Perfil das equipas dos quartos-de-final: Leicester

Quem subestimar o Leicester está a arriscar. Os surpreendentes campeões da Premier League conseguiram superar os maus resultados nas provas nacionais com uma sensacional época de estreia.

©AFP/Getty Images


História até agora: Leicester
Se a última época na Premier League nos ensinou alguma coisa, é que nunca devemos descartar o Leicester. A defesa do título inglês não foi exactamente a sonhada, mas os estreantes na UEFA Champions League têm feito uma campanha tranquila na Europa. Asseguraram a passagem aos oitavos-de-final com um jogo por disputar e depois surpreenderam o Sevilha com uma recuperação emocionante que valeu uma vaga entre os oito melhores. A seguir: Atlético.

Registo esta temporada: J8 V5 E1 D2 GM10 GS8

Leicester mantém o sonho vivo
Leicester mantém o sonho vivo

Momento crucial
As “raposas” estavam encostadas às cordas na primeira mão dos oitavos-de-final, perdiam apenas por 2-0 em Espanha devido à grande exibição de Kasper Schmeichel na baliza. Foi então que apareceu Jamie Vardy, a 17 minutos do final, a marcar o seu primeiro. golo em dez jogos. Ainda sobrou tempo para Adil Rami acertar na trave, mas o Leicester tinha reentrado na luta pelo apuramento.

Por que este é o ano do Leicester
Normalmente ninguém daria importância a uma equipa estreante, que luta pela manutenção no seu campeonato e que é orientada por um treinador inexperiente, Craig Shakespeare. Mas não podemos esquecer que é o Leicester.

Principal figura: Kasper Schmeichel - A guarda-redes manteve a baliza do Leicester inviolada nos primeiros quatro jogos na UEFA Champions League, depois o dinamarquês de 30 anos defendeu duas grandes penalidades nos jogos com o Sevilha.

Kasper Schmeichel
Kasper Schmeichel©Getty Images

Estrela emergente: Wilfred Ndidi - O extremo Demarai Gray exibiu sinais do seu talento, mas o médio Ndidi mostrou mais consistência, rapidamente conquistando um lugar de titular depois de ter sido contratado em Janeiro ao Genk.

Herói improvável: Christian Fuchs - O defesa-esquerdo austríaco é sólido defensivamente, mas também contribui para o ataque, com lançamentos de linha lateral, cruzamentos e nas bolas parados. Uma das figuras da equipa.

Mais pontos somados no Fantasy Football: Kasper Schmeichel (45)

Topo