Benfica goleado pelo Bayern em Munique

O Bayern goleou o Benfica por 5-1 e confirmou a passagem aos oitavos-de-final, relegando a equipa de Rui Vitória para a UEFA Europa League.

See the goals by Arjen Robben, Robert Lewandowski and Franck Ribéry which saw Bayern cruise to victory and top spot in Group E.

O Bayern bateu o Benfica por 5-1 e confirmou a passagem aos oitavos-de-final da UEFA Champions League, resultado que, ainda assim, garantiu à equipa de Rui Vitória uma vaga nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League a partir de Fevereiro.

O triunfo do Ajax no terreno do AEK, por 2-0, num jogo que começou mais cedo, obrigava o Benfica a vencer pelo menos por dois golos para continuar a ter algumas hipóteses de apuramento. A precisar de apenas um empate para o apuramento, o Bayern adiantou-se logo aos 13 minutos. Arjen Robben apareceu na direita no meio de vários jogadores "encarnados" antes de flectir para dentro e rematar com o pé esquerdo, fazendo a bola entrar ao ângulo superiore mais longe da baliza.

O guarda-redes grego do Benfica, Odisseas Vlachodimos, mostrou todas as suas qualidades aos 23 minutos, quando voou para desviar um forte disparo de longa distância de Robert Lewandowski. O Benfica tentou a sorte no ataque, mas foi surpreendido por uma jogada rápida à passagem da meia-hora de jogo. Thomas Müller lançou Robben pela direita, o holandês voltou a mostrar técnica e velocidade e, depois de conduzir a bola durante 40 metros, voltou a bater Vlachodimos.

O guardião voltou a brilhar aos 36 minutos, quando voou para desviar um cabeceamento de Müller que de dirigia para o ângulos superior esquerdo da baliza. O 3-0 surgiu na sequência do pontapé de canto: Joshua Kimmich cruzou para Lewandowski fazer de cabeça o seu golo 50 na UEFA Champions League golo. André Almeida fez o primeiro remate com algum perigo do Benfica no final da primeira parte, mas a bola saiu ao lado e o marcador chegou com 3-0 ao intervalo.

Gedson Fernandes entrou após o reatamento e precisou de apenas 38 segundos em campo para marcar. O jovem médio tabelou com Jonas, entrou na área alemã e bateu Manuel Neuer. Vlachodimos negou o quarto golo aos 50 minutos a Franck Ribéry com mais uma bela defesa, mas os alemães rapidamente repuseram a diferença com mais um golo de Lewandowski a pase de Kimmich.

O jogo baixou de ritmo, mas a equipa de Niko Kovač manteve sempre o controlo das operações. Vlachodimos voltou a ter de Mostrar atenção aos 71 minutos para afastar um forte remate de Leon Goretzka. David Alaba foi à linha final e cruzou atrasado para Ribéry aumentar para 5-1 aos 76 minutos, estava feito o resultado final.

Figura: Arjen Robben (Bayern)

O internacional holandês não marcava desde o dia 25 de Setembro, mas foi uma quebra-cabeças para a defesa do Benfica na primeira parte e revelou-se decisivo ao marcar os dois primeiros golos da sua equipa.

Momento: Primeiro golo do Bayern

As poucas esperanças do Benfica na qualificação desapareceram muito cedo, muito por culpa de Robben.

Topo