Empate em Sófia entre Ludogorets e Basileia

O guarda-redes do Ludogorets, Vladislav Stoyanov, deu nas vistas com três defesas que garantiram o 0-0 e que fazem com que a luta pelo terceiro lugar no Grupo A se decida na última jornada.

A batalha pelo terceiro lugar no Grupo A vai ser resolvida na sexta jornada, pois mais uma vez nada separou o Ludogorets do Basileia.

As equipas empataram 1-1 na primeira jornada e pontuaram pela segunda vez em Sofia num encontro com poucas oportunidades de golo. O clube búlgaro viaja daqui a 15 dias até ao terreno do Paris Saint-Germain, sabendo que tem de estar de olho na prestação do Basileia em casa contra o Arsenal para saber quem vai à UEFA Europa League.

Éder Balanta vies with Jonathan Cafú
Éder Balanta vies with Jonathan Cafú©AFP/Getty Images

As melhores oportunidades couberam ao Basileia. Por duas vezes, Luca Zuffi aqueceu as luvas de Vladislav Stoyanov na primeira parte, e o guarda-redes da casa mostrou o que vale com uma defesa que negou o golo a Mohamed Elyounoussi na ponta final, após um raro erro defensivo.

Jogador-chave: Vladislav Stoyanov
Por várias vezes, Stoyanov foi o herói do Ludogorets ao mostrar firmeza sempre que o Basileia furava a muralha defensiva verde, sobretudo com a sua mão direita que negou a última grande oportunidade a Elyounoussi. Foi instintivo, e suficiente para valer ao Ludogorets o seu segundo ponto na fase de grupos. O primeiro? Foi também contra o Basel.

Armaduras bem montadas
Este foi o sexto embate em três épocas entre as duas equipas, pelo que a familiaridade com o estilo de jogo adversário foi evidente, com o Ludogorets a não dar posse de bola ao Basel e os visitantes a tentarem a sua sorte no contra-ataque. Só na parte final do jogo começaram a ver-se brechas nas armaduras, mas nenhuma das equipas conseguiu transformar isso em golos.

©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
Topo