porto
Transferências de Verão
Entradas: João Pedro (Palmeiras)*, Chancel Mbemba (Newcastle United)*, Marius Mouandilmadji (Cotonsport)*, Éder Militão (São Paulo), Jorge (Mónaco, empréstimo), Riechedly Bazoer (Wolfsburgo, empréstimo)
Saídas: Ricardo Pereira (Leicester City), Iván Marcano (Roma), Diogo Dalot (Man. United), Miguel Layún (Villarreal), Gonçalo Paciência (Eintracht Frankfurt), José Sá (Olympiacos, empréstimo)
*Não foi inscrito na UEFA Champions League

• O Porto iniciou 2018/19 a 4 de Agosto com uma vitória por 3-1 na SuperTaça portuguesa sobre o Aves, detentor da Taça de Portugal.

• Vincent Aboubakar marcou o seu primeiro golo pelo Porto desde Fevereiro na goleada por 5-0 ao Chaves, a 11 de Agosto. O suplente Marius Mouandilmadji estreou-se pelos "dragões" com um golo.

• A 25 de Agosto, o Porto sofreu a primeira derrota em casa no campeonato nos últimos 36 jogos, ao perder por 3-2 com o Vitória SC. Chegou ao intervalo a ganhar por 2-0 e averbou depois o primeiro desaire em casa no campeonato desde 1942/43 após ter dois tentos de vantagem.

• O internacional português Danilo não jogava desde 2 de Abril devido a uma lesão no tendão de Aquiles que o afastou do Campeonato do Mundo, mas regressou à acção a 2 de Setembro como suplente utilizado no triunfo do Porto sobre o Moreirense, por 3-0.

• Aboubakar regressou da selecção dos Camarões com uma lesão no joelho esquerdo, apesar de ter entrado na parte final do empate caseiro a um golo com o Chaves, na sexta-feira, a contar para a fase de grupos da Taça da Liga. Já André Pereira falhou esse jogo pois continua a debater-se com problemas físicos.

• Francisco Soares (adutor) e Mbemba (joelho) ficaram fora da lista de inscritos do Porto para a UEFA Champions League devido a lesões prolongadas.

• Sérgio Oliveira estreou-se pela selecção principal de Portugal como suplente utilizado no empate 1-1 com a Croácia, em jogo amigável realizado a 6 de Setembro. Cinco dias depois, Éder Militão e Felipe somaram a primeira internacionalização pelo Brasil na goleada por 5-0 a El Salvador.

• Moussa Marega (Mali) e Chidozie Awaziem (Nigéria) marcaram no início de Setembro.

• André Pereira, Marega e Sérgio Oliveira renovaram contrato recentemente e passaram a estar ligados ao Porto até 2021.

Topo