Factos: Lyon - Benfica

O começo positivo do Lyon foi interrompido pela derrota ante o Benfica, resultado que aumenta as expectativas para o duelo em França.

Memphis Depay (Lyon) e Rúben Dias (Benfica) discutem um lance durante a partida no Estádio da Luz
Memphis Depay (Lyon) e Rúben Dias (Benfica) discutem um lance durante a partida no Estádio da Luz ©AFP/Getty Images

Um golo tardio de Pizzi deu ao Benfica os três pontos frente ao Lyon, na terceira jornada, o que significa que o clube português se desloca até França com esperanças renovadas de apuramento no Grupo G.

• O primeiro jogo europeu de Rudi Garcia como treinador do Lyon parecia destinado a terminar empatado, após Memphis Depay – com o terceiro golo em igual número de jogos – a anular o tento inaugural de Rafa Silva, logo aos quatro minutos. No entanto, a quatro minutos do fim uma má reposição do guardião Anthony Lopes deu a Pizzi a oportunidade de garantir a primeira vitória do Benfica nesta edição da UEFA Champions League.

• Assim, o Benfica soma agora três pontos, menos um do que Lyon e Zenit, estando a três do líder Leipzig, num grupo marcado pelo equilíbrio.

Resumo: Benfica 2-1 Lyon
Resumo: Benfica 2-1 Lyon

Confrontos anteriores
• Ambos os conjuntos venceram o jogo em casa quando as equipas se enfrentaram na fase de grupos da UEFA Champions League 2010/11. O Lyon ganhou por 2-0 no Stade de Gerland na terceira jornada, graças aos golos de Jimmy Briand e Lisandro López.

• O Benfica respondeu com um triunfo por 4-3, com Fábio Coentrão a brilhar graças a um bis e a formação francesa a marcar três golos nos últimos 16 minutos.

• O Lyon terminou em segundo do grupo, atrás do Schalke, e foi eliminado pelo Real Madrid nos oitavos-de-final. Depois de ficar em terceiro, o Benfica transitou para os 16 avos-de-final da UEFA Europa League, prova em que atingiu as meias-finais, sendo depois eliminado pelos compatriotas do Braga

Jornada 1: Lyon 1-1 Zenit
Jornada 1: Lyon 1-1 Zenit

Guia de forma
Lyon 
• Uma grande penalidade de Depay deu ao Lyon um ponto contra o Zenit na primeira jornada, antes do holandês e de Martin Terrier, que apontou o seu primeiro golo europeu, garantirem uma vitória por 2-0 em Leipzig. A derrota com o Benfica foi apenas a terceira do Lyon nos últimos 15 jogos europeus (V5 E7).

• Terceiro na Ligue 1 na temporada passada, esta é a 16ª participação do Lyon na UEFA Champions League - mais quatro que qualquer outro clube francês - e a quarta em cinco temporadas.

• O clube gaulês venceu o primeiro jogo na UEFA Champions League na temporada passada, ao ganhar por 2-1 na visita ao Manchester City, antes de empatar os restantes cinco e apurar-se para os oitavos-de-final com um 1-1 na visita ao Shakhtar, na sexta jornada.

A derrota em Barcelona por 5-1, na segunda mão dessa fase em 2018/19, bem como os resultados desta temporada, significam que perdeu apenas dois dos seus últimos 14 jogos europeus (V5 E7). Uma derrota por 5-1 em casa do Barcelona, na segunda mão dos oitavos-de-final, colocou um ponto final na sua campanha 2018/19.

Veja o Lyon vencer em Leipzig
Veja o Lyon vencer em Leipzig

• Os três jogos caseiros do Lyon na fase de grupos da época passada terminaram empatados a dois golos, frente a Shakhtar, Hoffenheim e Manchester City. O nulo da primeira jornada aumentou para cinco os empates caseiros consecutivos nas competições europeias.

• Um desaire por 3-2 frente ao CSKA Moskva, nos oitavos-de-final da UEFA Europa League 2017/18, é a única derrota caseira do Lyon em 15 jogos europeus (V7 E7) desde uma derrota por 1-0 frente à Juventus na UEFA Champions League, em Outubro de 2016.

• A última partida caseira do Lyon frente a uma equipa lusa aconteceu na fase de grupos da UEFA Europa League 2013/14, terminando com um empate a um golo frente ao Vitória SC. Ganhou apenas dois dos últimos sete jogos frente a emblemas portugueses, em casa e fora (E2 D3).

• O Lyon foi semifinalista da UEFA Champions League em 2010.

Jornada 2: Zenit 3-1 Benfica
Jornada 2: Zenit 3-1 Benfica

Benfica
• Apesar do triunfo sobre o Lyon, derrota ante Leipzig, na primeira jornada (1-2), e Zenit, na segunda (1-3), significam que o Benfica venceu apenas três dos últimos 16 jogos na UEFA Champions League, da fase de grupos até à final (E1 D12).

• Em 2018/19, o Benfica terminou em terceiro no Grupo E atrás de Bayern e Ajax, tendo transitado para a UEFA Europa League com sete pontos. Após derrotar Galatasaray (2-1 no total) e Dínamo Zagreb (3-1 no total), foi eliminado pelo Eintracht Frankfurt nos quartos-de-final graças aos golos fora (4-2 c, 0-2 f).

• O Benfica perdeu 14 dos seus últimos 26 jogos europeus.

• Apesar das vitórias sobre PAOK, AEK e Galatasaray na época passada, o Benfica triunfou em apenas três dos últimos 14 jogos fora (E2 D9).

• No entanto, o Benfica ganhou oito dos últimos 12 jogos frente a equipas francesas (E2 D2), em casa e fora. Perdeu somente dois dos últimos seis realizados em França (E2 D2). A última visita a um emblema gaulês terminou com um empate sem golos diante do AS Monaco FC, na fase de grupos da UEFA Champions League 2014/15.

• Campeão português pela 37ª vez na temporada passada (recorde nacional), o Benfica está na fase de grupos pela 15ª vez, embora apenas em cinco dessas 14 participações tenha chegado aos oitavos-de-final; também atingiu os quartos-de-final, de forma directa, em 1994/95.

• O clube lisboeta chegou a sete finais da Taça dos Clubes Campeões Europeus, tendo vencido o troféu em 1961 e 1962.

Ligações e curiosidades
• Jogaram em França:
Adel Taarabt (Lens 2004–06)
Carlos Vinícius (Mónaco 2019, por empréstimo)

• Jogou em Portugal:
Fernando Marçal (Torreense 2010–12, Nacional 2012–15)

• Marçal pertenceu ao plantel do Benfica entre 2015 e 2017, mas nunca jogou pelo clube, tendo sido emprestado aos turcos do Gaziantepspor e aos franceses do Guingamp antes de assinar pelo Lyon. Jogou contra o Benfica oito vezes, sempre pelo Nacional (E1 D7), e foi expulso num empate caseiro a dois contra os "encarnados", em Fevereiro de 2013.

• Jogaram juntos:
Moussa Dembélé e Adel Taarabt (Fulham 2013)

Glória de Portugal no UEFA EURO 2016
Glória de Portugal no UEFA EURO 2016

• Colegas de selecção:
Anthony Lopes e André Almeida (Portugal Sub-21)
Anthony Lopes, André Almeida, Rúben Dias, Pizzi, Rafa Silva e Gedson Fernandes (Portugal)

• Rafa Silva e Anthony Lopes fizeram parte da selecção de Portugal que venceu o UEFA EURO 2016 em França.

• Rafa Silva foi suplente utilizado na vitória por 1-0 de Portugal contra a Holanda, pela qual Depay jogou os 90 minutos, na final da UEFA Nations League, a 9 de Junho.

• Andrija Živković e Youssouf Koné marcaram na vitória da Sérvia por 2-1 sobre o Mali nas meias-finais do Campeonato do Mundo Sub-20 de 2015, partida em que o maliano Koné foi expulso no prolongamento.

Últimas notícias

Lyon
• Vindo de duas derrotas nas suas duas anteriores deslocações, o Lyon venceu por 3-2 no terreno do Toulouse no sábado, com Memphis Depay a bisar - apontando o seu segundo golo, que valeu o triunfo, já nos descontos - e Moussa Dembélé a assinar o outro golo.

• O Lyon soma 16 pontos ao cabo das 12 primeiras jornadas da Ligue 1 2019/20, menos cinco do que na última temporada.

• O Lyon dispensou os serviços do treinador Sylvinho a 7 de Outubro, um dia após a derrota (1-0) no terreno do vizinho e rival St-Étienne. Rudi Garcia foi anunciado como o substituto do brasileiro a 14 de Outubro e registou a sua primeira vitória ao terceiro jogo, derrotando em casa o Metz, por 2-0, a 26 de Outubro.

• Dembélé e Depay foram também os autores dos golos dessa vitória ante o Metz, colocando então um ponto final numa série do Lyon de oito encontros da Ligue 1 sem um único triunfo (E4 D4). Essa foi a sequência mais longa do Lyon sem conseguir vencer numa única edição do campeonato francês desde Agosto–Outubro de 1977.

• O OL estava há sete jogos sem vencer em todas as competições (E4 D3) antes de lograr bater o Leipzig na segunda jornada, naquela que foi a sua sequência mais longa sem uma vitória desde os oito jogos seguidos em que não conseguiu saborear uma vitória, entre Março e Maio de 1996.

• O Lyon marcou nove golos sem sofrer nenhum nos seus dois primeiros compromissos na Ligue 1, vencendo fora o Mónaco por 3-0, antes de golear em casa o Angers, por 6-0.

• Esse triunfo na recepção ao Angers assinalou a maior vitória em casa do Lyon no campeonato gaulês desde o 8-1 aplicado ao Le Mans a 13 de Maio de 2006.

• Dembélé (oito) e Depay (cinco) marcaram 15 dos 19 golos conseguidos pelo Lyon até agora nesta temporada.

• A 28 de Outubro, o Lyon anunciou a chegada ao clube do preparador físico Paolo Rongoni, que já trabalha há muitos anos com o técnico Rudi Garcia.

• Fernando Marçal (coxa) não joga desde o dia 19 de Outubro.

Benfica
• As "águias" arrancaram a defesa do seu título da Liga portuguesa com nove vitórias em dez jogos, perdendo apenas por uma vez (um desaire caseiro por 2-0 ante o FC Porto, a 24 de Agosto).

• Essa derrota terminou com uma série de 11 vitórias consecutivas do Benfica no campeonato nacional, sendo que o conjunto "encarnado" venceu 18 dos seus 19 últimos encontros na prova, contando com o triunfo de sábado, por 2-0, sobre o Rio Ave.

• O Benfica marcou 53 golos nos seus últimos 17 jogos da Liga portuguesa.

• O clube lisboeta não sofreu qualquer golo em oito jogos da presente edição do campeonato português, incluindo seis dos seus sete últimos compromissos na competição.

• A vitória (1-0) em Tondela, a 27 de Outubro, foi a 25ª de Bruno Lage como treinador do Benfica em 27 jogos da Liga portuguesa, tornando-se o técnico que atingiu mais rapidamente essa marca na história do clube da Luz.

• Carlos Vinícius bisou no triunfo caseiro, por 4-0, contra o Portimonense, a 30 de Outubro, somando agora quatro golos nos seus cinco últimos jogos.

• Pizzi, autor do segundo golo das "águias" no triunfo de sábado sobre o Rio Ave, apontou 12 golos em 15 presenças pelo Benfica esta época, todas as competições incluídas.

• Rafa Silva esteve de fora entre a segunda e a terceira jornada com um problema nos adutores; marcou o primeiro golo contra o Lyon, mas teve de sair a meio da primeira parte devido a uma lesão na coxa, não devendo voltar a jogar este ano.

• Raúl De Tomás sofreu uma entorse do tornozelo no final de Outubro e falhou os últimos três jogos do Benfica.

• Chiquinho foi lançado na segunda parte do encontro frente ao Tondela, naquela que foi a sua primeira aparição desde o jogo contra o FC Porto, a 24 de Agosto, onde sofreu um problema na coxa.

• Uma lesão na coxa impediu André Almeida de jogar entre 28 de Setembro e 27 de Outubro.

• Germán Conti está apto após recuperar de uma lesão na coxa, mas ainda não soma qualquer minuto esta temporada.

• O Benfica vai medir forças com o Vizela, do terceiro escalão, nos 16 avos-de-final da Taça de Portugal, no dia 23 de Novembro.

• A 17 de Outubro, Ferro prolongou o seu contrato até Junho de 2024.

• O Benfica conquistou a Supertaça portuguesa a 4 de Agosto, fruto de uma goleada por 5-0 contra o rival Sporting CP.

Topo