Embate entre estreantes

O Sevilha recebe o Slávia na esperança de repetir na UEFA Champions League a mesma forma caseira que lhe permitiu conquistar a Taça UEFA por duas vezes.

O treinador do Sevilha, Juande Ramos, quer conquistar os três pontos contra o Slávia
O treinador do Sevilha, Juande Ramos, quer conquistar os três pontos contra o Slávia ©Getty Images

Duas equipas estreantes na UEFA Champions League encontram-se na segunda jornada, com o Sevilla FC a receber o SK Slavia Praha, esperando manter o registo nos jogos disputados em casa, que lhe permitiu vencer a Taça UEFA por duas vezes consecutivas.

• No entanto, ainda que o Sevilha esteja habituado a dominar no seu estádio na Taça UEFA, o primeiro jogo na UEFA Champions League foi uma história completamente diferente, tendo saído derrotado por 3-0 na visita ao Arsenal FC. A estreia do Slávia foi bem mais positiva, já que venceu em casa o FC Steaua Bucureşti por 2-1.

• As duas equipas nunca se defrontaram nas competições europeias.

• Os bons resultados do Sevilha em casa foram muito importantes para o seu recente sucesso nas competições europeias; em 14 jogos no Estádio Ramón Sánche-Pizjuán na Taça UEFA, nas últimas duas épocas, a equipa de Juande Ramos sofreu apenas uma derrota. O desaire aconteceu frente ao AZ Alkmaar, na fase de grupos da temporada transacta, graças a um golo de Shota Arveladze no período de descontos, que deu aos holandeses a vitória por 2-1. Para além de dois empates, o Sevilha venceu todas as outras partidas em casa - 11 no total.

• A fase de grupos da Taça UEFA da época passada, que incluía também o Sp. Braga, colocou os espanhóis frente-a-frente com outra formação checa, o FC Slovan Liberec. No jogo disputado na República Checa, na única vez em que o Sevilha defrontou clubes desse país nas competições europeias, o resultado final foi um nulo.

• Para chegar a esta fase da competição os andaluzes venceram a terceira pré-eliminatória contra o AEK Athens FC, de Geraldo e Manu, por 6-1 no total das duas mãos. Ganharam em casa por 2-0 e, depois, numa segunda mão marcada pelo recente falecimento do defesa Antonio Puerta. Os espanhóis triunfaram por 4-1, garantindo assim a sua segunda presença na Taça dos Clubes Campeões Europeus, 50 anos após a sua estreia.

• O Slávia já defrontou equipas espanholas em quatro ocasiões, mas venceu apenas uma vez. Marcou somente num desses quatro jogos, o mais recente, contra o RC Celta de Vigo, na terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League de 2003/04. Venceu por 2-0, mas os espanhóis seguiram para a fase de grupos, graças à vitória na primeira mão, por 3-0.

• Os checos defrontaram também o Valencia CF na segunda eliminatória da Taça UEFA de 1996/97, tendo sido eliminados após uma derrota por 1-0 em casa, seguida de um empate a zero em Espanha.

• No outro jogo do Grupo H, o Steaua recebe o Arsenal.

Topo