Olympiacos em alta

Grupo F: Predrag Djordjević assinou o seu 100º golo pelo Olympiacos na vitória sobre o Iraklis, enquanto Real Madrid e Lyon empataram.

O Olympiacos CFP foi a única equipa do Grupo F da UEFA Champions League a vencer este fim-de-semana, ao derrotar o Iraklis FC na segunda-feira, regressando ao comando do campeonato grego, com Predrag Djordjević a alcançar a marca dos 100 golos. O Real Madrid CF precisou de dois golos nos instantes finais para garantir um empate, ao passo que o líder destacado do campeonato gaulês, o Olympique Lyonnais, também empatou. Uma vez que o campeonato norueguês já terminou, o Rosenborg BK não jogou.

OGC Nice 1-1 Olympique Lyonnais

No sábado, o campeão francês aumentou para 23 o número de jogos sem perder em todas competições, ao empatar na costa sul. Com uma vantagem de 11 pontos na Ligue 1, a equipa de Tiago já conquistou o título de "campeão de Outono", correspondente à primeira metade do campeonato. No entanto, não conseguiu igualar o recorde do FC Nantes Atlantique, que somou oito vitórias consecutivas em 2000/01.

Pela oitava vez esta temporada, o Lyon recuperou após ter sofrido o primeiro golo. Mamadou Bagayoko inaugurou o marcador no primeiro tempo, mas Sidney Govou empatou a 15 minutos do fim, depois de o guarda-redes Damien Grégorini não ter segurado um remate de Sylvain Wiltord. Os defesas Lamine Diatta e Jérémy Berthod abandonaram o encontro lesionados, ao passo que John Carew foi substituído com um problema num pé. O defesa Eric Abidal partiu um pé e estará afastado dos relvados durante três meses, enquanto o avançado Fred magoou-se num tornozelo.

O guarda-redes Grégory Coupet afirmou: "Estamos muito felizes por continuar sem perder. Estes jogos fizeram-nos sentir mais fortes, mesmo com as lesões e o cansaço da equipa. Estamos determinados em aumentar o número de jogos sem perder".

Real Sociedad de Fútbol 2-2 Real Madrid CF

Um pressionado Real Madrid salvou um ponto em San Sebastian, graças a uma recuperação notável. A perder depois de um penalty controverso, aos 43 minutos, cobrado por Xavi Prieto, e um golo de Oscar De Paula, aos 57 minutos, o Real parecia condenado a perder quando Sergio Ramos foi expulso aos 73 minutos.

No entanto, o conjunto "merengue" aumentou a pressão e depois da expulsão de Gaizka Garitano, aos 81 minutos, a formação de Vanderlei Luxemburgo lançou-se no ataque. A quatro minutos do final, Raúl Bravo transformou em golo uma bola perdida e, dois minutos depois, Zinedine Zidane assinou o empate.

Apesar de ter alinhado sem os lesionados Ronaldo (tornozelo), o capitão Raúl González (joelho) e Jonathan Woodgate (coxa), Luxemburgo revelou estar desapontado por não ter conseguido os três pontos. "O Iker Casillas não efectuou qualquer defesa antes de eles marcarem, enquanto nós tivemos cinco oportunidades", disse.

Rosenborg BK

Os preparativos do Rosenborg para o seu último jogo da UEFA Champions League, em Lyon, têm sido assolados por lesões. Per Ciljan Skjelbred foi o último jogador a integrar a lista de indisponíveis, ao partir uma perna no empate a uma bola com o Olympiacos. Ørjan Berg (tornozelo) e Miika Koppinen (joelho) também têm pela frente longas recuperações.

Jan Gunnar Solli (virilha), Robbie Russell (joelho) e Roar Strand (coxa) são outros casos que levantam preocupações. Apesar destes problemas, a formação nórdica aproveita o facto de o seu campeonato nacional já ter acabado e pode descansar até ao jogo da sexta jornada.

O técnico Per-Mathias Høgmo afirmou: "O jogo com o Lyon vai, primeiro e acima de tudo, ser uma boa oportunidade para defrontar um grande clube europeu. Vamos para este jogo sem qualquer tipo de pressão". O Rosenborg já não poderá alcançar os oitavos-de-final, mas ganhou um lugar na Taça UEFA como consolação.

Olympiacos CFP 2-1 Iraklis FC

O Olympiacos sofreu muito para bater o Iraklis, no Pireu, e manter o primeiro lugar do campeonato helénico. Djordjević marcou o seu 100º golo pelo clube aos 11 minutos, convertendo uma grande penalidade, depois de Ioannis Okkas ter sido derrubado. O Iraklis empatou a meio do primeiro tempo, por intermédio de Esteban Herrera, e a turma da casa só conseguiu repor a liderança aos 79 minutos, quando Okkas cabeceou para golo numa recarga, após o remate de Ieroklis Stoltidis ter sido travado. A vitória colocou o Olympiacos dois pontos à frente do AEK Athens FC, equipa treinada pelo português Fernando Santos.

O defesa Michalis Kapsis ficou de fora, ao passo que Michalis Konstantinou, Ioannis Taralidis e Stylianos Venetidis deverão regressar aos relvados no início de 2006. Com os guarda-redes suplentes, Erwin Lemmens e Kleopas Giannou, lesionados, o lugar no banco ficou a cargo de Leonidas Panagopoulos, de 18 anos de idade.

O treinador Trond Sollied afirmou: "Os meus jogadores deram tudo o que tinham pela equipa e pelos adeptos e estou orgulhoso deles. Temos o melhor ataque e a melhor defesa e podemos melhorar. Temos uma grande equipa e isso será demonstrado no relvado".

Topo