Mês de oportunidades

O uefa.com presta especial atenção às 16 equipas que restam na Liga dos Campeões e considera quais delas poderão recorrer ao mercado em Janeiro.

Por Simon Hart

Sábado marcou a abertura do mercado de transferências de Inverno, naquela que será a derradeira oportunidade para os clubes europeus reforçarem as suas equipas. O uefa.com presta especial atenção às 16 equipas que permanecem na UEFA Champions League e considera quais delas estarão ocupadas durante a reabertura do mercado em Janeiro.

Problema resolvido
O campeão europeu, FC Porto, resolveu um problema na sua defesa ao contratar o lateral-esquerdo brasileiro, Leandro, por cinco anos, ao Cruzeiro EC. O jogador irá preencher a vaga deixada em aberto desde que Nuno Valente se lesionou com alguma gravidade ao serviço da selecção. Porém, o flanco esquerdo do ataque também poderá ser reforçado, isto numa altura em que é dada como certa a dispensa de Maciel. Já o PSV Eindhoven poderá estar à procura de um avançado, mas uma perda de 4,9 milhões de euros na passada temporada e os evidentes progressos revelados pelo avançado peruano Jefferson Farfán, para além dos regressos de lesão de John de Jong e Jan Vennegoor of Hesselink, poderão travar a necessidade de reforçar o plantel.

Morientes de saída?
Com um excedente de avançados no clube, o Real Madrid CF poderá vender Fernando Morientes este mês, sendo o Liverpool FC o seu provável destino. Contudo, qualquer que seja o clube escolhido por Morientes, é certo que o ponta-de-lança não poderá actuar nas competições europeias nesta temporada. O Real poderá reforçar o seu meio-campo e estará, certamente, atento a uma possível contratação de um guarda-redes, até porque Iker Casillas e César terminam os seus contratos dentro de 18 meses. Por seu turno, o FC Barcelona deverá reforçar o ataque, depois de Henrik Larsson ter-se lesionado com gravidade.

Cissé lesionado
O Liverpool tenta obter os préstimos de Morientes, uma vez continuar sem poder contar com o avançado Djibril Cissé, dado que o internacional francês recupera de uma fractura numa perna. Os rivais dos "Reds" na Premiership, o Arsenal FC e o Manchester United FC, poderão nem ter de recorrer ao mercado de transferências, apesar de a posição de guarda-redes poder ter de ser reforçada. Quanto ao Chelsea FC, depois de ter gasto cerca de 145 milhões de euros no início da temporada, parece agora ter todas as posições bem preenchidas. No entanto, isso não é garante de que o livro de cheques de Roman Abramovich irá permanecer na gaveta, especialmente depois de Scott Parker ter-se lesionado.

Futuro em dúvida
Na Serie A, a Juventus e o AC Milan não precisam de reforçar-se. A Juve, de Fabio Capello, poderá contar brevemente com os préstimos de David Trezeguet, isto após o avançado recuperar de uma lesão no ombro. De saída poderão estar Nicola Legrottaglie e Mark Iuliano. O treinador do Milan, Carlo Ancelotti, deverá voltar a poder utilizar dentro de pouco tempo Jaap Stam e Filippo Inzaghi e, tal como Capello, não deverá ter de ver reforçada a sua equipa. Fica apenas a questão: tentará o Milan contratar Hérnan Crespo a título definitivo ao Chelsea ou optará por concretizar o negócio apenas no Verão?

À defesa
O vizinho do Milan e próximo adversário do FC Porto na Liga dos Campeões, o FC Internazionale Milano, poderá estar mais ocupado neste mês. Após ter falhado a contratação de César à S.S. Lazio no passado Verão, o treinador Roberto Mancini poderá voltar a tentar contratar o médio-esquerdo brasileiro. Por outro lado, Julio Cruz e Alvaro Recoba poderão estar de saída do clube. Após ter concedido 24 golos em 16 jogos realizados na Serie A, o Inter poderá, igualmente, tentar contratar um defesa-central.

Charisteas de saída
Na Alemanha. já se assiste a algum movimento no mercado. O Bayer 04 Leverkusen trouxe de volta Landon Donovan dos Estados Unidos, enquanto o internacional grego Angelos Charisteas trocou o Werder Bremen pelo AFC Ajax. Já o FC Bayern München não deverá abrir os cordões à bolsa, mas Thomas Linke poderá estar de saída do Olympiastadion.

Lesões e contratações
O Olympique Lyonnais entra em 2005 com uma única questão: conseguirá Giovane Elber recuperar até ao final do mês, depois de ter estado lesionado desde Agosto? Contudo, enquanto o jovem avançado Nilmar brilha na equipa principal, fica a dúvida se o internacional brasileiro conseguirá recuperar o seu lugar no onze. Quanto às outras equipas da Ligue 1, o AS Monaco FC, que perdeu duas peças fundamentais do seu ataque no Verão - Ludovic Giuly e Jérôme Rothen, para além do regresso de Morientes ao Real Madrid - e não pode contar com Akis Zikos e Lucas Bernardi, devido a lesão, deverá tentar contratar um médio.

Topo