Dybala sobre Ronaldo e o Juventus - Atlético

Pronto para outra caminhada até à final da UEFA Champions League, Paulo Dybala fala ao UEFA.com sobre Cristiano Ronaldo, Massimiliano Allegri e o Atlético.

Paulo Dybala marcou cinco golos noutros tantos jogos na fase de grupos
Paulo Dybala marcou cinco golos noutros tantos jogos na fase de grupos ©Getty Images

Sobre Cristiano Ronaldo

"Tive a oportunidade de jogar ao lado de Lionel Messi [com a Argentina] e agora estou a fazê-lo com Cristiano Ronaldo; não há muitos que possam dizer o mesmo. É muito positivo porque estamos a aprender com os melhores."

"[Cristiano Ronaldo é] uma pessoa descontraída e normal, como qualquer um de nós. Apesar do ganhou ao longo de sua carreira, foi sempre muito simpático no balneário. Isso ajuda-nos a sentir-nos bem quando estamos em presença de um jogador como ele. Eu comparo-o a Leo Messi, porque todos o fazem, e eu acho que eles são dois jogadores excepcionais; como disse, aprendemos muito com jogadores e pessoas como eles, tanto dentro como fora de campo."

Sobre o Atlético contra Juventus

Dybala marcou o seu primeiro 'hat-trick' na UEFA Champions League contra o Young Boys, em Outubro
Dybala marcou o seu primeiro 'hat-trick' na UEFA Champions League contra o Young Boys, em Outubro©Getty Images

"Já sabemos tudo sobre o seu estilo de jogo, como Diego Simeone coloca as suas equipas em campo e o quão difícil vai ser. Para chegar à final e vencer esta competição, temos que derrotar quem nos aparecer pela frente e não vão haver jogos fáceis."

"O Atlético é muito forte defensivamente e muito bom no contra-ataque. Se defensivamente não estivermos concentrados, eles têm jogadores que podem causar muitos estragos. O mesmo se aplica a nós; sabemos bem quais são os nossos pontos fortes e eles provavelmente estão a trabalhar muito para tentar impedir-nos de lhes causar problemas."

"Em todos os anos que tenho de Juventus, a equipa mostrou o seu potencial e está à vista de todos. No ano antes à minha chegada, a Juventus já havia chegado à final ante o Barcelona. No meu segundo ano, chegámos à final e na última temporada perdemos contra o Real Madrid [nos quartos-de-final]."

"Não faz sentido olhar para o passado, o nosso olhar é no futuro. Temos um grande plantel com alguns dos melhores profissionais que existem, que ganharam muita experiência ao longo dos anos. Somos claramente favoritos, mas é em campo que se prova isso."

Sobre Massimiliano Allegri

o treinador da Juventus, Massimiliano Allegri
o treinador da Juventus, Massimiliano Allegri©AFP/Getty Images

"Aprendi muito com ele, em especial pela forma como trabalhamos, na forma como me tornar um modelo de profissionalismo e a estar totalmente focado durante o treino para saber o que esperar durante os jogos. O treinador ajudou-me muito."

"Desde o primeiro dia que aqui cheguei, apesar de ter jogado em várias posições, ele sempre me deu a liberdade para em campo jogar como queria. Acho que a confiança é muito importante e é uma sensação muito boa quando um jogador sente que é parte de algo que um clube tão grande está à procura de alcançar."

Sobre chegar à final novamente após a derrota em 2017

"Depois do que aconteceu, temos umas contas a ajustar. Quando se perdem jogos daquela maneira, queremos sempre ter a possibilidade de corrigir as coisas. O futebol é um jogo que acaba por nos dar essa oportunidade e acho que a vamos ter."

Veja os melhores momentos da final de 2017
Veja os melhores momentos da final de 2017

"Obviamente, não é fácil chegar tão longe e a equipa quer muito que isso aconteça, o que se pode virar contra nós, mas estamos com um bom estado de espírito e queremos passar a todos dentro do clube que estamos no bom caminho e que queremos chegar à final."

"Mas temos que ir com calma, em especial se tivermos em conta o forte desejo que há na equipa. Mas as coisas podem não acontecer e com as nossas expectativas tudo se poderá tornar ainda mais doloroso. Temos que levar tudo isto passo a passo. Sabemos que não será nada fácil, mas, como equipa, estamos preparados para isso."

Topo