Sporting defende terceiro lugar em Varsóvia frente ao Légia

O Sporting visita o terreno do Légia na sexta e derradeira jornada, em Varsóvia, à procura de evitar a derrota para não ser ultrapassado pelo adversário no terceiro lugar do Grupo F.

Adam Hloušek, do Légia, disputa um lance com Gelson Martins durante o encontro da primeira volta, em Lisboa
Adam Hloušek, do Légia, disputa um lance com Gelson Martins durante o encontro da primeira volta, em Lisboa ©AFP/Getty Images

O terceiro lugar do Grupo F vai estar em jogo quando o Légia receber o Sporting na sexta jornada dp Grupo F.

• Terceiro classificado, o Sporting tem dois pontos de vantagem sobre o Légia e basta-lhe um empate para segurar essa posição e rumar à UEFA Europa League.

• Quanto ao Légia de Jacek Magiera, último do agrupamento, precisa bater o Sporting para ultrapassá-lo no terceiro posto e, simultaneamente, pôr fim a uma espera de 21 anos por um triunfo em fases de grupos da UEFA Champions League.

Confrontos anteriores
• O Sporting bateu o Légia por 3-2 no conjunto das duas mãos quando as duas equipas se defrontaram pela primeira vez nas provas europeias de clubes, nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League 2011/12.

• O Sporting marcou perto do fim em ambas as mãos. Empatou 2-2 no primeiro jogo, em Varsóvia, graças a um golo de André Santos, vindo do banco, aos 88 minutos, e venceu depois por 1-0 em Lisboa fruto de um livre directo marcado com êxito por Matías Fernández à passagem do minuto 84.

• Na partida da primeira mão, disputada na Polónia a 16 de Fevereiro de 2012, as equipas foram as seguintes::
Légia: Kuciak, Jędrzejczyk, Żewłakow, Komorowski, Wawrzyniak, Żyro, Vrdoljak, Rzeźniczak (Wolski 71), Gol, Rybus (Kosecki 61), Ljuboja (Hubník 82).
Sporting: Rui Patrício, Pereira, Onyewu, Anderson Polga, Insúa, Carrillo (Santos 74), Rinaudo, Fernández, Schaars (Pereirinha 46), Izmailov (Carriço 46), Van Wolfswinkel.

Retrospectiva

Légia
• O Légia procura a sua primeira vitória em fases de grupos da UEFA Champions League desde Outubro de 1995, quando bateu o Blackburn por 1-0 em Varsóvia, graças a um golo de Jerzy Podbrożny.

• Os cinco encontros já disputados pelo Légia no Grupo F resultaram num número sem precedentes de 32 golos – uma média de 6,4 golos por jogo. Em casa, a turma polaca perdeu por 6-0 com o Dortmund – naquela que foi a sua maior derrota de sempre nas provas europeias – e empatou a três golos com o campeão Real Madrid CF.

• Com 24 golos sofridos até ao momento, o Légia igualou o recorde fixado em 2014/15 pelo BATE Borisov, com o maior número de golos sofridos numa fase de grupos da UEFA Champions League.

Sporting
• O Sporting bateu o Légia por 2-0, em Lisboa, na segunda jornada.

• A última vitória fora do Sporting na UEFA Champions League data de 9 de Dezembro de 2008, por 1-0, no terreno do Basileia, num encontro em que Adrien Silva saiu do banco de suplentes no decorrer da segunda parte. Depois disso, perdeu cinco dos seis jogos fora na competição.

• A formação orientada por Jorge Jesus ainda não somou qualquer ponto fora nesta edição da prova, isto depois de sofrer derrotas pela margem mínima nos campos de Real Madrid (1-2) e Dortmund (0-1).

Ligações entre jogadores e treinadores
• O primeiro jogo europeu de Jesus como treinador teve lugar em Julho de 1998 e resultou num empate 1-1 do Estrela da Amadora em casa da formação polaca do Ruch Chorzów, na Taça UEFA Intertoto em 1998. O Estrela empatou depois também o jogo da segunda mão, em casa, pelo mesmo resultado, antes de vencer por 4-2 no desempate por penalties.

• Michał Pazdan e Tomasz Jodłowiec (suplente utilizado) alinharam pela selecção da Polónia quando esta foi derrotada nos penalties nos quartos-de-final do UEFA EURO 2016 por Portugal, que contou com Rui Patrício, William Carvalho e Adrien Silva.

• Nemanja Nikolić marcou a Rui Patrício pelo Videoton numa vitória por 3-0 dos húngaros sobre o Sporting na fase de grupos da UEFA Europa League 2012/13. Nikolić alinhou também depois na derrota por 2-1 sofrida pelo Videoton no jogo da segunda mão, no Estádio José Alvalade.

• Durante a passagem por empréstimo pelo Gil Vicente, em 2011/12, Guilherme perdeu por 6-1 no terreno do Sporting em jogo da Liga portuguesa, mas desforrou-se depois com uma vitória por 1-0, no Estádio José Alvalade, em jogo da Taça de Portugal.

• Guilherme e João Pereira estiveram juntos no Braga em 2009/10, mas nunca actuaram juntos na equipa principal da formação bracarense.

Factos do jogo

Légia

• Sebastian Szymański castigado; Bartosz Bereszyński e Guilherme a um cartão da suspensão.

• O Légia marcou três golos nos últimos quatro jogos disputados.

• Aleksandar Prijovic marcou cinco golos nos últimos quatro jogos, todas as competições incluídas.

• A derrota por 8-4 com o Dortmund, na quinta jornada, é o único desaire do Légia nos últimos oito jogos, sendo que venceu cinco.

Sporting

• Gonçalo Vieira e João Pereira estão suspensos, enquanto Joel Campbell e Marvin Zeegelaar ficam de fora um jogo se virem mais um cartão amarelo.

• Alan Ruiz estreou-se a marcar pelo Sporting no triunfo por 1-0 dos "leões" sobre o Arouca, a 30 de Novembro, na primeira jornada da fase de grupos da Taça da Liga.

• Luc Castaignos foi suplente utilizado na segunda parte do jogo com o Arouca, mas deixou o relvado antes do apito final devido a um problema num joelho.

• Rúben Semedo foi expulso a sete minutos do fim na vitória do Sporting em casa do Boavista, a 26 de Novembro, em que Bas Dost apontou o único tento do jogo.

• Ezequiel Schelotto vai estar ausente da competição durante quatro semanas, devido a uma lesão nos gémeos sofrida frente ao Boavista.

Homenagem à Chapecoense
As equipas participantes nos jogos da próxima semana da UEFA Champions League e da UEFA Europa League vão cumprir um minuto de silêncio em sinal de respeito às vítimas do desastre aéreo de segunda-feira que envolveu a formação do Chapecoense e delegação acompanhante. O clube do Brasil perdeu a maioria dos seus jogadores e a equipa técnica no acidente, ocorrido na Colômbia, onde o Chapecoense deveria jogar a primeira mão da Taça Sul-Americana contra o Atlético Nacional.

"O futebol europeu está unido no expressar das mais sentidas condolências ao Chapecoense, à Confederação Brasileira de Futebol [CBF], à CONMEBOL e às famílias de todas as vítimas na sequência do desastre aéreo", afirmou o Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin. "Esta tragédia abalou o mundo do futebol e queríamos enviar o nosso apoio a todos os que foram afectados por ela".

Topo