Porto goleia Vitória e volta ao topo

Com uma primeira parte demolidora, em que marcou quatro golos em 30 minutos, o Porto goleou o Vitória por 5-1 e recuperou a liderança da Liga portuguesa.

Marcano fez o segundo golo do Porto com um remate acrobático
Marcano fez o segundo golo do Porto com um remate acrobático ©Getty Images

• Com uma primeira parte demolidora, em que marcou quatro golos em 30 minutos, FC Porto goleia o Vitória FC por 5-1 e recupera a liderança da Liga portuguesa.

• Marcador é inaugurado logo aos 6 minutos, numa recarga de Moussa Marega à boca da baliza. Iván Marcano (12), com um remate acrobático, e Yacine Brahimi (16) dão vantagem confortável aos anfitriões.

• João Amaral responde para os sadinos aos 24 minutos, mas antes do intervalo um remate de longe de Jesús Corona (36) restabelece diferença de três golos. Com uma segunda parte menos intensa, "dragões" fecham goleada com um livre irrepreensível de Alex Telles (72).

• No domingo, Sporting CP derrota Boavista FC por 1-0 e mantém-se a três pontos do Benfica e com mais três do que o Braga.

• Único golo do jogo surge aos 26 minutos, numa grande penalidade convertida por Bas Dost após mão na bola de Robson.

• "Leões" ficam perto de dilatar a vantagem em duas ocasiões na primeira parte. Primeiro pelo avançado holandês, que só com Vagner pela frente remata contra as pernas do brasileiro (34), e depois através de Gelson Martins, que termina uma jogada individual com um remate para o guarda-redes desviar junto à barra (43).

• No sábado, um golo de Eduardo Salvio aos 92 minutos deu a vitória ao SL Benfica na visita ao Estoril Praia, por 2-1, após várias boas defesas do guarda-redes Renan ameaçarem atrasar mais as "águias" na luta pelo título.

• Rafa coloca os "encarnados" em vantagem bem cedo, logo aos nove minutos, mas na segunda parte desperdiça duas ocasiões flagrantes, aos 57 e 68.

• "Canarinhos" empatam aos 63 minutos, com uma finalização de Rafik Halliche à boca da baliza, e aos 67 acertam no poste, num remate de Lucas Evangelista. Já nos descontos (92), um cabeceamento de Eduardo Salvio dá os três pontos ao Benfica.

GD Chaves vence o Portimonense SC por 2-1, com um bis de Pedro Tiba em seis minutos (61 e 67). Algarvios não foram além do tento de honra, apontado por Fabrício aos 76.

• Após o apuramento para a final da Taça de Portugal, CD Aves sofre uma derrota concludente na visita ao CD Tondela, por culpa de autogolo de Carlos Ponck (56) e tentos de Miguel Cardoso (69) e Tyler Boyd (91). 

 Moreirense FC vence Rio Ave FC por 2-1 e respira um pouco melhor na luta pela manutenção. Cónegos marcam por Bilal Aouacheria (19) e Ronaldo Peña (49), com Hélder Guedes a empatar pelo meio (35).

• FC Paços de Ferreira e CF Os Belenenses empatam a um golo. Luiz Phellype marca primeiro, para os anfitriões (13), mas Maurides empata logo no início da segunda parte (46). Se o Estoril perder, pode passar de 18º para 17º.

• CD Feirense ganha novo fôlego na luta pela manutenção, recebendo e vencendo o Vitória SC por 2-1. Raphinha marca cedo para os visitantes (10), mas o empate surge dois minutos depois, por João Silva. Reviravolta fica completa à beira do fim, com um golo do defesa Raul Briseno (85.

• SC Braga vence SC Marítimo por 2-0, graças aos golos de Nikola Vukcevic (52) e Paulinho (87).

Topo