Messi bisa e Barça conquista Grupo C

Os oitavo e nono golos de Lionel Messi na presente campanha da UEFA Champions League asseguraram o triunfo no terreno do Celtic e a conquista do Grupo C.

See the goals by Lionel Messi which gave Barcelona a 2-0 win against Celtic.

O FC Barcelona garantiu o apuramento para os oitavos-de-final da UEFA Champions League e a conquista do Grupo C, ao vencer, em Glasgow, o Celtic, resultado construído graças a golos de Lionel Messi em cada uma das partes.

O campeão espanhol começou por possibilitar um cabeceamento de Moussa Dembelé, contrariado com dificuldade, e ripostou também com um golpe de cabeça, por Ivan Rakitic, e com uma emenda de André Gomes para notável defesa de Craig Gordon.

Aos 23 minutos o Barcelona adiantou-se no marcador para não mais perder o controlo do jogo. Neymar fez passe sobre a defesa do Celtic, onde apareceu Messi com uma recepção perfeita e uma finalização tão simples quanto eficaz.

O Celtic não se deixou abater e explorou a capacidade de explosão e de mobilidade de Dembelé, que teve um remate em arco para uma defesa a dois tempos de Marc-André ter Stegen. Mas o Barça só não chegou ao intervalo a vencer por uma margem mais dilatada porque Gordon fez depois uma superior defesa a um cabeceamento de Suárez.

O início da segunda parte trouxe um Celtic motivado à procura do empate, com Dembelé e depois Connor McGregor a disporem de ocasiões de perigo, mas viria a ser o Barcelona novamente a marcar e de novo por Messi. Desta feita, o argentino cobrou com segurança uma grande penalidade assinalada a punir puxão e derrube com as pernas de Emilio Izaguirre a Suárez, apontando o seu nono golo em quatro partidas da presente fase de grupos.

Só então o Celtic deixou de importunar o último reduto do Barça, equipa que ainda dispôs de mais duas ocasiões flagrantes para marcar. Primeiro, Neymar voltou a descobrir Messi na área, com o argentino a tirar Izaguirre do caminho antes de rematar cruzado, muito perto do poste. E, já nos últimos minutos, Messi fez um passe de bandeja para Suárez, que acertou no poste.

Momento do jogo
Izaguirre já estava a puxar Suárez ainda antes de a bola ter chegado ao uruguaio. Depois, ainda o derrubou. Messi converteu a respectiva grande penalidade e selou o encontro.

Jogador-chave: Lionel Messi (Barcelona)
Apontou os dois golos que valeram o triunfo e a conquista do Grupo C, esteve perto de voltar a marcar e ainda fez um passe notável depois desperdiçado por Suárez.

Topo