Stoch acredita no Twente

Miroslav Stoch, jovem de 19 anos emprestado ao Twente, afirmou ao uefa.com que a equipa está no bom caminho, antes da recepção ao Sporting na segunda mão da terceira pré-eliminatória.

Miroslav Stoch, actualmente emprestado ao Twente, comemora o seu primeiro golo pela Eslováquia
Miroslav Stoch, actualmente emprestado ao Twente, comemora o seu primeiro golo pela Eslováquia ©AFP

Miroslav Stoch está determinado em não permitir que a sua pequena estatura prejudique a sua carreira. O jovem de 19 anos, emprestado ao FC Twente, afirmou ao uefa.com: "Irá tudo correr bem, apesar dessa desvantagem".

"Novas circunstâncias"
Com quatro internacionalizações pela Eslováquia, o extremo de 1.68m actuou em apenas três partidas pelo clube da sua terra natal, o FC Nitra, antes de ingressar no Chelsea FC em 2006, com apenas 17 anos de idade, portanto não se mostra muito preocupado com uma nova experiência no estrangeiro esta temporada, em que irá representar o Twente por empréstimo. "Foi uma surpresa agradável", afirmou sobre a transferência para o Chelsea. "Não falava inglês muito bem e precisei de algum tempo para me adaptar, mas no Twente isso não será problema. Sei adaptar-me rapidamente a novas circunstâncias".

Titular
O jovem eslovaco já realizou duas partidas como titular da equipa orientada por Steve McClaren, uma contra o Sporting na primeira mão da terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League e outra para o campeonato, e espera aprender bastante em Enschede, onde também actua outro jovem eslovaco, o avançado Andrej Rendla. "Não estou tão bem como o resto da equipa, uma vez que o Chelsea iniciou a sua preparação para a nova temporada duas semanas mais tarde do que o Twente, mas estou a melhorar de dia para dia", afirmou. "Gosto deste novo clube, estamos a construir uma boa equipa. Acredito que o Twente possa obter bons resultados também na Europa".

Apuramento para o Mundial
Miňo, como também é conhecido, está igualmente concentrado na campanha da Eslováquia de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2010, e marcou o primeiro golo pelo seu país na vitória sobre San Marino, por 7-0, a 6 de Junho. A sua selecção ocupa um surpreendente primeiro lugar no Grupo 3, e Stoch afirmou: "Seria fantástico para a Eslováquia disputar o Campeonato do Mundo. Tivemos um excelente início na qualificação e sei que os últimos passos serão difíceis, mas o meu grande sonho é disputar um torneio dessa dimensão".

Pequeno mas veloz
Stoch iniciou a sua carreira como defesa, mas sente que a sua mudança para extremo com a camisola do Nitra o ajudou a tirar partido da sua grande desvantagem como jogador: a sua baixa estatura. "Não tenho culpa da minha altura, mas tenho outras virtudes", explicou o veloz jogador, acrescentando ainda: "É uma vantagem para mim, e tudo correrá bem".

Topo