Benfica regressa às vitórias

O Benfica venceu por 3-1 no terreno do Tondela ao passo que o Sporting bateu o Chaves por 2-1.

Jonas marcou o primeiro do Benfica em Tondela
Jonas marcou o primeiro do Benfica em Tondela ©AFP/Getty Images

FC Porto e SC Braga encontram-se na noite de sábado num jogo que vale à equipa de Sérgio Conceição a liderança destacada da Liga. Sporting CP bate GD Chaves por 2-1 e sobe ao segundo lugar por troca com os minhotos. SL Benfica, quarto classificado, regressa às vitórias ao bater o CD Tondela por 3-1. 

• Em Alvalade a equipa da casa ganha vantagem aos 23 minutos, após Marcos Acuña cruzar da esquerda para um cabeceamento implacável de Bas Dost, no quarto golo do holandês na Liga. Jovane Cabral fica igualmente perto do golo mas Ricardo responde com boa defesa e mantém o marcador em 1-0 até ao intervalo.

• Bruno Gallo vê cartão vermelho aos 70 minutos por entrada sobre Acuña, mas o Chaves empata com um golo soberbo de Niltinho (81). Alegria dos visitantes dura pouco tempo, já que Bas Dost aproveita uma grande penalidade para bisar e dar o triunfo ao Sporting. O treinador interino Tigao Fernandes deixa a equipa a dois pontos do líder Porto.  

• O relógio ainda não marca um minuto quando o Tondela ganha vantagem graças a um auto-golo de Conti. O Benfica reage bem e empata rapidamente com um cabeceamento de Jonas (9) a cruzamento de André Almeida. A primeira parte é muito disputada e com diversas jogadas de perigo. Destaque para um remate de Rafa ao poste da baliza da baliza do Tondela.

• No início da segunda parte, David Bruno vê dois cartões amarelos em apenas três minutos e é expulso. André Almeida volta a ser decisivo aos 64 minutos, faz o passe para Haris Seferović consumar a reviravolta do Benfica. O resultado final de 3-1 é estabelecido por Rafa Silva (75) com um oportuno remate na área. Tondela termina com nove depois da expulsão de Icaro (84). 

• No sábado Paulinho cria a primeira situação de perigo para o Braga no Estádio do Dragão (18), mas Iker Casillas revela atenção. Maxi Pereira responde pelo Porto, três minutos depois, mas Tiago Sá também defende com segurança.

• As jogadas de perigo foram alternando junto das duas balizas, a mais soberana quando Marega serve Brahimi (38), mas Tiago Sá faz uma defesa soberba. Casillas também brilha pouco depois, a remate de Ricardo Esgaio (40) e mantém o nulo até ao descanso.

• Ricardo Esgaio protagoniza o primeiro grande momento da segunda parte (55), com um forte disparo que deixa a abanar a trave da baliza do Porto. A equipa de Sérgio Conceição tem mais bola, mas os visitantes são mais perigosos e Fransérgio remata pela segunda vez à trave da baliza da equipa da casa (77). O jogo fica decidido perto do final, quando o suplente Otávio efectua um cruzamento teleguiado para cabeceamento indefensável de Soares (88).

• Já na tarde de domingo o Vitória SC vence o CD Santa Clara por 2-0. Davidson abre a contagem na primeira parte (27) para a equipa da casa, com André André a aproveitar uma grande penalidade (81) para estabelecer o resultado final.

• No sábado, o CD Aves bate o Rio Ave FC por 2-1com o primeiro golo a surgir depois de Nadjack cometer falta na área sobre Nildo. O árbitro assinala grande penalidade e expulsa o defesa. Rodrigo Soares (16) não desperdiça a oportunidade, com Diego (45) a aumentar a vantagem da equipa da casa ainda antes do intervalo. Bruno Moreira (90) ainda reduz para os vistantes, o mas o golo surgiu demasiado tarde.

• Belenenses e Boavista FC não foram além de um 0-0 no Estádio Nacional. O CD Nacional deixa temporariamente o último lugar ao bater CS Marítimo, com Camacho (66) a apontar o único golo do duelo madeirense.

• Na sexta-fera, o Moreirense FC sobe ao sexto lugar ao bater o SC Portimonense por 2-0Nenê (34) dá vantagem aos anfitriões e Pedro Nuno (56) confirma o triunfo da equipa de Ivo Vieira. Na mesma noite, o Vitória FC bate o CD Feirense por 2-1 e também está na metade superior da tabela. Mendy (30) coloca os sadinos em vantagem, mas os visitantes empatam rapidamente através de Cris (33). Cádiz (72) dá o triunfo à equipa de Lito Vidigal.  

Topo