Clube dos centenários da Champions League: Patrice Evra

Cinco vezes finalista da UEFA Champions League, Patrice Evra é o mais recente dos centenários em destaque.

Patrice Evra com a UEFA Champions League em 2008
Patrice Evra com a UEFA Champions League em 2008 ©Getty Images

Uma vez vencedor da UEFA Champions League e quatro vezes finalista vencido, Patrice Evra foi um dos defesas mais consistentes no panorama europeu durante mais de uma década. O antigo lateral-esquerdo de Mónaco, Manchester United e Juventus é o mais recente centenário em destaque na principal competição de clubes da Europa.

Clube dos centenários da Champions League

Presenças

Mónaco: 21
Manchester United: 65
Juventus: 22

Melhor desempenho: vencedor (2008)

Evra na final de 2004 #UCL
Evra na final de 2004 #UCL©Getty Images

Para quem não se recorda ...

O carismático francês foi um lateral forte e atlético, confortável tanto no ataque como nas missões defensivas. Estas características são usuais nos laterais ou alas modernos, mas quando Evra apareceu, há mais de 15 anos, tudo isso era bem mais raro, o que fez dele um pioneiro na sua posição, ao mesmo tempo que o seu físico, jogo aéreo e capacidade táctica fizeram dele um dos melhores defesas na Europa.

Como chegou aos 100 jogos

Evra fez duas dobradinhas seguidas com a Juventus
Evra fez duas dobradinhas seguidas com a Juventus©AFP/Getty Images

Evra começou a sua carreira profissional em Itália, mas saltou para a ribalta depois de duas temporadas no Nice, em especial na que terminou com a subida de divisão, em 2001/02. Rumou ao Mónaco, onde com Didier Deschamps começou a jogar a defesa, ao contrário das posições mais avançadas que anteriormente ocupara. Essa opção revelar-se-ia acertada, com Evra a brilhar num conjunto do Principado que atingiria a final de 2004 da UEFA Champions League.

Manchester United contratou-o em Janeiro de 2006 e os troféus não paráram de surgir. Evra ganhou cinco Premier League e três Taças da Liga, sendo que o momento maior foi a conquista em 2008 da UEFA Champions League, ante o Chelsea. O centenário de jogos na prova ocorreria na Juventus, onde ganhou duas dobradinhas, em 2015 e 2016.

Os seus melhores momentos

  • Depois de uns primeiros 18 meses em que lutou pela posição em Old Trafford, Evra começou a época 2007/08 como titular a defesa-esquerdo e não mais olhou para trás. Somou dez jogos ma UEFA Champions League, incluindo os 120 minutos da final. Foi recompensado com um novo contrato de quatro anos pouco depois do United erguer o troféu.
Evra marca um golo espectacular ao Bayern
Evra marca um golo espectacular ao Bayern©Getty Images
  • A carreira de Evra no United estava perto do final aquando do encontro com o Bayern München nos quartos-de-final da temporada 2013/14 e no seu último jogo na UEFA Champions League pelo clube, marcaria um golo fantástico: "Foi um golo especial para mim", disse. "No dia antes, todos estivemos no memorial em Munique, onde o avião caiu com os "Bebés de Busby". Quando marquei aquele golo, viu-se que eu estava muito emocionado."
  • Que melhor maneira para comemorar o segundo título seguido na Serie A que marcar no último jogo do campeonato? Um cabeceamento em queda de Evra ao poste mais longe iniciou a goleada da Juventus, que bateria a Sampdoria por 5-0 e a festa só terminaria na semana seguinte, quando os comandados de Massimiliano Allegri complearam a "dupla dupla", ao derrotarem o Milan na final da Taça de Itália.

O que dizem sobre ele

Final de 2008: United derrota o Chelsea nos penalties
Final de 2008: United derrota o Chelsea nos penalties

"Sempre tive boa memória, mas Patrice Evra? Eis um homem com cérebro. Ele falava cinco línguas e foi muito útil no balneário. Tipo fantástico. O seu pai era diplomata, deu para ver."
Sir Alex Ferguson, former Manchester United manager

"A sua consistência é incrível. Jogou semana após semana durante sete ou outo anos e a exigência física é muita e ele foi sensacional. Foi o melhor lateral-esquerdo da Premier League durante anos. A sua influência no balneário apenas se compreende estando lá com ele. Muitas vezes, ele foi a cola que o ligava.
Gary Neville, antigo colega do Manchester United

"Um jogador que sempre gostei de seguir foi Patrice Evra. Ele é família, é assim que eu o vejo e ele sempre olhou por mim, ajudou-me, aconselhou-me. Ele é alguém que em campo é muito sério e muito profissional e fora dele é um irmão e alguém com quem podemos rir. Ele é alguém muito importante numa equipa de futebol, num clube e é uma pessoa que nos pode ajudar muito."
Paul Pogba, antigo colega da Juventus

Mais centenários...

Clube dos centenários da Champions League: Andrea Pirlo
Clube dos centenários da Champions League: David Beckham

Clube dos centenários da Champions League: Frank Lampard
Clube dos centenários da Champions League: Andriy Shevchenko
Clube dos centenários da Champions League: Oliver Kahn
Clube dos centenários da Champions League: Luís Figo

Topo