Clube dos centenários da Champions League: Paolo Maldini

Cinco vezes vencedor da prova, Paolo Maldini é o mais recente centenário da UEFA Champions League em destaque.

O lendário Paolo Maldini foi cinco vezes campeão europeus pelo Milan
O lendário Paolo Maldini foi cinco vezes campeão europeus pelo Milan ©Getty Images

Sinónimo da arte italiana de bem defender ao longo de três décadas, Paolo Maldini teve uma notável carreira ao serviço do Milan em que conquistou cinco títulos europeus e somou mais de 100 jogos na UEFA Champions League. O UEFA.com presta homenagem ao lendário “rossoneri”.

CLUBE DOS CENTENÁRIOS DA CHAMPIONS LEAGUE

Jogos

Milan: 109 (mais 19 na Taça dos Clubes Campeões Europeus)

Golos

Milan: 3

Melhor desempenho

Vencedor: 1989*, 1990*, 1994, 2003, 2007

Para quem não se recorda

Veja o resumo do título do Milan em 2007
Veja o resumo do título do Milan em 2007

Realeza do Milan: O pai, Cesare, ergueu a primeira Taça dos Clubes Campeões Europeus do clube em 1963 e Paolo fez a estreia como jogador do clube em 1985, com apenas 16 anos. Maldini era tão elegante em campo como fora dele. Jogou com defesa-esquerdo ou defesa-central e uma vez afirmou que quando fosse obrigado a fazer um desarme era sinal que já tinha cometido um erro.

No início da carreira jogou ao lado do experiente Franco Baresi e sucedeu-lhe como capitão de equipa em 1997. Baresi colocou a fasquia alta, mas Maldini conseguiu eleva-la ainda mais. Em 2009, quando terminou a carreira com 41 anos, tinha conquistado cinco Taças dos Clubes Campeões Europeus em três décadas diferentes, conquistou sete títulos da Serie A, uma Taça de Itália e disputou 902 jogos pelo Milan, assim como 126 por Itália.

Como chegou aos 100 jogos

Maldini festeja o triunfo na final de 2007
Maldini festeja o triunfo na final de 2007©Getty Images

Maldini já tinha ganho por duas vezes a Taça dos Campeões - em 1989 e 1990 - quando a UEFA Champions League foi criada em 1992. Realizou dez jogos nessa época inaugural, com o Milan a ser batido pelo Marselha na final de Munique. Voltou a atingir a dezena de jogos nas duas épocas seguintes, com os"rossoneri" a baterem o Barcelona por 4-0 na final de 1994, antes de perderem com o Ajax na época seguinte. 

O Milan voltou regressou em grandes estilo aos grandes palcos sob o comando de Carlo Ancelotti, em meados dos anos 2000, Maldini disputou 17 jogos na edição de 2002/03, o clube de Milão bateu a Juventus na final; Esteve em 13 desafios em 2004/05, com os gigantes italianos a perderam de forma dramática com o Liverpool; e em mais nove em 2006/07, quando o Milan se desforrou do Liverpool em Atenas. O 109º e último desafio na mais prestigiada das competições europeias ocorreu em Março de 2008, na derrota por 2-0 em casa com o Arsenal.

Os seus melhores momentos

Veja o triunfo do Milan sobre a Juventus em 2003
Veja o triunfo do Milan sobre a Juventus em 2003

  • Final de 1994: Depois da desilusão frente ao Marselha, 12 meses antes, o Milan reagiu de forma impressionante ao bater por 4-0, em Atenas, o “Dream Team” do Barcelona treinado por Johan Cruyff, que contava com jogadores como Josep Guardiola, Ronald Koeman e Romário. Maldini jogou no centro da defesa no lugar do suspenso Baresi e o Milan marcou dois golos em cada parte para conquistar o quinto título europeu.
  • Final de 2003: Após uma época cansativa em que Maldini esteve nos 17 jogos e o Milan eliminou Bayern, Dortmund, Ajax e Inter, a final italiana entre os “rossoneri” e a Juve terminou sem golos. Andriy Shevchenko marcou a grande penalidade decisiva no desempate e Maldini ergueu pela primeira vez o troféu como capitão, 40 anos depois do pai ter feito o mesmo.
  • Final de 2007: Aos 38 anos, Maldini tornou-se no capitão mais velho de sempre a erguer o troféu, depois do Milan se desforrar da derrota na final de 2005 ao bater o Liverpool por 2-1 em Atenas. O Milan jogou com o equipamento branco "amuleto” e conseguiu levar a melhor num duelo equilibrado, com dois golos de Filippo Inzaghi a garantirem a vitória e Maldini a brilhar mais uma vez no eixo da defesa.

O que dizem sobre ele

"Um defesa que conseguia ler o jogo como ninguém, muito inteligente e sempre calmo com a bola. Um dos verdadeiramente grandes, ao serviço de Itália e do Milan." 

Andrea Pirlo, antigo colega de equipa 



"Paolo Maldini é um dos meus jogadores favoritos de todos os tempos”.

Sergio Ramos, capitão do Real Madrid

Mais centenários

Clube dos centenários da Champions League: Gary Neville
Clube dos Centenários na Champions League: John Terry
Clube dos Centenários na Champions League: Ashley Cole
Clube dos Centenários na Champions League: Patrice Evra

Clube dos Centenários na Champions League: Andrea Pirlo

Clube dos Centenários na Champions League: David Beckham

Clube dos Centenários na Champions League: Frank Lampard
Clube dos Centenários na Champions League: Andriy Shevchenko
Clube dos Centenários na Champions League: Oliver Kahn
Clube dos Centenários na Champions League: Luís Figo

*Taça dos Clubes Campeões Europeus

Topo