Receita para o Nápoles recuperar e eliminar o Real Madrid

O Nápoles parte para o segundo jogo com o Real Madrid a perder por 3-1. As previsões não são favoráveis, mas Paolo Menicucci, do UEFA.com, dá a receita para os compatriotas alcançarem aos quartos-de-final.

Pepe Reina tem estado em grande forma na baliza do Nápoles
Pepe Reina tem estado em grande forma na baliza do Nápoles ©AFP/Getty Images

A tarefa do Nápoles não é fácil após a derrota por 3-1 com o Real Madrid na primeira mão dos oitavos-de-final. Os italianos têm um ataque poderoso, mas será que conseguem travar um adversário que marca há 46 jogos seguidos? Sem dúvida que não será fácil, mas o UEFA.com explica que a missão não é impossível.

Reina em forma
O brasileiro Careca, antigo avançado do Nápoles, afirmou que os italianos têm de defender como "11 mastins (cães) napolitanos durante 90 minutos". Atrás da muralha defensiva vai estar o guarda-redes Pepe Reina e, a julgar pela incrível defesa que realizou no sábado, nos descontos do triunfo por 2-1 sobre a Roma na Serie A, o Nápoles está em boas mãos. "Podemos vencer o Real Madrid por 2-0 em casa", destacou Reina. "O golo fora é importante e vamos pressioná-los desde o início".

Veja o resumo: Real Madrid 3-1 Nápoles
Veja o resumo: Real Madrid 3-1 Nápoles

O efeito San Paolo
O ambiente em Itália poderá dar alguma vantagem ao Nápoles, basta ouvir o volume a que é gritado "The Champions" no final do hino da competição antes do pontapé-de-saída. "Toda a cidade está à espera deste jogo", explicou o capitão Marek Hamšík à imprensa na segunda-feira. "Os adeptos vão dar-nos um grande apoio, tenho a certeza de que serão o nosso 12º jogador".

Marcar cedo
Na verdade, basta imaginar como ficará o ambiente se a equipa de Maurizio Sarri conseguir marcar cedo. "O Real Madrid está habituado a jogar neste tipo de ambientes, penso que não os vai afectar", explicou o treinador. "Mas espero que motive ainda mais a minha equipa".

Marko Rog no jogo de sábado com a Roma
Marko Rog no jogo de sábado com a Roma©AFP/Getty Images

A surpresa Rog
O Nápoles perdeu a batalha no meio-campo na capital espanhola, com Toni Kroos, Casemiro e Luka Modrić a dominarem pelo Real Madrid. Depois disso, Sarri encontrou uma arma temível. Marko Rog realizou no sábado apenas o sexto jogo na Serie A – o primeiro como titular - mas realizou uma exibição que convenceu os observadores de que poderá ter um papel decisivo. Frescura, energia e ambição, a receita ideal para recuperar daquela noite difícil em Madrid.

Dries Mertens tem estado em grande forma
Dries Mertens tem estado em grande forma©AFP/Getty Images

Mertens inspirado
O Nápoles já marcou 62 golos esta época, mais sete que o melhor registo anterior ao fim de 27 jogos. Dries Mertens é responsável por 18 deles e quando saiu a coxear do jogo em Roma, após marcar dois golos, muitos temeram o pior. Mas o belga esteve no treino de segunda-feira e os italianos esperam que, com as suas movimentações entre-linhas e as desmarcações nas costas da defesa, possa desestabilizar Pepe, Sergio Ramos e companhia. Os adeptos que ainda acreditam numa memorável 'rimonta' (recuperação) esperam que sim.

Topo