Perfil das equipas dos quartos-de-final: Dortmund

Pierre-Emerick Aubameyang é a figura de uma equipa do Dortmund cuja principal força, para além da juventude, é o facto de quase todos poderem marcar golos, a qualquer momento.

©AFP/Getty Images

História até agora
Não é muito habitual o Real Madrid ficar em segundo lugar, mas ao vencer o Grupo F, o Dortmund obrigou os espanhóis a isso mesmo. Um dia desinspirado de Pierre-Emerick Aubameyang contribuiu para uma derrota dos alemães pela margem mínima ante o Benfica, na primeira mão dos oitavos-de-final, mas o avançado redescobriu a veia goleadora e fez um "hat-trick" no segundo jogo. O Mónaco é o adversário que se segue.

Registo esta temporada: 8J 5V 2E 1D GM25 GS10

Resumo:
Resumo:

Momento crucial
Definir como crucial pode ser algo exagerado, mas em termos de contribuição para a confiança, não é preciso ir mais longe do que o empate de Marco Reus ao cair do pano no Bernabéu, na sexta jornada, completando uma recuperação de 2-0 que selou o primeiro lugar. O Dortmund também conseguiu um empate tardio 2-2 no primeiro encontro com os detentores do troféu, e esse tipo de resultados pode ser importante no futuro.

Por que este é o ano do Dortmund?
A equipa de Thomas Tuchel sabe onde é a baliza adversária. Bateu o recorde da fase de grupos ao marcar 21 golos, incluindo um espantoso 8-4 frente ao Légia. Aubameyang fez sete tentos, mas o Dortmund pode facturar de qualquer lado, pois houve 14 marcadores diferentes até ao momento – o registo mais alto da UEFA Champions League.

Principal figura: Pierre-Emerick Aubameyang – Aubameyang só pensa em atacar. O seu recorde de 112 golos em 177 jogos pelo Dortmund fala por si.

Ousmane Dembélé
Ousmane Dembélé©Getty Images

Estrela emergente: Ousmane Dembélé – O extremo de 19 anos tem brilhado intensamente desde que chegou no Verão passado à equipa, proveniente do Rennes, com 16 assistências e as primeiras cinco internacionalizações por França. Aubameyang é o principal beneficiário.

Herói improvável: Julian Weigl – O médio, de 21 anos, mudou o seu jogo, antes mais vistoso para algo mais equilibrado. O BVB agradece.

Mais pontos somados no Fantasy Football: Pierre-Emerick Aubameyang (41)

Topo