Juventus vence resistência do Sporting

O Sporting esteve a vencer em Turim, mas a Juventus puxou dos galões e conseguiu a reviravolta a seis minutos do fim, com o triunfo por 2-1 a isolá-la no segundo lugar do Grupo D.

Watch the best of the action from UEFA Champions League 2017/18 matchday three.

O Sporting esteve a vencer em Turim, mas a Juventus puxou dos galões e operou a reviravolta, vencendo por 2-1 este duelo do Grupo D e isolando-se no segundo lugar.   

Juve e Sporting entraram em campo à procura do segundo triunfo no Grupo D e os visitantes inauguraram o marcador aos 12 minutos. Bruno Fernandes desmarcou Gelson Martins nas costas da defesa, Gianluigi Buffon evitou o golo do avançado português, mas a bola ressaltou em Alex Sandro e só parou no fundo da baliza italiana.

A equipa de Massimiliano Allegri respondeu cinco minutos depois, com Sami Khedira a rematar forte da entrada da área e Rui Patrício a defender com uma boa estirada. O guarda-redes voltou a brilhar aos 22 minutos, quando Mandžukić emendou um cruzamento na pequena área. O internacional português só foi batido aos 29 minutos, quando Pjanić marcou um livre de forma indefensável e fez o empate. O equilíbrio no marcador manteve-se até ao intervalo, muito graças à boa forma de Rui Patrício, que aos 43 minutos desviou um forte disparo de Gonzalo Higuaín.

O início do segundo tempo foi mais equilibrado e com menos situações de perigo, Rui Patrício venceu mais um duelo com Paulo Dybala aos 58 minutos e segurou um cabeceamento de Mandžukić aos 70.

O cenário não agradava a Allegri e o treinador italiano lançou Douglas Costa no jogo aos 84 minutos, poucos segundos depois o brasileiro fez um cruzamento exemplar da esquerda para um cabeceamento imparável de Mandžukić, estava consumada a reviravolta. Já em período de compensação, a equipa de Jorge Jesus ainda podia ter feito o empate, mas Seydou Doumbia falhou por pouco a emenda após um bom cruzamento de Bruno Fernandes e o marcador ficou em 2-1.

Figura: Rui Patrício 
O guarda-redes sofreu dois golos no Juventus Stadium, mas esteve sempre muito tranquilo e efectuou um punhado de excelentes defesas que evitaram que o resultado fosse mais desnivelado.

Momento: Entrada de Douglas Costa
O brasileiro foi uma aposta tardia de Massimiliano Allegri, mas correspondeu plenamente ao fazer um sensacional cruzamento que permitiu a Mandžukić decidir o encontro.

Topo