Korkut rende Roger Schmidt no comando do Leverkusen

Tayfun Korkut vai comandar o Leverkusen até ao final da época, no lugar de Roger Schmidt, que foi despedido após a derrota de sábado, por 6-2, em Dortmund.

©Getty Images

O Bayer Leverkusen escolheu Tayfun Korkut para novo treinador: O antigo médio turco de 42 anos assinou contrato até final da época na sequência do despedimento de Roger Schmidt, após a derrota por 6-2 no terreno do Borussia Dortmund.

"Estou muito feliz com este desafio e quero conhecer a equipa o mais rápido possível", explicou Korkut, que passou a maior parte da carreira na Turquia, mas recentemente orientou as equipas do Hannover e do Kaiserslautern na Alemanha. "Queremos terminar a época o melhor possível e continuar a jogar na Europa. Vamos dar tudo por estes objectivos”.

Escolhido para o cargo antes do início da época 2014/15, Schmidt deixa o Leverkusen no 10º lugar da Bundesliga e em perigo de falhar um lugar na UEFA Champions League pela primeira vez em cincoo anos. A equipa perdeu quatro dos últimos seis jogos para o campeonato. O Bayer enfrenta também uma tarefa hercúlea para chegar aos quartos-de-final desta edição da UEFA Champions League, isto depois de ter perdido em casa, por 4-2, frente ao Atlético, na primeira mão dos oitavos-de-final.

"Dada a situação actual em termos de resultados e, após aturada e cuidadosa reflexão, chegámos a esta dolorosa, mas inevitável, decisão nos melhores interesses do Bayer 04", pode ler-se no comunicado assinado pelo presidente do clube, Michael Schade. "Foi-me muito difícil tomar esta decisão, uma vez que temos bastante a agradecer a Roger Schmidt."

"Acredito que Roger Schmidt é um treinador de topo e sempre lhe dei o meu completo apoio", acrescentou o director-desportivo Rudi Völler. "Temos de agir agora caso não queiramos ficar totalmente arredados dos nossos objectivos. Agora, é fazer um novo recomeço e encontrar consistência nas nossas exibições. A nossa equipa tem grande qualidade, mas, infelizmente, vimos pouco nesta temporada a esse respeito."

Schmidt deixa a BayArena após ter guiado o clube ao quarto lugar na sua época de estreia e ao terceiro posto na época passada, quando o Leverkusen foi também eliminado da UEFA Champions League na fase de grupos e chegou aos oitavos-de-final da UEFA Europa League. 

Topo