Celtic, Légia e Salzburgo lideram lote dos últimos apurados

O Légia marcou seis golos e o Celtic quatro, enquanto Ludogorets e Salzburgo também somaram vitórias dilatadas, com os dez derradeiros apurados para a terceira pré-eliminatória a ficarem, enfim, definidos.

A festa do Celtic depois de Tom Rogic apontar um dos golos da turma escocesa
A festa do Celtic depois de Tom Rogic apontar um dos golos da turma escocesa ©Getty Images

Segunda mão da segunda pré-eliminatória

Jogos de quarta-feira

O Partizan (de branco) afastou o Budućnost Podgorica
O Partizan (de branco) afastou o Budućnost Podgorica©Filip Roganović

Celtic 4-0 Linfield (total: 6-0)
Dudelange 0-1 APOEL (total: 0-2)
Honvéd 2-3 Hapoel Beer-Sheva (total: 3-5)
Copenhaga 1-2 Žilina (total: 4-3)
Kukës 2-1 Sheriff (total: 2-2; Sheriff apurado graças aos golos fora)
Légia 6-0 Mariehamn (total: 9-0)
Ludogorets 4-1 Žalgiris (total: 5-3)
Maribor 1-1 Zrinjski (total: 3-2)
Rosenborg 2-1 Dundalk (após prolongamento) (total: 3-2)
Salzburgo 3-0 Hibernians
(total: 6-0)

Rosenborg e Copenhaga sobreviveram, ambos, a grandes sustos. A jogar em casa, o campeão norueguês foi mesmo forçado a um prolongamento pelo Dundalk antes de Mattihias Vilhjalmsson apontar, à passagem do minuto 98, o golo da vitória. Já o campeão dinamarquês perdeu 2-1 na recepção ao Žilina, apurando-se com um apertado total de 4-3 no conjunto das duas mãos, tendo o suplente Ramil Sheydaev, do Žilina, falhado em cima do apito final uma ocasião de golo soberana, a qual teria valido o apuramento aos visitantes.

Bem mais tranquila foi a passagem à terceira pré-eliminatória de Salzburgo e Ludogorets, que venceram os respectivos jogos por três golos de diferença, selando triunfos por larga margem no conjunto das duas mãos. O Celtic fez ainda melhor e bateu o Linfield por 4-0 em Glasgow, resultado superado pelo Légia, que marcou seis golos sem resposta aos finlandeses do Mariehamn. O jogo mais espectacular da noite, contudo, disputou-se na Hungria, onde o Honvéd esteve a perder por 2-0 frente ao Hapoel Beer-Sheva, conseguiu chegar ao empate, mas viu Anthony Nwakaeme marcar, num lance individual, o golo que selou em definitivo o apuramento do campeão israelita, com um total de 5-3 na soma das duas mãos.

Jogos de terça-feira

Alashkert 1-3 BATE (total: 2-4)
Astana 1-1 Spartaks Jūrmala (total: 2-1)
Budućnost Podgorica 0-0 Partizan (total: 0-2)
Samtredia 0-1 Qarabağ (total: 0-6)
TNS 1-5 Rijeka (total: 1-7)
Vardar 3-1 Malmö (total: 4-2)
Víkingur 0-2 FH Hafnarfjördur (total: 1-3)

O Vardar protagonizou a surpresa da noite ao eliminar o Malmö, que em 2015/16 marcou presença na fase de grupos. Bem cedo em desvantagem, em virtude de um penalty convertido por Markus Rosenberg, o campeão da macedónia conseguiu, depois, uma vitória memorável com três golos sem resposta na segunda parte.

Patrick Twumasi celebra depois de marcar pelo Astana
Patrick Twumasi celebra depois de marcar pelo Astana©FC Astana

O BATE também teve de dar a volta a um resultado para seguir em frente, com Mikhail Gordeichuk a bisar ainda antes do intervalo frente ao Alashkert, enquanto um bis de Mario Gavranović, vindo do banco, ajudou o Rijeka a somar uma vitória categórica no terreno do TNS.

Sorteio da terceira pré-eliminatória (jogos da primeira mão a 25/26 de Julho, jogos da segunda mão a 1/2 de Agosto)

Caminho das Ligas

FCSB (ROU) - Viktoria Plzeň (CZE)
Nice (FRA) - Ajax (NED)
Dínamo Kiev (UKR) - Young Boys (SUI)
AEK Atenas (GRE) - CSKA Moskva (RUS)
Club Brugge (BEL) - İstanbul Başakşehir (TUR)

Caminho dos Campeões
Slavia Praga (CZE) - BATE Borisov (BLR)
Astana (KAZ) - Légia Varsóvia (POL)
Maribor (SVN) - FH Hafnarfjördur (ISL)
Copenhaga (DEN) - Vardar (MKD)
Celtic (SCO) - Rosenborg (NOR)

Hapoel Beer-Sheva (ISR) - Ludogorets (BUL)
Viitorul (ROU) - APOEL (CYP)
Salzburgo (AUT) - Rijeka (CRO)
Qarabağ (AZE) - Sheriff (MDA)
Partizan (SRB) - Olympiacos (GRE)

Topo