Benfica e Paris vitoriosos, Barcelona e Juventus marcam passo

Benfica e Sporting venceram, matendo a distância entre si, enquanto novo empate deixou o Porto mais atrasado. Lá fora, Cristiano Ronaldo bisou na vitória do Real Madrid e a Juventus sofreu uma derrota surpreendente.

©UEFA.com

Grupo A
Arsenal 3-1 Bournemouth (Alexis 12 90+1, Walcott 53; Wilson 23p)
O Arsenal regressou às vitórias após três empates seguidos e manteve-se perto do líder da Premier League, com um bis de Alexis Sánchez a contribuir para o triunfo sobre o Bournemouthe. Callum Wilson empatou após o avançado chileno inaugurar o marcador, de penalty, mas Theo Walcott marcou de cabeça e recolocou os "gunners" em vantagem, antes de Alexis selar a vitória e o 19º jogo consecutivo dos anfitriões sem perder.

Lyon 1-2 Paris (Valbuena 48; Cavani 30p 81)
O Paris está agora a apenas um ponto do topo da Ligue 1, após Edinson Cavani voltar a fazer a diferença para a equipa da capital. O avançado uruguaio colocou os visitantes em vantagem, na marcação de um penalty, e fez de cabeça o tento da vitória. Desta forma, passa a somar 13 golos em 12 jogos de campeonato.

Sion 1-2 Basileia (Karlen 74; Delgado 34, Janko 77)
Marc Janko fez o golo da vitória e mais tarde foi expulso, com o Basileia a alcançar a quarta vitória consecutiva na Super League suíça, mantendo os 15 pontos de vantagem sobre o Young Boys, segundo classificado.

Botev Plovdiv 1-3 Ludogorets Razgrad (João Paulo 9; Lukoki 3, Campanharo 70, Keșerü 79)
A equipa de Georgi Dermendzhiev somou a sua 11ª vitória consecutiva no campeonato, aumentando para seis pontos a vantagem na liderança, após a derrota do Levski (que defronta na quarta-feira), seu mais directo perseguidor.

Grupo B
Nápoles 1-1 Sassuolo (Insigne 42; Defrel 82)
Lorenzo Insigne apontou o seu terceiro golo nos últimos três jogos, mas um tento à beira do fim condenou os napolitanos ao quarto empate em cinco jogos.

Beşiktaş 1-1 İstanbul Başakşehir (Marcelo 51; Cengiz Ünder 21)
A formação de Şenol Güneş continua a dois pontos do topo, após o empate no desafio entre os dois primeiros classificados na Turquia.

Benfica 3-0 Moreirense (Pizzi 32 58, Jiménez 88)
As "águias" não tiveram dificuldades frente ao Moreirense, agora último classificado da Liga portuguesa, e mantiveram a liderança com cinco pontos de vantagem. Pizzi esteve em destaque, com dois golos, no décimo jogo seguido do Benfica sem perder, todas as competições incluídas.

Volyn 1-4 Dínamo Kiev (Didenko 6; Júnior Moraes 21 71 90+3, Yarmolenko 45)
Júnior Moraes apontou o seu segundo "hat-trick" esta temporada, com a equipa ucraniana a recuperar de desvantagem madrugadora para registar a terceira vitória seguida no campeonato.

Grupo C
Real Sociedad 1-1 Barcelona (Willian José 53, Messi 59)
Lionel Messi marcou o seu 17º golo nos últimos 11 jogos, todas as competições incluídas, mas serviu apenas para os "blaugrana" empatarem pela segunda vez seguida na Liga espanhola. O resultado deixa a equipa de Luis Enrique a seis pontos do líder Real Madrid, que defronta na próxima jornada.

Burnley 1-2 Man. City (Marney 14; Agüero 37 60)
Agüero bisou e ajudou o Man. City a recuperar de desvantagem para somar vitórias consecutivas na Premier League, algo que não acontecia desde Setembro.

Borussia Mönchengladbach 1-1 Hoffenheim (Dahoud 25; Amiri 53)
O primeiro golo de Mahmoud Dahoud desde Abril colocou o aflito Gladbach rumo à primeira vitória nos últimos seis jogos, mas isso não aconteceu já que o Hoffenheim respondeu para manter a sua campanha invicta no campeonato.

Aberdeen 0-3 Celtic (Rogic 16, Forrest 37, Dembélé 64p) (League Cup final)
O Celtic festejou a conquista do seu 100º título após bater o Aberdeen na final da Taça da Liga escocesa, em Hampden Park. Tom Rogic rematou em arco para inaugurar o marcador e James Forrest aumentou para 2-0. Já na segunda parte, Moussa Dembélé fechou a contagem com o seu 17º golo pelo clube esta temporada.

Grupo D
Osasuna 0-3 Atlético (Godín 36, Gameiro 37, Carrasco 90)
O Atlético esqueceu duas derrotas consecutivas na Liga espanhola e subiu ao quarto lugar, apesar de um susto madrugador, mas Jan Oblak defendeu um penalty de Robert Torres aos 14 minutos. Depois, Diego Godín cabeceou para o 1-0 e Kevin Gameiro dilatou o resultado, mostrando estar em bom momento de forma, após o golo na UEFA Champions League. Em cima dos 90 minutos Yannick Carrasco encerrou as contas finais.

Thiago Alcántara coloca o Bayern em vantagem
Thiago Alcántara coloca o Bayern em vantagem©Getty Images

Bayern Munique 2-1 Leverkusen (Thiago Alcántara 30, Hummels 56; Çalhanoğlu 35)
Mats Hummels estreou-se a marcar pelo Bayern na Bundesliga, no triunfo sobre outra equipa participante na UEFA Champions League, que deixou os bávaros a três pontos do surpreendente líder Leipzig.

Rostov 2-0 Anji (Azmoun 41, Gatskan 79)
Depois da surpreendente vitória sobre o Bayern, a semana do Rostov terminou em grande, com o seu sétimo triunfo em oito jogos caseiros na Premier Liga russa. O único senão foi a expulsão de Aleksandr Gatskan, pouco tempo após marcar.

PSV Eindhoven 3-1 Den Haag (Pereiro 12p, Beugelsdijk og 50, Luuk de Jong 55; Beugelsdijk 57)
Tom Beugelsdijk, do Den Haag, marcou nas duas balizas no espaço de oito minutos na segunda parte, com o PSV a colocar um ponto final numa série de quatro jogos sem ganhar.

Valère Germain tem oito golos em dez jogos
Valère Germain tem oito golos em dez jogos©AFP/Getty Images

Grupo E
Mónaco 4-0 Marselha (Boschilia 23, Germain 29 39, Carrillo 90+1)
O conjunto do Principado concluiu uma semana memorável com um triunfo sobre a equipa vizinha, ascendendo à liderança da Ligue 1 antes dos jogos de domingo.

Chelsea 2-1 Tottenham (Pedro 45, Moses 51; Eriksen 11)
Após ter sido afastado da UEFA Champions League a meio da semana, os "spurs" sofreram este sábado a sua primeira derrota nesta edição da Premier League, estando agora a sete pontos dos "blues", que lideram a classificação.

Bayern Munique 2-1 Leverkusen (Thiago Alcántara 30, Hummels 56; Çalhanoğlu 35)
O Leverkusen sofreu a segunda derrota consecutiva por culpa de dois cabeceamentos do Bayern, antes e depois do golo de Hakan Çalhanoğlu, o seu sexto esta época, pelo clube e selecção.

CSKA Moscovo 0-0 Rubin
As ambições da equipa dos "militares" em sagrar-se campeã sofreram novo revés, já que o empate frente ao Rubin, conjunto do meio da tabela, a deixa a 11 pontos do Spartak, rival moscovita e líder.

Dortmund 8-4 Legia: O melhor da acção
Dortmund 8-4 Legia: O melhor da acção

Grupo F
Frankfurt 2-1 Dortmund (Huszti 46 Seferović 79; Aubameyang 77)
Ousmane Dembélé acertou na barra nos instantes finais e o Dortmund encerrou uma série de nove jogos sem perder, apesar do sexto golo de Aubameyang nos últimos quatro jogos.

Real Madrid 2-1 Sporting Gijón (Ronaldo 5p 18; Carmona 35)
Cristiano Ronaldo deu aos anfitriões um início de sonho, com dois golos madrugadores, mas Carlos Carmona reduziu antes do intervalo e, a 13 minutos do fim, o Real Madrid sofreu uma grande penalidade. No entanto, Duje Čop rematou alto e ao lado.

Boavista 0-1 Sporting (Dost 25)
O sétimo golo de Bas Dost em oito jogos de campeonato fez a diferença a favor do Sporting, que terminou o jogo reduzido a dez jogadores após a quarta expulsão de Rúben Semedo nos últimos 12 meses.

Śląsk 0-4 Legia Varsóvia (Radović 1, Filipe Gonçalves og 5, Prijovic 7 44)
O Legia marcou quatro golos pela segunda vez esta semana, mas desta feita sem sofrer os oito que tinha permitido ao Dortmund, na terça-feira. Mais uma vez, Aleksandar Prijovic voltou a bisar.

Grupo G
Leicester City 2-2 Middlesbrough (Mahrez 34p, Slimani 90+4p; Negredo 13 71)
Os "foxes" recuperaram duas vezes de desvantagem para evitar a terceira derrota seguinda no campeonato, com Islam Slimani a garantir um ponto nos descontos. "Sortudo é alguém que acredita aem algo mais", disse Claudio Ranieri.

Lyngby 0-1 Copenhaga (Toutouh 13)
O tento madrugador de Youssef Toutouh valeu os três pontos, com o líder e campeão Copenhaga a dilatar o seu início invicto na Superliga para 18 jogos.

Belenenses 0-0 Porto
O terceiro jogo seguido do Porto sem marcar em todas as competições ditou o terceiro nulo no campeonato. Para além disso, perdeu o segundo lugar para o Sporting e pode ficar a sete pontos do líder Benfica.

Club Brugge 6-1 Mechelen (Vossen 39p 51 64 82, Izquierdo 49, Vanaken 79; Bjelica 50)
O primeiro "poker" da carreira de  Jelle Vossen abriu caminho para o Club Brugge marcar seis golos pela primeira vez desde Fevereiro.

Grupo H
Génova 3-1 Juventus (Giovanni Simeone 3 13, Alex Sandro 29 o.g; Pjanić 82)
Giovanni, filho do treinador Diego Simeone, bisou e ajudou o Génova a colocar um ponto final na série de quatro vitórias seguidas dos "bianconeri" na Serie A. Perto do fim, Miralem Pjanić aponto o tento de consolação dos visitantes, o seu terceiro golo em seis jogos pela Juventus.

De regresso aos golos: Nicolás Pareja
De regresso aos golos: Nicolás Pareja©AFP/Getty Images

Sevilha 2-1 Valência (Garay og 53, Pareja 75; El Haddadi 65)
Após quase dois anos sem marcar, até meio desta semana, Nicolás Pareja facturou dois golos em cinco dias, ajudando à vitória do Sevilha.

Lyon 1-2 Paris (Valbuena 48; Cavani 30p 81)
A candidatura do Lyon à conquista do título da Ligue 1 sofreu mais um revés, por culpa do desaire com o Paris, também participante na UEFA Champions League, apesar de uma excelente exibição na segunda parte. Após passar de 4-3-3 para 4-4-2, os anfitriões dominaram os acontecimentos e empataram, através de Mathieu Valbuena, mas acabaram por sucumbir ao segundo golo de Cavani, perto do fim.

Osijek 0-2 Dínamo Zagreb (Ćorić 45, Soudani 48)
O Dínamo Zagreb continua a seis pontos do Rijeka, líder do campeonato croata, após manter o excelente registo fora nas competições internas. Ante Ćorić, de 19 anos, abriu caminho para a oitava vitória fora no campeonato, cabendo a El Arabi Hilal Soudani selar o resultado final com o seu sétimo golo em 14 na ompetição esta época.

Hora de Portugal Continental

Topo