Real Madrid ultrapassa Barça, Mónaco e Bayern continuam a ganhar

O Real Madrid recuperou a liderança da Liga espanhola após vencer e o Barcelona perder, Robert Lewandowski atingiu a centena de golos pelo Bayern e o Mónaco continua a ganhar em França.

Cristiano Ronaldo voltou a marcar
Cristiano Ronaldo voltou a marcar ©Getty Images

Segunda mão dos oitavos-de-final: terça-feira, 14 de Março
JUVENTUS (2-0) PORTO
Juventus 2-1 AC Milan (Benatia 30, Dybala 90 + 7pen; Bacca 43)
A Juventus somou o 31º triunfo consecutivo em casa de forma dramática, com Paulo Dybala a converter uma grande penalidade na última jogada do encontro. Medhi Benatia estreou-se a marcar pelos “bianconeri” após um bom passe bombeado de Dani Alves. O Milan viu José Sosa ser expulso em período de compensação, antes de Dybala definir o vencedor.

Arouca 0-4 Porto (Danilo 15, Soares 25 86, Diogo Jota 71)
Francisco Soares deu sequência à sua incrível série goleadora e contribuiu para o nono triunfo consecutivo do Porto no campeonato. O reforço brasileiro contratado em Janeiro marcou nos seis jogos disputados pelo novo clube na Liga e, depois de bisar pela terceira vez, já conta com nove golos de dragão ao peito.

Soares voltou a bisar pelo Porto
Soares voltou a bisar pelo Porto©AFP/Getty Images

LEICESTER (1-2) SEVILHA
O Leicester não jogou no fim-de-semana, mas este domingo confirmou que Craig Shakespeare vai continuar como treinador da equipa até final da época

Sevilha 1-1 Leganés (Jovetić 43, Gabriel Pires 3)
Com Daniel Carriço a titular, o Sevilha perdeu mais dois pontos na perseguição ao líder Barcelona. Após empatar 1-1 no terreno do Alavés na segunda-feira, os andaluzes voltaram a consentir uma igualdade, desta vez face ao modesto Leganés.

Quarta-feira, 15 de Março
ATLÉTICO MADRID (4-2) BAYER LEVERKUSEN
Granada 0-1 Atlético (Griezmann 84)
O Atlético parecia condenado a um empate face a um adversário que luta pela manutenção, até Antoine Griezmann marcar na sequência de um pontapé de canto batido por Koke, um resultado que permitiu à equipa de Diego Simeone ficar a cinco pontos do Sevilha.

Leverkusen 1-1 Werder Bremen (Volland 7; Pizarro 79)
Tayfun Korkut estreou-se no comando do Bayer e terminou com uma série de três derrotas seguidas. Kevin Volland marcou em dois jogos seguidos pela primeira vez desde Outubro de 2015 e colocou o Leverkusen em vantagem nos primeiros minutos, mas Claudio Pizarro empatou. A equipa da casa viu Wendell ser expulso aos 90 minutos, mas teve oportunidade de garantir os três pontos em período de compensação. Porém, Felix Wiedwald defendeu uma grande penalidade de Ömer Toprak.

MÓNACO (3-5) MANCHESTER CITY
Mónaco 2-1 Bordéus (Mbappé 68, Moutinho 74; Rolán 84) 
Bernardo Silva foi titular, mas foi um golo do português João Moutinho que se revelou decisivo para o Mónaco somar a quarta vitória em outros tantos jogos desde a derrota por 5-3 com o Manchester City. O décimo golo de Kylian Mbappé na Ligue 1 abriu caminho para um triunfo que deixou a equipa de Leonardo Jardim com três pontos de vantagem sobre o Paris na liderança.

Os autores dos golos do City no Riverside Stadium comemoram
Os autores dos golos do City no Riverside Stadium comemoram©Getty Images

Middlesbrough 0-2 Manchester City (Silva 3, Agüero 67)
O City manteve a baliza inviolada pelo sexto jogo consecutivo fora de casa e garantiu um lugar nas meias-finais da Taça de Inglaterra. Os visitantes assumiram o comando das operações depois de David Silva corresponder bem a um passe atrasado de Pablo Zabaleta. Sergio Agüero confirmou o triunfo com o sexto golo nos últimos cinco encontros que disputou.

APURADOS PARA OS QUARTOS-DE-FINAL
Bayern 3-0 Eintracht Frankfurt (Lewandowski 3 55, Douglas Costa 41)
Robert Lewandowski atingiu a centena de golo ao serviço do Bayern em mais um triunfo tranquilo dos líderes da Bundesliga. Jérôme Boateng entrou na segunda parte, o primeiro jogo que disputou desde o desaire por 3-2 em Rostov na quinta jornada, naquela que foi a última derrota do Bayern.

Hertha Berlin 2-1 Borussia Dortmund (Kalou 11, Plattenhardt 71, Aubameyang 55)
Pierre-Emerick Aubameyang provou que está em grande forma ao marcar pela oitava vez em quatro jogos. O atacante do Gabão é o melhor marcador da Bundesliga com 22 golos, mais um do que Lewandowski. A equipa que eliminou o Benfica sofreu a quinta derrota no campeonato e continua no terceiro lugar.

Deportivo La Coruña 2-1 Barcelona (Joselu 40, Álex Bergantiños 74; Luis Suárez)
Após a sensacional reviravolta nos oitavos-de-final da UEFA Champions League, o Barcelona averbou a primeira derrota na Liga espanhola desde Outubro e sofreu um rude golpe na luta pelo título. Luis Enrique fez cinco alterações em relação à equipa que goleou o Paris Saint-Germain, com Neymar a ficar de fora, e os catalães perderam a liderança do campeonato.

Real Madrid 2-1 Real Betis (Ronaldo 41 Ramos 81, Navas pb 25)
A equipa de Zinédine Zidane recuperou a liderança da Liga espanhola, com menos um jogo disputado, graças a um cabeceamento histórico de Cristiano Ronaldo e a mais um golo de Sergio Ramos. Um erro do guarda-redes Keylor Navas permitiu que o Bétis ganhasse vantagem, mas Ronaldo marcou o 366º golo de cabeça nas cinco principais Ligas europeias e igualou o recorde de Jimmy Greaves. Ramos garantiu a vitória para os visitantes com o décimo golo em todas as competições esta época.

Topo