Grupo A: ao pormenor

Qual é o passado de cada clube na competição? Quem são os jogadores-chave, as novas contratações e os nomes a seguir? O UEFA.com tem todas as respostas.

©UEFA.com

Paris Saint-Germain

Ranking da UEFA (final de 2018/19): 8
Como se qualificou: campeão de França
Melhor na Taça dos Campeões: meias-finais (1995)

Época passada: oitavos-de-final (eliminado pelo Manchester United devido aos golos marcados fora, 3-3 no total)

Fase de grupos da época passada: vencedor do Grupo C – V3 E2 D1 GM17 GS9 (contra Liverpool, Nápoles, Estrela Vermelha)

Kylian Mbappé é o jogador-chave no Paris
Kylian Mbappé é o jogador-chave no Paris©Getty Images

Principais transferências
Entradas: Idrissa Gueye (Everton), Pablo Sarabia (Sevilha), Ander Herrera (Manchester United), Abdou Diallo (Dortmund)
Saídas: Gianluigi Buffon (Juventus), Dani Alves (dispensado, São Paulo), Adrien Rabiot (Juventus)

Treinador: Thomas Tuchel
Terminou cedo a carreira de jogador devido a uma lesão e começou o percurso de treinador nas camadas jovens do Estugarda e do Augsburgo antes de ter o primeiro cargo de topo no Mainz, em 2009. Nomeado sucessor de Jürgen Klopp no Dortmund em 2015, levou o clube à conquista da Taça da Alemanha antes de sair, em 2017. Assumiu o comando do Paris no Verão passado e venceu a Ligue 1 na época de estreia.

Jogador-chave: Kylian Mbappé
Marcou 33 golos em 29 jogos da Ligue 1 na época passada, bem como quatro na UEFA Champions League, depois de ter vencido o Campeonato do Mundo da FIFA com a França. Jogador do Ano e melhor marcador da Ligue 1, tem apenas 20 anos e parece melhorar a cada época que passa.

Jogador a seguir: Thilo Kehrer

O defesa de 22 anos teve uma temporada de estreia encorajadora no clube após deixar o Schalke, tendo feito 34 jogos em todas as competições. O Paris perdeu muita experiência com as saídas de Gianluigi Buffon e Dani Alves neste Verão e o jogador alemão parece estar na "pole position" para despontar e consolidar o seu lugar na lateral.

Real Madrid

Veja golos dos 13 triunfos do Real Madrid na Taça dos Campeões
Veja golos dos 13 triunfos do Real Madrid na Taça dos Campeões

Ranking da UEFA (final de 2018/19): 1
Como se qualificou: terceiro classificado em Espanha
Melhor na Taça dos Campeões: vencedor x13 (mais recentemente em 2018)

Época passada: oitavos-de-final (eliminado pelo Ajax por 5-3 no total)

Fase de grupos da época passada: vencedor do Grupo G – V4 E0 D2 GM12 GS5 (contra Roma, Plzeň, CSKA Moscovo)

Principais transferências
Entradas: Éder Militão (Porto), Eden Hazard (Chelsea), Ferland Mendy (Lyon), Luka Jović (Eintracht)
Saídas: Dani Ceballos (Arsenal, empréstimo), Mateo Kovačić (Chelsea), Marcos Llorente (Atlético)

Treinador: Zinédine Zidane
Nome sonante do futebol,  Zidane venceu o Mundial e o Campeonato da Europa pela França antes do seu fantástico remate ter possibilitado ao Real Madrid a conquista do seu nono título europeu, em 2002. Passou duas temporadas a treinar a equipa B dos "merengues" antes de assumir o cargo de técnico principal. Três triunfos consecutivos na UEFA Champions League cimentaram o seu nome na história do Real Madrid, ao qual voltou dez meses após ter saído - depois a final de 2018.

Jogador-chave: Eden Hazard
Contratação milionária ao Chelsea neste Verão, Hazard será a chave para o projecto de reconstrução que Zidane implementou nesta sua segunda vida ao leme do Real Madrid. Brilhante driblador, criador e goleador, o jogador belga esteve no centro dos dois títulos do Chelsea na Premier League nos últimos cinco anos e foi a estrela da final da UEFA Europa League na temporada passada.

Jogador a seguir: Vinícius Júnior
O Real Madrid terá pago 46 milhões de euros ao Flamengo para contratar a jovem estrela brasileira no dia do seu 18º aniversário. Com ritmo explosivo, rápido de pés e olhos na baliza, Vinícius tornou-se no primeiro jogador do Real Madrid nascido depois de 2000 a actuar na equipa principal, tendo 18 partidas na Liga espanhola na última temporada.

Club Brugge

O Club Brugge festeja a vitória no
O Club Brugge festeja a vitória no©Club Brugge

Ranking da UEFA (final de 2018/19): 37
Como se qualificou: segundo classificado na Bélgica, vencedor do "play-off" (venceu o LASK Linz por 3-1 no total)
Melhor na Taça dos Campeões: finalista vencido (1978)

Época passada: fase de grupos (terceiro lugar), 16 avos-de-final da #UEL

Fase de grupos da época passada: terceiro no Grupo A – V1 E3 D2 GM6 GS5 (contra Dortmund, Atlético, Mónaco)

Principais transferências
Entradas: Simon Mignolet (Liverpool), Simon Deli (Slávia Praga), Federico Ricca (Málaga)
Saídas: Wesley (Aston Villa), Arnaut Danjuma Groeneveld (Bournemouth), Stefano Denswil (Bolonha)

Treinador: Philippe Clement
Jogou no Beerschot, Genk e Coventry City antes de passar uma década no Club Brugge. Internacional 38 vezes pela Bélgica, foi duas vezes adjunto e técnico interino no actual clube, antes de assumir o principal cargo no Waasland-Beveren em 2017. Mudou-se pouco depois para o Genk, onde conquistou o título belga na temporada passada, antes de regressar à sua casa espiritual neste Verão.

Jogador-chave: Hans Vanaken
O médio-atacante de 27 anos alcançou dois dígitos em golos durante oito temporadas consecutivas em todas as competições. Com 17 anos de carreira ao mais alto nível, participou em 50 partidas na última época, incluindo duas no Mónaco na fase de grupos, tendo também estado em destaque com a seleção da Bélgica.

Jogador a seguir: David Okereke
Fez 22 anos no dia do sorteio da fase de grupos. O atacante nigeriano marcou dez golos pelo Spezia na última temporada da Serie B e começou em grande no novo clube ao marcar quatro vezes nos três primeiros jogos do campeonato.

Galatasaray

Veja como o Galatasaray conquistou o seu primeiro troféu europeu em 2000
Veja como o Galatasaray conquistou o seu primeiro troféu europeu em 2000

Ranking da UEFA (final de 2018/19): 68
Como se qualificou: campeão da Turquia
Melhor na Taça dos Campeões: meias-finais (1989)

Época passada: fase de grupos (terceiro lugar), 16 avos-de-final da #UEL

Fase de grupos da época passada: terceiro no Grupo D – V1 E1 D4 GM5 GS8 (contra Porto, Schalke, Lokomotiv Moscovo)

Principais transferências
Entradas: Ryan Babel (Fulham), Jean Michaël Seri (Fulham, empréstimo), Emre Mor (Celta, empréstimo), Steven Nzonzi (Roma, empréstimo)
Saídas: Eren Derdiyok (Göztepe), Sinan Gümüş (Génova), Fernando (Sevilha), Kostas Mitroglou (PSV Eindhoven, empréstimo)

Treinador: Fatih Terim
Defensa-central nos tempos de jogador, Terim representou o Galatasaray durante mais de uma década e disputou 51 jogos pela Turquia. Iniciou a carreira de treinador no Ankaragücü e no Göztepe antes de chegar ao comando da na selecção da Turquia, primeiro nos Sub-21 e depois na principal. Ganhou a Taça UEFA em 2000 no primeiro dos seus quatro períodos à frente do Galatasaray e já conquistou oito títulos turcos no clube.

Jogador-chave: Sofiane Feghouli
O médio de 29 anos tem sido organizador de jogo e goleador desde que se que se mudou do West Ham no Verão de 2017. Marcou 12 golos no campeonato e na taça, duas competições conquistadas pelo Galatasaray na temporada passada.

Jogador a seguir: Yunus Akgün
Capaz de jogar com ambos os pés, com bom controle de bola e visão de jogo, o extremo de 19 anos esteve quase a sair para o Anderlecht no Inverno e, desde então, tem sido ligado à Lázio.

Sabia que?

  • O Paris participa na fase de grupos pela 12ª vez, a a oitava consecutiva.

  • O Real Madrid levou a melhor sobre o Paris em 2015/16 (fase de grupos) e 2017/18 (oitavos-de-final) a caminho da conquista do troféu.

  • Os únicos jogos anteriores do Club Brugge frente ao Real Madrid foram quando venceu a equipa espanhola, por 2-0 no total, na segunda eliminatória da Taça dos Campeões de 1976/77.

  • O Galatasaray derrotou o Real Madrid por 2-1 na Supertaça Europeia da UEFA de 2000, mas sofreu dez golos (1-6 c, 4-1 f) nos confrontos mais recentes, na fase de grupos de 2013/14, contra o mais tarde vencedor da prova.

  • Os quatro jogos anteriores entre Paris e Galatasaray terminaram sempre com vitórias das equipas da casa.

Topo