Conheça melhor Alisson Becker, novo guarda-redes do Liverpool

É brilhante, gosta de pescar e o irmão, que também tem nome de mulher, joga no Belenenses: fique a conhecer melhor o guarda-redes Alisson Becker.

©Getty Images

Após a confirmação da transferência de Alisson Becker da Roma para o Liverpool, damos a conhecer melhor o talentoso guarda-redes brasileiro.

O que dizem dele

"Alisson é uma surpresa apenas para aqueles que nunca o tinham visto antes. O que mais me impressiona é a forma tão eficiente como ele lida com as situações de perigo. Isso confere muita confiança à sua equipa."
Gianluigi Buffon, guarda-redes do Paris

Alisson tem admiradores famosos
Alisson tem admiradores famosos©Getty Images

"Alisson? Pensei que era uma loucura gastar tanto dinheiro num guarda-redes [€8 milhões], mas estava enganado. É um fenómeno."
Daniele De Rossi, médio da Roma

"Alisson é um verdadeiro profissional e um grande homem. Merece todos os elogios de que tem vindo a ser alvo."
Luciano Spalletti, antigo treinador da Roma

"Ele é um fenómeno. É o 'número 1' entre os 'números 1'. É o Messi dos guarda-redes, porque tem a mesma mentalidade de Messi. É um guarda-redes que pode definir uma era... A forma como ele se comporta entre os postes faz-me lembrar Dino Zoff. Também o compararia a Michel Preud'Homme, que tinha a classe de alguém que nasceu verdadeiramente para ser guarda-redes."
Roberto Negrisolo, antigo treinador de guarda-redes da Roma

Registo actual

Selecção principal do Brasil: 31 jogos
Competições de clubes da UEFA: 23 jogos
Ligas nacionais europeias: 41 jogos

O que talvez não saiba

O irmão Muriel é guarda-redes no Belenenses, clube da Liga portuguesa
O irmão Muriel é guarda-redes no Belenenses, clube da Liga portuguesa©Getty Images

• O seu pai e o seu avô foram ambos guarda-redes amadores no clube da sua cidade-natal, Novo Hamburgo, e Alisson chegou a ser suplente do seu irmão mais velho, Muriel, no Internacional. Muriel joga agora em Portugal, no Belenenses, e ele e Alisson defrontam-se muitas vezes... no computador: "Estou sempre a jogar online contra o meu irmão", conta Alisson.

• Já disputou dois jogos em Anfield – na derrota por 5-2 da Roma nas meias-finais da UEFA Champions League frente ao Liverpool na temporada passada e numa vitória do Brasil sobre a Croácia, por 2-0, em jogo amigável disputado poucas semanas depois. Conhece também muito bem dois actuais jogadores dos "reds": Roberto Firmino costuma jogar a seu lado na selecção do Brasil e Mohamed Salah foi seu colega na Roma. Sobre o egípcio, Alisson afirmou: "Messi é o jogador mais forte contra quem joguei, mas actualmente Momo [Salah] é tão temível como ele."

• Quando tem algum tempo livre, o que mais gosta de fazer é pegar na sua cana de pesca. "Adoro pescar", afirmou. "Quando era mais novo costumava ir com o meu pai e com os meus amigos. Sempre que vou de férias para o Brasil tento tirar três ou quatro dias para ir pecar com amigos." Ele e Ciro Immobile, da Lázio, costumavam ser vistos frequentemente em Fregene – uma pequena cidade costeira não muito longe de Roma.

• Outros passatempos de Alisson: ver ténis (o compatriota Gustavo "Guga" Kuerten é o seu jogador preferido de sempre) e tocar guitarra. Música preferida? Rock, mas também o Sertanejo – uma espécie de "música country" brasileira – e o Pagode, um sub-género de Samba.

Veja a estreia de sonho de Alisson na Champions League
Veja a estreia de sonho de Alisson na Champions League

• Não sofreu qualquer golo em sete dos 23 jogos que já disputou nas provas de clubes da UEFA e foi o melhor em campo na sua partida de estreia na UEFA Champions League – um empate 0-0 contra o Atlético em Setembro de 2017. Na crónica do encontro, o UEFA.com escreveu: "Alisson Becker fez a diferença com algumas defesas verdadeiramente soberbas, na primeira parte a remate de Antoine Griezmann e na segunda negar o golo a Luciano Vietto e Saúl Ñíguez."

• Eleito para a Equipa da Época da última edição da UEFA Champions League, nem sempre o viram como uma futura estrela. Se não tivesse sido um pico de crescimento já tardio, nunca teria tido oportunidade de se afirmar no Internacional, e o seu temperamento nem sempre foi o melhor. "Se tivessem enviado um olheiro para elaborar um relatório sobre mim quando eu era miúdo, penso que teria sido qualquer coisa como: 'Alisson Becker: guarda-redes, sete anos. Baixo. Zangado. Chora muito."

• Tem – pelo menos para já – relegado o guarda-redes do Manchester City, Ederson, para o banco de suplentes na selecção do Brasil, mas a luta pela titularidade entre os dois é grande. "Ele faz com que eu tenha de trabalhar ainda mais", reconheceu Alisson. "Esta nossa luta só faz bem à selecção. O Brasil está em boas mãos durante os próximos anos."

Alisson ajudou a Roma a chegar às meias-finais
Alisson ajudou a Roma a chegar às meias-finais©AFP/Getty Images

• É casado com uma médica e o casal tem uma filha pequena, Helena. "A minha esposa, Natalia, deixou o Brasil por mim cinco meses depois de tanto ter trabalhado para se licenciar", contou Alisson. "Isso significou muito para mim... E, quando estamos em casa e não nos sentimos bem, é muito melhor estar a viver com uma médica do que com uma modelo."

Discurso directo

"Gosto de tudo na posição que ocupo no terreno. Gosto de dar tudo, não só nos jogos mas também durante os treinos – adoro fazê-lo. Sempre gostei de ser guarda-redes, desde muito novo. O meu irmão também é guarda-redes e quando era mais pequeno adorava ir com os meus pais vê-lo treinar."

"Gosto de mostrar as minhas capacidades em campo e deixar que elas falem por mim. Não gosto de me gabar com palavras. Sou um guarda-redes calmo e, acima de tudo, com muita vontade de ganhar. Quando entro em campo dou tudo à equipa, dou tudo pela camisola que visto."

"Espero conseguir vir a fazer parte da história do Liverpool, ganhar títulos e contribuir para este projecto que se tem vindo a desenvolver nos últimos anos, para que possamos ver este grande clube no topo novamente."

Topo