O que faz de Mohamed Salah, do Liverpool, um dos melhores?

A primeira viagem do "Rei do Egipto" à fase final de um Campeonato do Mundo termina esta segunda-feira, mas ele não tardará a voltar a mostrar o seu valor na UEFA Champions League. Olhamos para o seu percurso.

Mohamed Salah durante um treino antes do derradeiro jogo do Egipto no Campeonato do Mundo
Mohamed Salah durante um treino antes do derradeiro jogo do Egipto no Campeonato do Mundo ©Getty Images

“Deito-me todas as noites a pensar: ‘Uau, quão bom é o Salah’"?, confessou no início desta época o treinador do Liverpool, Jürgen Klopp. Nós também.

O que dizem

“Conhecíamos as características soberbas como jogador, mas não esperávamos que tivesse um impacto tão grande no futebol italiano. Talvez apenas Messi seja mais rápido do que ele com a bola nos pés". 

Vincenzo Montella, antigo treinador da Fiorentina

"Tem uma enorme ambição de marcar golos. Fica furioso quando o substituo aos 65 minutos. É a mentalidade que todos deviam ter”.

Jürgen Klopp, treinador do Liverpool

Registo actual


Resumo: Salah contribui para os sete golos do Liverpool ao Spartak
Resumo: Salah contribui para os sete golos do Liverpool ao Spartak

Internacional: 58 jogos, 34 golos
Provas de clubes da UEFA: 66 jogos, 22 golos 

Competições nacionais na Europa*: 175 jogos, 79 golos
*Ligas, taças e supertaças nacionais

Caminho para a fama

al-Mokawloon
• Jogou regularmente no El-Mokawloon entre 2010 e Fevereiro de 2012. Foi contratado pelo Basileia depois de brilhar num jogo particular com os suíços, em Março de 2012, ao serviço da selecção Sub-23 egípcia. Salah entrou ao intervalo, marcou dois golos e em Abril assinou pelo clube suíço.

Salah comemora depois de marcar ao Chelsea
Salah comemora depois de marcar ao Chelsea©Getty Images

Basileia
• O Basileia foi campeão na única época completa em que jogou na Suíça e renovou o título depois de o atacante deixar o clube no Inverno de 2013. Salah também ajudou a equipa suíça a atingir as meias-finais da UEFA Europa League em 2012/13, onde foi eliminada pelo seu próximo clube, o Chelsea. Marcou em Stamford Bridge nessa eliminatória e voltou a fazer golos, em casa e fora, nos encontros com os londrinos na fase de grupos da UEFA Champions League de 2013/14.

Salah num treino do Chelsea
Salah num treino do Chelsea©AFP/Getty Images

Chelsea
• Salah teve poucas oportunidades em Stamford Bridge - marcou apenas dois golos em 13 jogos pelo clube - menos um do que tinha marcado pelo Basileia nos três jogos com os “blues”."

Salah divertido num treino da Fiorentina
Salah divertido num treino da Fiorentina©AFP/Getty Images

Fiorentina
• Voltou a ser eliminado nas meias-finais da UEFA Europa League ao serviço do clube de Florença - frente ao Sevilha que viria a conquistar o troféu - mas brilhou em campo, marcando seis golos na Serie A num período de quatro meses.

• Marcou dois grandes golos e ajudou a Fiorentina a terminar com a invencibilidade da Juventus em casa que durava há dois anos, a 5 de Março de 2015

Salah comemora mais um golo pela Roma
Salah comemora mais um golo pela Roma©Getty Images

Roma
• Rejeitou a transferência a título definitivo para a Fiorentina para assinar pela Roma no Verão de 2015, inicialmente num empréstimo de uma época. Marcou cinco golos nos primeiros nove jogos na Serie A. O único jogador a ter um início de carreira melhor no clube da capital italiana desde a II Guerra Mundial foi Gabriel Batistuta (como nove golos em nove jogos em 2000/01).

• Estabeleceu um novo máximo pessoal com 14 golos na Serie A em 2015/16 e foi eleito melhor jogador do clube nessa época. No Verão assinou definitivamente pelos italianos e fez ainda melhor em 2016/17, com 15 golos, uma marca que já melhorou em Anfield.

Salah teve um início de carreira sensacional em Anfield
Salah teve um início de carreira sensacional em Anfield©AFP/Getty Images

Liverpool
• Tornou-se no primeiro jogador egípcio do Liverpool em Agosto de 2017, quando foi contratado por um montante recorde à época de 42 milhões de euros (que poderá atingir os 50 milhões).

• A 25 de Novembro marcou o décimo golo pelo Liverpool no empate a 1-1 com o Chelsea, igualando o recorde de Daniel Sturridge ao atingir a dezena de golos pelo clube nos primeiros 13 jogos.

• Alcançou os 20 golos no triunfo por 4-0 em Bournemouth, a 17 de Dezembro, tornando-se no primeiro jogador dos “reds” a atingir as duas dezenas antes antes do Natal desde Ian Rush, em 1986/87.

• Apontou 23 golos (17 na Premier League, 6 na UEFA Champions League) antes do ano novo, igualando o recorde do clube estabelecido por Roger Hunt em 1961/62. Foi o melhor marcador dos “reds” em 2017.

• Marcou quatro vezes na goleada por 5-0 sobre o Watford a 17 de Março e chegou aos 32 golos na Premier League - recorde para uma temporada co 38 jogos.

• O seu total de 44 tentos em 52 partidas foi o segundo melhor na história do Liverpool, apenas atrás de Ian Rush em 1983/84, e incluiu os 11 na caminhada até à final da UEFA Champions League. Lesionou-se num ombro na parte inicial da derrota com o Real Madrid em Kiev.

Salah num treino da selecção do Egipto
Salah num treino da selecção do Egipto©Getty Images

Egipto
• Fez a estreia pela selecção principal a 3 de Setembro de 2011 (numa derrota por 2-1 com a Serra Leoa) e marcou o primeiro golo pelo Egipto num triunfo por 3-0 sobre o Níger a 8 de Outubro desse ano.

• Ajudou o Egipto a atingir a final da Taça das Nações Africanas (mas não evitou a derrota por 2-1 com os Camarões) e contribuiu para a qualificação para o Campeonato do Mundo deste ano na Rússia.

• Ajudou o Egipto a atingir a fase final do Campeonato do Mundo da FIFA – pela primeira vez desde 1990 – de 2018, mas uma lesão sofrida na final da UEFA Champions League limitou o seu desempenho na prova. Marcou, de penalty, no seu primeiro jogo, na segunda jornada, numa derrota por 3-1 ante a anfritriã Rússia.

Curiosidades

• Salah é o jogador egípcio com mais jogos disputados nas competições europeias de clubes (63) e mais golos marcados (20). Também é o recordista na UEFA Champions League: 35 jogos e 15 golos.

Salah e Emre Can num treino
Salah e Emre Can num treino©AFP/Getty Images

• Só conseguiu um “hat-trick” em toda a carreira como profissional, marcando os três golos no triunfo da Roma, por 3-0, na recepção ao Bolonha, a 6 de Novembro de 2016.

Discurso directo

Francesco Totti foi um dos ídolos de Salah
Francesco Totti foi um dos ídolos de Salah©Getty Images

"Lembro-me de estar sempre a assistir aos jogos da Champions League e de tentar imitar estrelas como o brasileiro Ronaldo, Zidane e Totti. Adoro jogadores com este tipo de magia.

O que pode alcançar

• Bater o recorde egípcio de dois golos marcados pertencente a Abdulrahman Fawzi em Itália, em 1934.

• Conduzir finalmente o Egipto à vitória num jogo de um Campeonato do Mundo. Ausente da fase final desde 1990, o Egipto somou até agora dois empates e duas derrotas. Salah também bater o recorde de golos marcados por um egípcio num mundial, que pertence a Abdulrahman Fawzi, desde a edição disputada em Itália em 1934.

Ian Rush tem recordes de golos impressionantes em Anfield
Ian Rush tem recordes de golos impressionantes em Anfield©Getty Images

• Tornar-se no melhor marcador de sempre do Egipto, actualmente está na quinta posição com 32 golos, mas está ainda muito longe dos 70 marcados pelo recordista Hossam Hassan.

• Vencer uma prova da UEFA. Foi semi-finalista vencido da UEFA Europa League ao serviço de Basileia e a Fiorentina, e atingiu a final da UEFA Champions League em 2017/18.

• Bater mais recordes de golos marcados pelo Liverpool. Precisa de mais três para superar o máximo de Rush no escalão principal (32 em 1983/84) e mais oito para bater o recorde do galês numa única época em todas as competições (47 em 1983/84).

Topo