Sporting e Porto mais perto, "clásico" termina empatado

Benfica derrotado, Sporting e Porto encurtam distâncias, num sábado em que o "el clásico" em Espanha terminou empatado, o Paris foi goleado e o Arsenal manteve a vantagem, tal como o Bayern.

O Porto voltou a não sofrer golos
O Porto voltou a não sofrer golos ©Getty Images

Grupo A
Montpellier 3-0 Paris Saint-Germain (Lasne 42, Ellyes Skhiri 48, Boudebouz 80)
O Paris não perdia há 12 jogos em todas as provas, vencendo dez deles, mas sofreu agora a sua derrota mais pesada em qualquer competição em mais de cinco anos.

Alexis Sánchez fez um
Alexis Sánchez fez um©Getty Images

West Ham 1-5 Arsenal (Carroll 83; Özil 24, Alexis Sánchez 72 80 86, Oxlade-Chamberlain 84)
Alexis Sánchez participou em 24 golos nos últimos 24 encontros da Premier League (18 golos e seis assistências), depois deste "hat-trick". Os "gunners" continuam com três pontos de avanço no topo da competição.

Ludogorets - não jogou

Young Boys 3-1 Basileia (Hoarau 6 51, Mbabu 79; Delgado 66pen)
A série de 19 jogos sem perder do Basileia nas provas internas chegou ao final, apesar de o adversário ter ficado reduzido a dez jogadores na primeira parte.

Grupo B
Marítimo 2-1 Benfica (Ghazaryan 5, Maurício 69; Gonçalo Guedes 27)
A série de 23 jogos sem perder do Benfica no campeonato chegou ao fim apesar do terceiro golo de Gonçalo Guedes em quatro jogos.

Lorenzo Insigne festeja
Lorenzo Insigne festeja©AFP/Getty Images

Nápoles 3-0 Inter Milan (Zieliński 2, Hamšík 5, Insigne 51)
Piotr Zieliński marcou pela primeira vez desde Maio e Lorenzo Insigne apontou o quarto em três jogos da Serie A, com o Nápoles a averbar apenas a segunda vitória em sete partidas.

Fenerbahçe 0-0 Beşiktaş 
As "águias negras" não perdem há 20 jogos no tempo regulamentar em 2016/17, mas venceram apenas três dos últimos oito encontros de todas as competições. 

Vorskla 2-2 Dynamo Kyiv (Tursunov 15, Rebenok 34; Sydorchuk 5,Yarmolenko 14pen)
Andriy Yarmolenko, que não marcava pelo Dínamo desde Julho, vai agora com dois em duas partidas.

Luis Suárez festeja o tento do Barcelona
Luis Suárez festeja o tento do Barcelona©Getty Images

Grupo C
Barcelona 1-1 Real Madrid (Suárez 53; Ramos 90)
Os da casa pareciam ter tudo para reduzir para três os pontos de distância para o líder Real, mas o quarto empate no campeonato fez com que os "blaugrana" ficassem bem longe do topo.

Manchester City 1-3 Chelsea (Cahill 45 ag; Costa 60, Willian 70, Hazard 90)
O City foi suplantado pelo líder da Premier League na segunda parte, com este dia para esquecer a ser terminado com a expulsão, já nos descontos, de Sergio Agüero e Fernandinho.

Dortmund 4-1 Mönchengladbach (Aubameyang 7 68, Piszczek 15, Dembélé 64; Raffael 6)
O Gladbach adiantou-se no marcador no começo da partida, mas aumentou para sete o número de jogos sem ganhar em todas as competições.

Motherwell 3-4 Celtic (Moult 3 35, Ainsworth 71; McGregor 48, Roberts 70, Armstrong 72, Rogic 90)
O Celtic, que não sofria golos nas provas internas há oito jogos, não perde há 18 encontros na frente doméstica.

Grupo D
Atlético Madrid 0-0 Espanyol
O Atlético vai em quatro jogos sem sofrer golos, mas continua a nove pontos do rival Real Madrid, líder da prova.

Mainz 1-3 Bayern München (Córdoba 4; Lewandowski 8 90+1, Robben 21)
O Bayern sofreu um golo pelo oitavo encontro consecutivo pela primeira vez desde 2011, mas deu a volta ao marcador com um tento de Arjen Robben de cabeça, que intercalou com o oitavo e nono golos de Robert Lewandowski esta temporada.

Rostov 0-0 Zenit 
Este foi o quarto nulo do Rostov da temporada.

Roda 0-0 PSV 
O PSV venceu apenas três dos últimos 13 jogos disputados em todas as provas, depois de averbar o terceiro nulo da temporada.

Grupo E
Mónaco 5-0 Bastia (Mbappé 10, Lemar 66, Falcao 68 73, Carrillo 79)
O Mónaco não perde há dez jogos de todas as competições e venceu seis dos últimos sete encontros. Radamel Falcao vai em sete tentos na Ligue 1 esta temporada.

Leverkusen 1-1 Freiburg (Hakan Çalhanoğlu 60; Haberer 30)
O quarto tento de Hakan Çalhanoğlu na Bundesliga valeu apenas um ponto ao Leverkusen, indo agora numa série de quatro jogos se ganhar.

Tottenham Hotspur 5-0 Swansea (Kane 39pen 49, Son 45+1, Eriksen 70 90+2)
Harry Kane festejou o seu novo contrato com o clube ao bisar no encontro - indo agora em sete tentos nas últimas seis partidas, sendo que quatro foram de penalty –, com os "spurs" a averbarem o triunfo mais dilatado desde Fevereiro de 2012.

CSKA Moskva 4-0 Ural (Traoré 25 35, Natcho 38pen, Chalov 40)
O CSKA venceu apenas três dos últimos 14 jogos de todas as competições, somando agora o seu triunfo mais dilatado desde Abril.

Grupo F
Dortmund 4-1 Mönchengladbach (Aubameyang 7 68, Piszczek 15, Dembélé 64; Raffael 6)
Após ter sido batido pela primeira vez em dez partidas no último fim-de-semana, o Dortmund deu a volta com a ajuda dos sétimo e oitavo golos de Pierre-Emerick Aubameyang nos últimos cinco encontros pelo clube.

Barcelona 1-1 Real Madrid (Suárez 53; Ramos 90)
Aumentou para 33 os jogos sem perder em todas as competições para o Real Madrid, graças ao terceiro tento de Sergio Ramos para o campeonato desta temporada.

Sporting 2-0 Setúbal (William Carvalho 6, Bruno César 36)
O primeiro golo no campeonato de William Carvalho desde Abril ajudou o Sporting a somar a terceira vitória consecutiva na prova, série iniciada após três empates seguidos.

Legia Warszawa 2-2 Wisla Plock (Nikolić 10, Hämäläinen 56; Furman 63 Sylwestrzak 78)
O Légia não alcançou a sexta vitória seguida no campeonato pela primeira vez desde Maio de 2014 ao sofrer dois golos nos últimos 27 minutos.

Grupo G
Sunderland 2-1 Leicester City (Huth og 64, Defoe 77; Okazaki 80)
Os campeões perderam sete dos últimos 14 encontros da Premier League esta temporada, em contraste com os três desaires sofridos durante toda a época transacta, onde chegaram ao título.

Porto 1-0 Braga (Rui Pedro 95)
O Porto sofreu a bom sofrer para vencer, terminando assim uma série de cinco jogos sem ganhar e chegando ao golo depois de quatro partidas sem marcar.

København 1-0 Randers (Falk 13)
Os líderes na Dinamarca perderam apenas um dos últimos 34 jogos de todas as competições, depois do quinto tento de Rasmus Falk no campeonato.

Club Brugge 2-0 Oostende  (Izquierdo 58, Vossen 90+4pen)
Jelle Vossen vai em oito golos nos últimos seis jogos, após ter consumado o terceiro triunfo dos da casa nos últimos oito encontros de todas as competições.

Grupo H
Juventus 3-1 Atalanta (Alex Sandro 15, Rugani 19, Mandžukić 64; Freuler 82)
A Juventus venceu os últimos 24 jogos em casa para o campeonato - está assim a uma vitória do recorde da Serie A por si estabelecido entre 31 de Agosto de 2013 e 30 de Novembro de 2014.

Granada 2-1 Sevilla (Pereira 27, Lombán 56; Ben Yedder 90+5pen)
O terceiro golo de Wissam Ben Yedder nos últimos dois jogos de pouco valeu ao Sevilha, tendo chegado tarde demais.

Metz - Lyon 
Jogo suspenso devido a problemas com adeptos.

Dinamo Zagreb 1-1 Rijeka  (Sigali 77; Gorgon 51)
Alexander Gorgon deixou o Rijeka com dez logo após ter marcado, ajudando assim o Dínamo a aumentar para 12 os jogos sem perder na frente interna.

Topo