Craques do futuro: 50 jogadores a seguir em 2019

Os nossos correspondentes escolheram 50 jovens que podem ser notícia em 2019: João Félix, Gedson Fernandes e Éder Militão estão na lista.

©UEFA.com

Pedimos à equipa de repórteres do UEFA.com por todo o continente para escolherem algumas das estrelas em ascensão na Europa. Há três portugueses, dois brasileiros e outros tantos jogadores com outras ligações a Portugal. Quantos nomes da nossa lista de 50 vão ser conhecidos por esta altura em 2020?

Ilzat Akhmetov (RUS, 21 - CSKA Moscovo)
Estreou-se pelo Rubin aos 16 anos em 2016; é habitualmente titular no meio-campo do CSKA e foi eleito jogador jovem do ano na Rússia.

UEFA.com destaca jovens a observar em 2019
UEFA.com destaca jovens a observar em 2019

Ethan Ampadu (WAL, 18 – Chelsea)
O defesa-central de cabelo "rasta" fez os primeiros três jogos pelo País de Gales em 2018 e participou em dois jogos da UEFA Europa League pelos "blues".

Emil Audero (ITA, 21 - Sampdoria)
Descendente de indonésios, o guarda-redes de 1,92m tem estado em destaque no clube de Bérgamo, onde joga emprestado pela Juventus; habitual titular na Serie A e nos Sub-21 de Itália.

Nicolò Barella (ITA, 21 – Cagliari)
Qualidade, personalidade e determinação: o capitão do Cagliari tem tanto de dureza como de técnica. O médio Radja Nainggolan, do Inter, vê Barella como seu herdeiro.

Sander Berge (NOR, 20 – Genk)
Os pais do médio foram jogadores de basquetebol, e isso nota-se. Tem 1,90m de altura, é titular pela Noruega e marcou duas vezes nesta UEFA Europa League.

Josip Brekalo (CRO, 20 – Wolfsburgo)
Internacional sénior pela Croácia, o atacante do Wolfsburgo joga e marca com incrível regularidade na Bundesliga.

Rafa Camacho (à direita) festeja um golo recente na Youth League
Rafa Camacho (à direita) festeja um golo recente na Youth League©Liverpool FC

Rafa Camacho (POR, 18 - Liverpool)
Cheio de "alegria a jogar", de acordo com o treinador Jürgen Klopp, o extremo português brilhou durante a pré-época e este mês estreou-se pela equipa principal, num jogo da Taça de Inglaterra.

Giorgi Chakvetadze (GEO, 19 – Gent)
Médio-atacante veloz e com bons pés, já foi apelidado de "Kaká georgiano".

CSKA's Fedor Chalov
CSKA's Fedor Chalov©Getty Images

Fedor Chalov (RUS, 20 – CSKA Moscovo)
Apontou dois golos na fase de grupos da UEFA Champions League e é actualmente o melhor marcador da Liga russa, que está na pausa de Inverno, com nove tentos.

Samu Chukwueze (NIG, 19 – Villarreal)
Parecido a jogar com Arjen Robben, o extremo nigeriano tem vindo a agitar a Liga espanhola e a UEFA Europa League com técnica e agressividade.

Alphonso Davies (CAN, 18 – Bayern)
O extremo internacional pelo Canadá, nascido no Gana, ingressou no Bayern em Janeiro de  2019 após marcar bons golos pelo Vancouver Whitecaps.

Merih Demiral (TUR, 20 – Alanyaspor)
O defesa-central que passou pela formação do Sporting, clube que o cedeu ao Alanyaspor, estreou-se na selecção da Turquia em Novembro e é comparado ao antigo internacional Alpay Özalan.

Moussa Diaby (FRA, 19 – Paris)
Emprestado ao Crotone na segunda metade da época passada, Diaby brilhou como lateral-esquerdo pelo clube da sua cidade ao marcar na Ligue 1 e estrear-se na UEFA Champions League.

João Félix durante um treino do Benfica
João Félix durante um treino do Benfica©AFP/Getty Images

João Félix (POR, 19 – Benfica)
O médio-atacante estreou-se esta época na Liga portuguesa e logo ao segundo jogo marcou um golo importante no empate 1-1 com o Sporting. Fez igualmente a primeira partida na UEFA Champions League.

Gedson Fernandes (POR, 19 – Benfica)
Nascido em São Tomé, Gedson está no Benfica desde os dez anos. Médio-centro habilidoso com remate potente de meia-distância, fixou-se na equipa titular e já é internacional sénior por Portugal.

Arnaut Groeneveld (NED, 21 – Club Brugge)
O extremo-esquerdo apontou um belo golo frente ao Atlético na UEFA Champions League e fez o segundo jogo pela selecção principal da Holanda num amigável diante da Bélgica.

Robert Gumny (POL, 20 – Lech Poznań)
O defesa-direito, outro talento formado pelo Lech, é já habitual titular e pode despertar a atenção no próximo EURO Sub-21 em casa.

Ianis Hagi (ROU, 20 – Viitorul)
Capitão do campeão Viitorul – o clube detido e treinado pelo seu pai, o famoso Gheorghe Hagi –, apresenta alguma da verve atacante do progenitor.

Amadou Haidara após marcar na UEFA Europa League pelo Salzburgo, seu antigo clube
Amadou Haidara após marcar na UEFA Europa League pelo Salzburgo, seu antigo clube©GEPA

Amadou Haidara (MLI, 20 – Leipzig)
O médio lesionou-se com gravidade num joelho em Novembro, mas deve voltar a mostrar a sua visão e o seu estilo de jogo na Primavera, agora ao serviço do Leipzig.

Achraf Hakimi (MAR, 20 – Dortmund)
Emprestado pelo Real Madrid, o qual representou na edição passada da UEFA Champions League, o defesa-direito marroquino tem estado em grande forma na Bundesliga.

Kai Havertz (GER, 19 – Leverkusen)
Elogiado pelas suas actuações na fase de grupos da UEFA Europa League, Havertz tornou-se no mais jovem jogador da história da Bundesliga a chegar aos 50 jogos.

Callum Hudson-Odoi (ENG, 18 – Chelsea)
Chegado ao plantel sénior pela mão de Maurizio Sarri, o médio-ofensivo dos Sub-19 de Inglaterra marcou na UEFA Europa League.

Luka Ivanušec (CRO, 20 – Lokomotiva Zagreb)
O mais novo jogador a marcar pela Croácia aos 18 anos, o médio é altamente cotado no seu país e tem-se destacado nos Sub-21.

Luka Jović, estrela do Frankfurt
Luka Jović, estrela do Frankfurt©AFP/Getty Images

Luka Jović (SRB, 21 – Eintracht)
Cedido pelo Benfica, em Dezembro o avançado sérvio chegou aos dois dígitos nos golos marcados na Bundesliga, a que se juntam os cinco marcados na fase de grupos da UEFA Europa League.

Ozan Kabak (TUR, 18 – Galatasaray)
As lesões de vários colegas da equipa principal encurtaram o desenvolvimento do defesa-central e obrigaram-no a ter de jogar no campeonato e na UEFA Champions League; é esperada a estreia pela Turquia em breve.

Alban Lafont (FRA, 19 – Fiorentina)
Após três temporadas na equipa principal do Toulouse, o guarda-redes nascido no Burkina Faso está a mostrar do que é capaz na Serie A.

Andriy Lunin (UKR, 19 – Leganés)
Cedido pelo Real Madrid, o guarda-redes possui excelentes reflexos e bom jogo de pés; não sofreu golo em três jogos seguidos por clube e selecção no Outono.

Weston McKennie (USA, 20 – Schalke)
Apesar de jogar habitualmente mais recuado, o texano é um recuperador de bolas e gosta também de avançar com o esférico; estreou-se a marcar na UEFA Champions League em Outubro.

Brais Méndez, jovem talento da selecção espanhola Sub-21
Brais Méndez, jovem talento da selecção espanhola Sub-21©Getty Images

Brais Méndez (ESP, 21 - Celta)
Presença habitual no meio-campo do Celta, Méndez marcou na estreia pela Espanha contra a Bósnia e Herzegovina, em Novembro.

Nikola Milenković (SRB, 21 - Fiorentina)
A lateral-direito ou defesa-central, o sérvio não engana; está debaixo do radar de vários clubes grandes e tem marcado golos na Serie A.

Éder Militão festeja após marcar ao Schalke na Champions League
Éder Militão festeja após marcar ao Schalke na Champions League©AFP/Getty Images

Éder Militão (BRA, 20 – Porto)
Impressionante na primeira aventura na Europa no centro da defesa do Porto na Liga portuguesa e na UEFA Champions League, já é internacional sénior pelo Brasil. Rápido, bom fisicamente e forte nas bolas pelo ar.

Juan Miranda (ESP, 18 – Barcelona)
O defesa-esquerdo foi o rei das assistência na caminhada rumo à vitória do Barcelona na UEFA Youth League em 2018; estreou-se na UEFA Champions League em Dezembro.

Nikola Moro (CRO, 20 – Dínamo Zagreb)
Os grandes clubes europeu tinham o médio sob observação antes de sofrer uma lesão grave; espera-se que continue assim quando estiver de volta.

Arijanet Murić (KOS, 20 - Man. City)
Suplente de Ederson, Murić foi chamado a Manchester quando estava emprestado ao NAC Breda, da Holanda, após a lesão de Claudio Bravo, e entretanto já se estreou pela equipa principal, neste mês de Janeiro, em jogo da Taça de Inglaterra.

Vitaliy Mykolenko ao serviço do Dínamo
Vitaliy Mykolenko ao serviço do Dínamo©AFP/Getty Images

Vitaliy Mykolenko (UKR, 19 – Dínamo Kyiv)
O jovem lateral-esquerdo tem mantido o experiente internacional croata Josip Pivarić fora da equipa do Dínamo. Estreou-se pela Ucrânia em Novembro.

Florian Müller (GER, 21 – Mainz)
Destacou-se durante o Outono na equipa principal. "É um guarda-redes extremamente talentoso", disse o treinador do Mainz, Sandro Schwarz.

Reiss Nelson (ENG, 18 – Hoffenheim)
Emprestado pelo Arsenal, Nelson tem estado em evidência com boas exibições e golos, tendo participado na campanha do Hoffenheim na UEFA Champions League.

Stanley N'Soki (FRA, 19 – Paris)
Defesa ou médio, N'Soki assinou o seu primeiro contrato profissional em Setembro e tem feito alguns jogos na equipa principal do Paris, apesar da forte concorrência.

Dani Olmo (ESP, 20 – Dínamo Zagreb)
Eleito Jogador do Ano pelos capitães das equipas da Liga croata, o antigo avançado que começou no Barcelona tem feito bons jogos a nível interno e na UEFA Europa League.

Ricard Puig com a medalha de vencedor da #UYL
Ricard Puig com a medalha de vencedor da #UYL©Getty Images

Ricard Puig (ESP, 19 – Barcelona)
Estrela na campanha vitoriosa do Barcelona na UEFA Youth League, o seu estilo e estatura levaram a comparações com Lionel Messi.

Ionuț Radu (ROU, 21 – Génova)
O guarda-redes e capitão dos Sub-21 da Roménia pertence aos quadros do Inter e está na sua segunda época de empréstimo; tem jogado com regularidade na Serie A.

Javier Sánchez (ESP, 21 – Real Madrid)
Com dois bons pés e sentido posicional, o defesa-central estreou-se nos seniores do Real Madrid no Outono.

Jadon Sancho (ENG, 18 – Dortmund)
Autor de seis golos até ao Natal, na sua primeira época na Bundesliga, o ágil extremo tem estado em alta e estreou-se pela selecção principal de Inglaterra em Outubro.

Sarr remata para golo frente ao Jablonec
Sarr remata para golo frente ao Jablonec

Ismaïla Sarr (SEN, 20 – Rennes)
Despertou a atenção internacional graças ao fantástico golo marcado na UEFA Europa League contra o Jablonec. Sér o novo Ousmane Dembélé?

Mykola Shaparenko (UKR, 20 – Dínamo Kyiv)
O organizador de jogo apontou um belo golo na UEFA Europa League diante do Rennes e ajudou o Dínamo a vencer o grupo; internacional em quatro ocasiões em 2018.

Unai Simón (ESP, 21 - Athletic)
Titular dos Sub-21 da Espanha, Simón preencheu o posto na baliza do Athletic deixado vago pela saída de Kepa Arrizabalaga no Verão.

Oliver Skipp (ENG, 18 – Tottenham)
Titular pela primeira vez no Tottenham em Dezembro, dele disse o treinador  Mauricio Pochettino: "Vai provar que merece estar na equipa principal." E provou.

Smith Rowe marca em casa do Qarabağ
Smith Rowe marca em casa do Qarabağ

Emile Smith Rowe (ENG, 18 – Arsenal)
O veloz Smith Rowe deixou marca com dois golos na fase de grupos da UEFA Europa League.

Martin Terrier (FRA, 21 – Lyon)
O avançado estreou-se esta época na UEFA Champions League e mostrou toda a sua classe ao marcar sete golos pela França na fase de qualificação do EURO Sub-21.

Dayot Upamecano (FRA, 20 – Leipzig)
Elegante a jogar, mas forte fisicamente, o francês é visto como um dos mais promissores defesas-centrais a nível mundial.

Vinícius Júnior é a principal esperança para o Real Madrid do futuro
Vinícius Júnior é a principal esperança para o Real Madrid do futuro©Getty Images

Vinícius Júnior (BRA, 18 – Real Madrid)
Rápido, brilhante e entusiasmante, o brasileiro marcou os seus primeiros golos pelo Real Madrid em Novembro e esperam-se mais alguns em 2019.

Nicolò Zaniolo (ITA, 19 – Roma)
Médio moderno, estreou-se como sénior na UEFA Champions League no terreno do Real Madrid e foi chamado pela primeira vez à selecção principal de Itália antes de jogar nos Sub-21.

Topo