Clube dos centenários na Champions League: David Beckham

David Beckham, campeão da Europa pelo Manchester United em 1999, é o mais recente centenário que destacamos.

David Beckham deixou a sua marca no Manchester United
David Beckham deixou a sua marca no Manchester United ©Getty Images

Na mais recente peça da nossa série sobre os jogadores com 100 ou mais jogos na UEFA Champions League, homenageamos David Beckham, o primeiro inglês a chegar aos cem jogos na competição.

CLUBE DOS CENTENÁRIOS DA CHAMPIONS LEAGUE

Jogos

Veja alguns dos melhores momentos da fantástica carreira de Beckham
Veja alguns dos melhores momentos da fantástica carreira de Beckham

Total: 107
Manchester United: 77
Real Madrid: 26
AC Milan: 2
Paris: 2

Golos

Total: 16
Manchester United: 14
Real Madrid: 2

Melhor desempenho: vencedor (Manchester United, 1999)

Para quem não se recorda ...

Um clássico médio-direito reconhecido pela sua enorme capacidade de passe e na transformação de bolas paradas, Beckham chegou à ribalta em 1996 quando marcou um golo da linha do meio-campo pelo Manchester United contra o Wimbledon.

Beckham com o troféu em conquistado em 1999
Beckham com o troféu em conquistado em 1999©Getty Images

Membro da famosa geração de 1992 do United, Beckham fez parte da equipa que venceu a UEFA Champions League em 1999, ano da histórica tripla, tendo ainda terminado atrás de Rivaldo na Bola de Ouro.

Depois de se sagrar seis vezes campeão em Manchester, Beckham – um dos "galácticos" originais – ingressou no Real Madrid em 2003. Marcou logo na estreia, fazendo parte de uma equipa dos espanhóis que continha ainda Zinédine Zidane, Luís Figo, Ronaldo, Raúl González e Roberto Carlos, rumando em 2007 ao LA Galaxy.

Passou por empréstimo duas vezes pelo AC Milan terminado a carreira em 2013 ao serviço do Paris, onde ganhou a Ligue 1 e se tornou no primeiro inglês a vencer o campeonato de quatro países diferentes.

Como chegou aos 100 jogos

Beckham marcou na estreia na competição ante o Galatasaray, em 1994, e chegou aos dois dígitos em presenças entre 1998/99 e 2002/03, prova da sua influência e sucesso do United nessa altura. No último ano que disputou a competição pelo clube de Old Trafford, em 2003, encontrou o seu futuro clube, o Real Madrid, tendo bisado depois de vir do banco, ajudando no triunfo por 4-3.

Veja os melhores momentos da final de 1999
Veja os melhores momentos da final de 1999

O antigo capitão de Inglaterra, nunca passou dos quartos-de-final pelo Real, e estava castigado na decisiva segunda mão ante o Mónaco em 2004, que confirmaria a eliminação nos últimos oito da prova. Apesar disso, foi o primeiro inglês a chegar aos 100 jogos na UEFA Champions League num triunfo por 4-1 ante o FCSB, em Outubro de 2006.

Os seus melhores momentos

David Beckham junto de Luís Figo no Real Madrid
David Beckham junto de Luís Figo no Real Madrid©AFP/Getty Images
  • Ganhar a UEFA Champions League em 1999. Beckham foi médio-centro contra o Bayern München em Camp Nou e esteve na origem dos dois golos do United, nos descontos, ao bater os pontapés de canto.

  • O jogo que fez contra o Real Madrid nos quartos-de-final, em Abril de 2003. O United perdera 3-1 na primeira mão e estava 3-2 em Old Trafford depois de Ronaldo ter feito um "hat-trick", quando Beckham saltou do banco e marcou duas vezes – o segundo tento de livre directo.

  • O livre frente à Grécia já nos descontos, em Old Trafford, em 2001. A Inglaterra precisava de um ponto para garantir a presença no Mundial 2002, mas estava a perder 2-1, já nos descontos da segunda parte. Após falta sobre Teddy Sheringham, Beckham bateu um livre ao ângulo superior, que iniciaria os festejos em todo o país.

O que dizem sobre ele

"David Beckham é o melhor dos avançados do futebol inglês, não pelo facto de ter um talento natural, mas porque treinava com uma vontade incrível, que grande parte dos jogadores menos dotados não iria acreditar."
Sir Alex Ferguson, antigo treinador do Manchester United

Zinédine Zidane, David Beckham e Roberto Carlos em Madrid
Zinédine Zidane, David Beckham e Roberto Carlos em Madrid©Getty Images

"Beckham marcava melhor os livres que eu. Era uma alegria vê-lo bater livres e ele provou que as bolas paradas não são só potência."
Roberto Carlos, antigo colega do Real Madrid

"Beckham sempre foi simpático comigo. Lamento nunca o ter treinado. Iria adorar."
José Mourinho, treinador do Manchester United

Mais centenários ...

Clube dos centenários na Champions League: Andriy Shevchenko
Clube dos centenários na Champions League: Oliver Kahn
Clube dos centenários na Champions League: Luís Figo
Clube dos centenários na Champions League: Frank Lampard

Topo