Clube dos centenários na Champions League: Luís Figo

O português Luís Figo, antigo campeão europeu pelo Real Madrid, é o mais recente centenário da UEFA Champions League em destaque.

©Getty Images

Luís Figo, antiga estrela de Sporting, Barcelona, Real Madrid e Inter, é o mais recente jogador em destaque nesta série em que recordamos os futebolistas que disputaram pelo menos 100 jogos na UEFA Champions League.

CLUBE DOS CENTENÁRIOS DA CHAMPIONS LEAGUE

Jogos

Veja o resumo da final da Champions League de 2002
Veja o resumo da final da Champions League de 2002

Total: 103
Barcelona: 24
Real Madrid: 58
Inter: 21

Golos

Total: 24
Barcelona: 7
Real Madrid: 16
Inter: 1

Melhor desempenho: campeão (Real Madrid, 2002)

Para quem não se recorda dele

Famoso pela velocidade e capacidade de finta, Figo foi rei nas assistências e também excelente marcador de livres graças ao seu forte remate. Formado na prestigiada academia do Sporting, estreou-se como sénior com 17 anos e rapidamente se distinguiu pela criatividade. Apesar de ter assinado pelo Barcelona em 1995, viveu os melhores anos da carreira com a camisola do rival Real Madrid.

Figo foi eleito Jogador do Ano para a FIFA em 2001
Figo foi eleito Jogador do Ano para a FIFA em 2001©Getty Images

O enorme talento permitiu-lhe conquistar a Bola de Ouro em 2000, ser eleito Jogador do Ano para a FIFA em 2001 e conquistar a UEFA Champions League em 2002. Foi um dos expoentes máximos da "geração de ouro" de Portugal que conquistou em casa o Mundial Sub-20 em 1991 e finalista do UEFA EURO 2004, igualmente em território português. Despediu-se da selecção de Portugal após o Campeonato do Mundo de 2006, com 32 golos em 127 internacionalizações - ambos recordes na altura.

Como chegou aos 100 jogos

Contratado pelo Barça em 1995, Figo estreou-se na UEFA Champions League apenas dois anos depois. Disputou 12 épocas na mais prestigiada competição de clubes da Europa e conquistou o troféu em 2002, tornando-se no sexto jogador a alcançar a centena de partidas (depois de Raúl González, Roberto Carlos, Paolo Maldini, David Beckham e Oliver Kahn). Terminou a carreira após quatro temporadas no Inter.

Melhores momentos

  • Apresentou-se ao mundo em Setembro de 1997 ao fazer uma assistência e marcar um golo num remate de longe na estreia na UEFA Champions League, uma derrota por 3-2 no terreno do Newcastle.

  • Deu início à campanha vitoriosa do Real Madrid em 2001/02 com o primeiro golo dos "merengues", um livre fantástico na vitória por 2-1 em casa da Roma.

  • Inaugurou o marcador na primeira mão dos quartos-de-final de 2002/03 frente ao Manchester Unite com um sensacional pontapé em arco da entrada da área que passou por cima de Fabien Barthez.

O que disseram dele

Figo com Mourinho depois de realizar o último jogo
Figo com Mourinho depois de realizar o último jogo©Getty Images

"É sempre triste quando os grandes jogadores chegam ao fim. Lembro-me do Figo disputar o último jogo comigo no Inter e foi um dos dias mais tristes da minha carreira."
José Mourinho, antigo treinador de Figo no Inter

"Lembro-me, antes do Figo ir para o Barcelona, de o defrontar num jogo com o Sporting. Era ainda muito jovem, tinha 18 ou 19 anos, e ninguém o conhecia. Veio jogar ao Bernabéu e eu perguntei: ’Quem é este?' Sozinho conseguiu deixar-nos loucos. Era um jogador tremendo."
Manolo Sanchís, antigo capitão e colega de equipa no Real Madrid

“Podem colocar Figo numa cabina telefónica juntamente com 11 adversários que ele encontra o caminho até à porta. Dribla-os a todos e acha a saída."
Carlos Queiroz, antigo treinador de Figo na selecção de Portugal (em todos os escalões) e no Real Madrid

Caso queira recordar

Clube dos centenários na Champions League: Andriy Shevchenko
Clube dos centenários na Champions League: Oliver Kahn

Topo