Benfica e Nápoles apurados, Arsenal ultrapassa Paris

Benfica e Nápoles apuraram-se para os oitavos-de-final após a goleada sofrida pelo Beşiktaş, enquanto o Arsenal ultrapassou o Paris no topo do Grupo A e o Barcelona igualou um recorde.

©AFP/Getty Images

Qualificados como vencedor do grupo: Arsenal (Grupo A), Nápoles (B), Barcelona (C), Atlético (D), Mónaco (E), Leicester (G)
Qualificados como segundo classificado: Paris (A), Benfica (B), Manchester City (C), Bayern (D), Leverkusen (E)
Outras equipas já qualificadas: Dortmund (F), Real Madrid (F), Juventus (H)
Transitam para os 16 avos-de-final da UEFA Europa League: Ludogorets (A), Beşiktaş (B), Mönchengladbach (C), Rostov (D)

Grupo A
Paris Saint-Germain 2-2 Ludogorets Razgrad
O Ludogorets garantiu o terceiro lugar e ao mesmo tempo atirou o Paris para segundo, apesar de a equipa da casa ter empatado no tempo de compensação, através de Ángel Di María. O tento madrugador de Edinson Cavani, num pontapé-de-bicicleta, tinha anulado o golo de Virgil Misidjan, antes de Wanderson recolocar o conjunto búlgaro em vantagem.

Basileia 1-4 Arsenal
Lucas Pérez inaugurou a sua conta pessoal na UEFA Champions League com um "hat-trick" nos primeiros 47 minutos e Alex Iwobi selou o resultado final, com o Arsenal a vencer um grupo pela primeira vez desde 2011/12, beneficiando ainda do empate do Paris. Quanto ao Basileia, termina no quarto posto.

©AFP/Getty Images

Grupo B
Dínamo Kiev 6-0 Beşiktaş

O Beşiktaş deslocou-se ao reduto do eliminado Dínamo Kiev sabendo que uma vitória dava o apuramento, mas ao invés teve de se contentar com o terceiro lugar, depois de um jogo em que terminou reduzido a nove jogadores e ao intervalo perdia por 4-0. O triunfo foi o mais dilatado dos ucraniano na UEFA Champions League.

Benfica 1-2 Nápoles
Com o Beşiktaş a perder, estas duas equipas tinham garantida a presença nos oitavos-de-final independentemente do resultado no jogo entre elas. O Nápoles, que precisava apenas de um empate para ficar em primeiro lugar, conseguiu esse objectivo com golos de José Callejón, aos 60 minutos, e do suplente Dries Martens, de nada servindo o tento de honra de Raúl Jiménez à beira do fim.

Grupo C
Barcelona 4-0 Borussia Mönchengladbach
Lionel Messi marcou o seu décimo golo nesta edição da UEFA Champions League, ficando a apenas um do recorde de Cristiano Ronaldo na fase de grupos. Arda Turan apontou um "hat-trick" e o Barcelona, vencedor do grupo, terminou em grande estilo, igualando o recorde de 20 golos numa fase de grupos. O M'Gladbach já sabia que o seu destino era rumar à UEFA Europa League.

©Getty Images

Manchester City 1-1 Celtic
Patrick Roberts, jogador emprestado pelo Manchester City, marcou aos "citizens" pelo Celtic, já eliminado, antes de Kelechi Iheanacho empatar. tudo isto nos oito primeiros minutos. Antes desta partida o Manchester City já sabia que ia terminar no segundo lugar.

Grupo D
Bayern Munique 1-0 Atlético Madrid
O Bayern já não podia terminar no primeiro posto, mas o livre directo de Robert Lewandowski ajudou o segundo classificado a terminar com um triunfo, ao mesmo tempo que impediu o Atleti de terminar a fase de grupos só com vitórias.

PSV Eindhoven 0-0 Rostov
O Rostov averbou o ponto de que necessitava e bateu o PSV na luta pelo terceiro lugar, na campanha de estreia na UEFA Champions League.

Topo