Clube dos centenários na Champions League: Andrea Pirlo

Andrea Pirlo, duas vezes vencedor da UEFA Champions League, é o mais recente centenário em destaque.

Andrea Pirlo comemora o primeiro golo do Milan na final da UEFA Champions League de 2007
Andrea Pirlo comemora o primeiro golo do Milan na final da UEFA Champions League de 2007 ©Getty Images

"Sem Pirlo não há festa". Um dos mais talentosos médios da geração, Andrea Pirlo era tão tranquilo dentro como fora de campo. Duas vezes vencedor da UEFA Champions League ao serviço do Milan, o antigo internacional de Itália, campeão mundial em 2006, passeou classe pelos relvados ao longo de uma carreira em que representou os dois gigantes de Milão, assim como a Juventus e o New York City.

CLUBE DOS CENTENÁRIOS DA CHAMPIONS LEAGUE

Jogos

Total: 108
Inter: 5
Milan: 78
Juventus: 25

Golos

Milan: 7
Juventus: 1

Melhor desempenho: vencedor (2003, 2007)

Pirlo com o troféu da UEFA Champions League em 2007
Pirlo com o troféu da UEFA Champions League em 2007©Getty Images

Para quem não se recorda ...

“Mantenham a calma e passem a bola ao Pirlo" estava escrito numa camisola muito popular entre os adeptos da Juventus durante os quatro anos em que o médio jogou em Turim e é uma frase que resume o bem o seu estilo de jogo. Sempre tranquilo com a bola, mesmo nas situações mais difíceis, Pirlo era um médio perfeito. Numa posição recuada, conseguia ler o jogo de forma exemplar, ditar o ritmo e passar a bola aos colegas da forma eficiente e eficaz. Se juntarmos a precisão e talento na marcação de bolas paradas temos um dos maestros do meio-campo mais admirados da história do jogo.

Pirlo foi quatro vezes campeão de Itália na Juventus
Pirlo foi quatro vezes campeão de Itália na Juventus©Getty Images

Como chegou aos 100 jogos

Pirlo começou a carreira no Brescia, clube da sua cidade natal, mas o Inter rapidamente reparou no seu talento. Jogava ainda no apoio aos dois avançados e não conseguiu deixar marca nos "nerazzurri”. Um empréstimo ao Brescia mudou radicalmente a sua carreira. Carlo Mazzone colocou-o a organizar o jogo numa posição mais recuada e Carlo Ancelotti contratou-o para o Milan no Verão seguinte.

Em dez épocas brilhantes pelos “rossoneri”, Pirlo venceu por duas vezes a UEFA Champions League e conquistou muitos outros troféus. Muitos pensaram que já tinha passado os seus melhores anos quando assinou pela Juventus em 2011, mas estavam errados. Continuou a brilhar a grande altura, conquistou por quatro vezes o "scudetto” e alcançou a final da UEFA Champions League de 2015 ao serviço dos “bianconeri”.

Veja o Milan conquistar a UEFA Champions League de 2003 no desempate
Veja o Milan conquistar a UEFA Champions League de 2003 no desempate

Os seus melhores momentos

  • Assumindo-se como peça fundamental no Milan na segunda temporada, Pirlo era um dos elementos do meio-campo dos "rossoneri" que contava ainda com Gennaro Gattuso, Clarence Seedorf e Rui Costa. Ajudou o Milan a derrotar a sua antiga equipa, o Inter, na meia-final da edição de 2002/03 da UEFA Champions League, que depois levou a melhor sobre a Juventus nos penalties na final de Manchester. 
Pirlo durante esse jogo em Madrid, em 2013
Pirlo durante esse jogo em Madrid, em 2013©Getty Images
  • Pirlo chegou a admitir desistir do futebol depois da famosa derrota de 2005 ante o Liverpool em Istambul – mas estaria presente na vingança, dois anos depois. Foi de um livre seu que Filippo Inzaghi inauguraria o marcador, revelando-se assim decisivo no triunfo dos italianos por 2-1 ante o Liverpool, em Atenas.
  • Depois de ser agraciado com uma ovação de pé no Santiago Bernabéu em 2013, Pirlo ajudou a Juventus a chegar à final de 2015 da UEFA Champions League, ao empatar 1-1 no mesmo estádio, que valeria o apuramento por um total de 3-2.

O que dizem sobre ele

Pirlo depois de vencer o Campeonato do Mundo em 2006
Pirlo depois de vencer o Campeonato do Mundo em 2006©Getty Images

"Quando éramos mais novos e vi o que ele conseguia fazer com a bola nos treinos, questionei-me se realmente devia ser futebolista ou se devia procurar outra profissão".Gennaro Gattuso, antigo colega de equipa no Milan

"Quando o vi jogar, pensei 'Deus existe'".
Gianluigi Buffon, antigo colega de equipa na Juventus

"Pirlo é um líder silencioso, deixa que sejam os pés a falar".
Marcello Lippi, antigo seleccionador de Itália

Mais centenários ...

Clube dos centenários na Champions League: David Beckham
Clube dos centenários na Champions League: Frank Lampard
Clube dos centenários na Champions League: Andriy Shevchenko
Clube dos centenários na Champions League: Oliver Kahn
Clube dos centenários na Champions League: Luís Figo

Topo