Cengiz Ünder e o sucesso na Roma

Cengiz Ünder fala sobre os primeiros 18 meses na Roma, a barreira da língua e de conquistar a UEFA Champions League.

Cengiz Ünder sonha um dia ganhar a UEFA Champions League
Cengiz Ünder sonha um dia ganhar a UEFA Champions League ©AFP/Getty Images

"Chegámos até aos oitavos-de-final e esta terça-feira vamos defrontar o Porto. Vai ser um jogo difícil e vamos dar o nosso melhor para vencer. Queremos seguir em frente e superar o sucesso que tivemos no ano passado. Queremos chegar aos quartos-de-final, mostrámos que é possível no ano passado ao eliminar o Barcelona e atingir as meias-finais. Podemos fazer o mesmo este ano.”

Registo actual
Selecção: 10 jogos, 4 golos
Competições de clubes da UEFA: 15 jogos, 4 golos
Provas nacionais: 141 jogos, 30 golos

Resumo da final de 2005: Liverpool 3-3 Milan (3-2 grandes penalidades)
Resumo da final de 2005: Liverpool 3-3 Milan (3-2 grandes penalidades)

"O sonho de qualquer jogador de futebol é participar na Champions League. Quando era criança, só podia assistir à primeira parte dos jogos que davam às 21h45 na Turquia, tinha de ir para a cama ao intervalo. O jogo mais inesquecível para mim foi a final de 2005 entre Liverpool e Milan, que terminou 3-3 e só ficou decidida nas grandes penalidades. Foi um grande jogo disputado em Istambul."

"Antes de vir para aqui [no Verão de 2017], estava a fazer a pré-época com o Başakşehir na Eslovénia. Esperava notícias do meu empresário à noite e só consegui dormir depois que recebê-las. Tive de regressar a Istambul de manhã, fazer as malas e voar para Roma. Estava extremamente nervoso. Um dos meus maiores sonhos era jogar numa das grandes equipas da Europa e consegui tornar o sonho realizado ao assinar pela Roma."

"Quando cheguei, a equipa estava a fazer uma digressão aos Estados Unidos e tive de ficar em Roma porque não tinha visto. No dia em que ia fazer o meu primeiro treino, o [diretor-desportivo] Monchi pediu-me para ir ao balneário. Quando entrei, estava lá o Francesco Totti e senti-me muito nervoso. Tirámos uma fotografia e quando regressei a casa publiquei a imagem nas redes sociais. Ele é um ídolo para qualquer jogador de futebol e também para mim."

"Gostaria que pudéssemos ter jogado juntos. É um daqueles futebolistas que leva adeptos aos estádios. Totti jogou sempre nesta equipa, é sempre bom vê-lo. Conversa sempre comigo e tem um excelente relacionamento com toda a gente. Sorri sempre que me vê e chama-se goleador. É muito agradável."

Cengiz Ünder está adaptado a Roma após um início difícil
Cengiz Ünder está adaptado a Roma após um início difícil©Getty Images

"Quando cheguei à Serie A senti algumas dificuldades. Após os primeiros seis meses comecei a perceber melhor a língua, mas sem ser de forma perfeita. Quando cheguei, não entendia o que dizia o treinador Eusébio Di Francesco. Ele vinha ter comigo e mostrava-me o que queria que eu fizesse, isso permitiu-me perceber gradualmente o sistema da equipa. Fazia sempre o que ele me mostrava, continuo a jogar da forma que ele quer."

"Sinto-me muito orgulhoso de estar num dos maiores clubes da Europa. Tenho o apoio de toda a Turquia e vou continuar a ter sucesso graças a este apoio permanente. Tenho 21 anos e estou feliz por ter conseguido atingir as meias-finais no meu ano de estreia na Champions League. Ainda sou jovem e acredito que vamos conseguir alcançar feitos grandiosos. Espero um dia poder erguer o troféu da Champions League.”

Topo