Factos do Zenit - Benfica

Houve três vitórias para cada lado nos confrontos anteriores entre Zenit e Benfica, equipas que voltam agora a encontrar-se no Grupo G.

O Benfica bateu fora o Zenit em 2016
O Benfica bateu fora o Zenit em 2016 ©Getty Images

Houve sempre um vencedor nos duelos anteriores entre Zenit e Benfica, e agora os três pontos em disputa na segunda jornada, em São Petersburgo, dariam novo alento a qualquer dos conjuntos no Grupo G.

• O Zenit empatou 1-1 na visita ao Lyon na primeira jornada, enquanto o Benfica perdeu em Lisboa por 2-1 ante o Leipzig e não vai querer perder mais terreno para os adversários nesta fase inicial.

Confrontos anteriores
• Cada equipa somou três triunfos - dois em casa e um fora - nos seis encontros anteriores entre as duas formações, tendo Zenit e Benfica apontado sete golos cada.

Veja como o Benfica afastou o Zenit nos oitavos-de-final em 2012
Veja como o Benfica afastou o Zenit nos oitavos-de-final em 2012

• Os dois clubes cruzaram-se pela última vez nos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2015/16, altura em que o Benfica seguiu em frente graças à vitória por 1-0 em casa e 2-1 fora.

• A equipa portuguesa também levou a melhor quando ambas as equipas se defrontaram na mesma fase da competição em 2011/12, recuperando de uma derrota por 3-2, na Rússia, com um vitória por 2-0 em Lisboa.

• O Zenit, no entanto, foi melhor na fase de grupos da UEFA Champions League de 2014/15: ganhou por 2-0 na primeira jornada, em Lisboa, antes de voltar a vencer em casa, por 1-0, na quinta ronda. Os russos foram terceiros no grupo e o Benfica terminou no quarto lugar.

Guia de forma
Zenit
• O empate da primeira jornada em Lyon significa que o Zenit venceu apenas um dos últimos seis jogos europeus (E1 D4). A vitória sobre o Fenerbahçe, por 3-1, na segunda mão dos 16 avos-de-final da UEFA Europa League da temporada passada, foi a sexta seguida nas provas europeias em São Petersburgo, apesar de o Zenit ter perdido o jogo mais recente, por 3-1, frente ao Villarreal, nos oitavos-de-final da UEFA Europa League de 2018/19.

Resumo: Lyon 1-1 Zenit
Resumo: Lyon 1-1 Zenit

• O Zenit também ganhou 11 dos seus últimos 13 jogos em casa nas provas da UEFA (E1 D1). O seu registo em São Petersburgo na fase de grupos da UEFA Champions League é de V7 E8 D3.

• A derrota diante do Benfica nos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2015/16 - naquela que foi a sua última partida em casa na competição - encerrou a série de quatro triunfos do Zenit na prova em São Petersburgo.

• O Zenit conquistou o sexto título na URSS/Rússia em 2018/19 e o primeiro desde 2015; os seus últimos cinco triunfos ocorreram a partir de 2007.

• Esta é a sétima participação do emblema de São Petersburgo na fase de grupos da UEFA Champions League e a primeira desde 2015/16, quando atingiu os oitavos-de-final pela terceira vez.

• Em 2018/19, a 12ª participação europeia consecutiva do Zenit teve início na terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League, fase em que operou uma incrível reviravolta na segunda mão ante o Dínamo Minsk, em São Petersburgo, ao vencer por 8-1, após prolongamento, após uma surpreendente derrota, por 4-0, na Bielorrússia. A seguir o Zenit bateu o Molde no "play-off" e depois terminou em primeiro lugar num grupo que incluía Slávia Praga, Bordéus e Copenhaga. Afastou o Fenerbahçe nos 16 avos-de-final antes de ser eliminado pelo Villarreal nos oitavos-de-final ao perder em casa (1-3) e fora (1-2).

• A derrota diante do Benfica em 2016 é a única do Zenit em casa ante adversários portugueses (V5 D2).

Resumo: Benfica 1-2 Leipzig
Resumo: Benfica 1-2 Leipzig

Benfica
• O desaire frente ao Leipzig na primeira jornada significa que o Benfica venceu apenas dois dos seus últimos 14 jogos na UEFA Champions League, da fase de grupos à final (E1 D11).

• Em 2018/19, o Benfica terminou com sete pontos no terceiro posto do Grupo E, atrás de Bayern e Ajax, tendo transitado para a UEFA Europa League. Após derrotar Galatasaray (2-1 no total) e Dínamo Zagreb (3-1 no total), caiu nos quartos-de-final diante do Eintracht Frankfurt devido à regra dos golos fora (4-2 c, 0-2 f).

• O Benfica perdeu 13 dos últimos 24 jogos europeus.

• Apesar das vitórias sobre PAOK, AEK e Galatasaray na época transacta, o Benfica ganhou apenas três dos seus últimos 13 jogos fora de Portugal (E2 D8).

• O Benfica não perdeu os três primeiros jogos europeus na Rússia (V1 E2), mas a vitória de 2016 frente ao Zenit foi a única ocasião em que não saiu derrotado nas derradeiras seis visitas àquele país. A viagem mais recente, para defrontar o CSKA Moscovo na fase de grupos da UEFA Champions League de 2017/18, terminou com uma derrota por 2-0.

• Campeão de Portugal pela 37ª vez - registo recorde - na época passada, o Benfica está presente na fase de grupos pela 15ª ocasião, embora apenas em cinco das 14 participações anteriores tenha chegado aos oitavos-de-final; atingiu também os quartos-de-final de forma directa em 1994/95.

• O clube de Lisboa já disputou sete finais da Taça dos Campeões e ergueu o troféu em 1961 e 1962.

Melhores momentos individuais da primeira jornada da #UCL
Melhores momentos individuais da primeira jornada da #UCL

Ligações e curiosidades
• Branislav Ivanović marcou o golo da vitória do Chelsea contra o Benfica, de cabeça, no período de descontos da final da UEFA Europa League de 2013, em Amesterdão.

• Ivanović jogou pela Sérvia com Ljubomir Fejsa e Andrija Živković, do Benfica.

• O guarda-redes russo do Benfica, Ivan Zlobin, passou três temporadas na academia do CSKA Moscovo antes de rumar a Portugal em 2015, tendo ingressado no Benfica no ano seguinte.

• Yordan Osorio chegou a Portugal em 2017 para assinar pelo Tondela. Ingressou no Porto no Verão de 2018 e passou a última temporada no Vitória SC, tendo-se estreado na Liga portuguesa com uma derrota diante do Benfica, por 3-2, a 10 de Agosto de 2018; está neste momento emprestado ao Zenit pelo Porto.

• Emanuel Mammana e Matías Kranevitter, do Zenit, e Franco Cervi, do Benfica, são internacionais pela Argentina.

Últimas notícias

Quem foram os melhores do Fantasy na primeira jornada?
Quem foram os melhores do Fantasy na primeira jornada?

Zenit
Transferências de Verão
Entradas: Douglas Santos (Hamburgo), Aleksei Sutormin (Rubin), Aleksandr Vasyutin (Sarpsborg), Malcom (Barcelona), Danil Krugovoi (Ufa), Yordan Osorio (Porto, loan), Vyacheslav Karavaev (Vitesse)
Saídas: Luís Neto (Sporting), Aleksandr Anyukov (Krylya Sovetov), Yuri Lodygin (Gazişehir Gaziantep), Andrey Panyukov (Ural), Claudio Marchisio (dispensado), Dmitri Poloz (Sochi), Hernani (Parma, empréstimo), Egor Baburin (Rostov), Christian Noboa (Sochi), Anton Zabolotny (Sochi), Luka Djordjević (Lokomotiv), Danil Krugovoi (Ufa, empréstimo), Emiliano Rigoni (Zenit para a Sampdória, empréstimo), Miha Mevlja (Sochi), Denis Terentiev (Ufa, empréstimo)

• O Zenit perdeu por 1-0 na visita ao Lokomotiv Moscovo e perdeu também a liderança da Premier League russa, que tinha alcançado graças a três vitórias consecutivas, incluíndo uma goleada por 5-0 ao Rubin Kazan, a 21 de Setembro.

• O clube de São Petersburgo marcou nove golos nos últimos quatro jogos de campeonato e sofreu apenas dois.

• Artem Dzyuba soma cinco golos e cinco assistências no campeonato esta temporada.

• O Zenit venceu o Yenisey por 2-1, em Krasnoyarsk, nos 16 avos-de-final da Taça da Rússia a 25 de Setembro e irá receber o Tom Tomsk na próxima fase no dia 29 de Outubro.

• O Zenit perdeu a Supertaça da Rússia frente ao Lokomotiv Moscovo, por 3-2, no dia 6 de Julho.

• Malcom não joga desde 10 de Agosto devido a lesão numa coxa.

• Sardar Azmoun foi substituído em Lyon com um problema num tornozelo, na primeira jornada, tendo regressado à acção neste jogo com o Lokomotiv, disputando 60 minutos.

• Sebastian Driussi sofreu uma concussão frente ao Rubin mas foi considerado apto e jogou este Sábado, estando em campo durante 82 minutos.

Golos fantásticos na segunda jornada ao longo dos anos
Golos fantásticos na segunda jornada ao longo dos anos

Benfica
Transferências de Verão
Entradas: Jhonder Cádiz (Vitória FC), Caio Lucas (al-Ain), Chiquinho (Moreirense), Raúl de Tomás (Real Madrid), Carlos Vinícius (Nápoles)
Saídas: Raúl Jiménez (Wolves), Bruno Varela (Ajax, empréstimo), Diogo Gonçalves (Famalicão, empréstimo), João Félix (Atlético), Filip Krovinović (West Brom, empréstimo), Alfa Semedo (Nottingham Forest, empréstimo), Yuri Ribeiro (Nottingham Forest), Cristian Lema (Newell's Old Boys), Eduardo Salvio (Boca Juniors), Chris Willock (West Brom, empréstimo)

• As "águias" iniciaram a defesa do título da Liga com seis vitórias em sete jogos, tendo sofrido apenas uma derrota – por 2-0, em casa, diante do Porto no dia 24 de Agosto.

• Essa derrota terminou a série de 11 vitórias do Benfica no campeonato; ganhou 15 dos últimos 16 jogos na competição, com o mais recente a ser o triunfo por 1-0 sobre o Vitória FC, no Sábado, com Carlos Vinícius, regressado após debelar uma lesão na coxa, a marcar o único golo.

• O Benfica marcou 46 golos nos últimos 14 jogos da Liga.

• O triunfo do Benfica no terreno do Moreirense, por 2-1, a 21 de Setembro, foi o 12º consecutivo fora no campeonato e o 15º nos últimos 16 jogos nessa condição.

• O Benfica iniciou a sua campanha na Taça da Liga portuguesa com um empate sem golos na fase de grupos diante do Vitória SC, a 25 de Setembro, numa partida que assinalou a estreia sénior de Ivan Zlobin na baliza.

• André Almeida saiu a coxear aos 78 minutos da partida de sábado, devido a uma lesão na coxa, pelo que irá falhar o jogo no terreno do Zenit.

• Gabriel esteve ausente entre 4 de Agosto e o jogo com o Vitória devido a uma lesão num joelho.

• O médio Gedson Fernandes voltou a jogar contra o Moreirense após recuperar de uma lesão num pé sofrida na pré-temporada.

• Chiquinho está afastado desde o jogo com o Porto, a 24 de Agosto, devido a um problema num coxa. Germán Conti (coxa) e Florentino (joelho) continuam ausentes.

• O Benfica venceu a Supertaça de Portugal no dia 4 de Agosto graças a uma vitória diante do rival Sporting, por 5-0.

Topo