Benfica com recorde, Real Madrid volta ao topo, City e Paris travados

O Benfica fixou novo recorde de vitórias fora seguidas e o Real Madrid regressou à liderança, mas Paris e Manchester City foram travados por empates em casa.

©Getty Images

Grupo A
Arsenal 0-0 Middlesbrough
O Arsenal falhou a sétima vitória seguida na Premier League frente ao Middlesbrough, equipa que esteve sempre mais perto do golo em Londres. Foi uma tarde de desilusões para o treinador dos "gunners", Arsène Wenger, no dia em que completou 67 anos.

Paris Saint-Germain 0-0 Marselha
Num jogo com poucas oportunidades de golos no Parc des Princes, o Paris não conseguiu levar a melhor sobre o Marselha de Rudi Garcia no "Le Classique", pelo que segue agora a seis pontos do Nice, líder da Ligue 1.

Lugano 2-2 Basileia (Mariani 63, Alioski 75pen; Delgado 51, Callà 88pen)
Davide Callà manteve o Basileia sem derrotas no campeonato ao marcar de grande penalidade a dois minutos do final, após falta sobre Éder Balanta.

Ludogorets 4-0 Lokomotiv GO (Keșerü 25 78, Marcelinho 71, Júnior Quixadá 90)
O Ludogorets tem mais dois pontos do que a concorrência, apesar de ter menos um jogo, na sequência do sexto triunfo consecutivo na prova.

Grupo B
Crotone 1-2 Nápoles (Rosi 89; Callejón 17, Maksimović 33)
Apesar da perda de Manolo Gabbiadini ainda na primeira parte, por expulsão, o Nápoles venceu pela primeira vez em três partidas da Serie A.

Beşiktaş 3-0 Antalyaspor (Aboubakar 45+1, Talisca 72 89)
Com Ricardo Quaresma a titular, as "águias negras" continuam a partilhar a liderança com o İstanbul Başakşehir, depois da convicente vitória ante um adversário que terminou com dez jogadores. Vincent Aboubakar marcou pela primeira vez no campeonato antes de Talisca bisar.

Belenenses 0-2 Benfica (Mitroglou 10, Grimaldo 65)
Kostas Mitroglou e Alejandro Grimaldo, em cada parte, marcaram os golos que permitiram ao Benfica retomar a liderança isolada e ao treinador Rui Vitória fixar em 16 o recorde de jogos seguidos a vencer fora no campeonato, pertencente a Jimmy Hagan no período de Abril de 1972 e Fevereiro de 1973.

Olexandriya 1-1 Dínamo Kiev (Vitaliy Ponomar 79; González 52) 
O Dynamo continua sem ganhar pela segunda semana seguida na Ucrânia depois do tento do empate apontado por Vitaliy Ponomar a 11 minutos do final.

Andrés Iniesta recebe tratamento depois de se ter lesionado no joelho
Andrés Iniesta recebe tratamento depois de se ter lesionado no joelho©Getty Images

Grupo C
Valência 2-3 Barcelona (El Haddadi 52 56; Messi 22 90+4pen; Suárez 62)
A vitória do Barcelona ficou ensombrada pela lesão no joelho direito de Andrés Iniesta, logo aos 15 minutos, no Mestalla. A grande penalidade convertida por Lionel Messi, nos descontos, após falta sofrida por Luis Suárez, foi o sexto golo em três jogos após regressar de paragem por lesão, num encontro em que André Gomes foi titular.

Manchester City 1-1 Southampton (Iheanacho 55; Redmond 27) 
O City não vence há cinco jogos em todas as provas, mas regressou ao topo da Premier League depois do suplente Kelechi Iheanacho ter feito o tento do empate. Um erro de John Stones permitiu aos visitantes, que contaram com o capitão José Fonte na equipa, adiantarem-se no marcador.

Bayern 2-0 Mönchengladbach (Vidal 16, Douglas Costa 31)
Depois de uma grande exibição contra o Celtic na quarta-feira, o Gladbach foi derrotado sem grandes problemas em Munique. André Hahn, autor de um golo na Escócia, esteve perto de voltar a marcar, mas Manuel Neuer, com a mão direita, negou-lhe o golo a 20 minutos do fim.

Rangers 0-1 Celtic (M. Dembélé 88, meia-final da Taça da Liga escocesa)
O tento à boca da baliza de Moussa Dembélé em Hampden Park deu a segunda vitória seguida ao Celtic no derby de Glasgow e a presença na final da prova ante o Aberdeen. O jovem atacante do Celtic vai em 16 golos em 19 jogos por clube e selecção.

Grupo D
Sevilha 1-0 Atlético (N'Zonzi 73)
A formação de Diego Simeone desperdiçou a ocasião de se chegar ao topo da Liga espanhola ao ser derrotada pela primeira vez esta temporada em todas as competições. A missão do Atlético, que contou com Tiago na segunda parte, tornou-se ainda mais complicada depois da expulsão de Koke, já perto do final.

Bayern 2-0 Mönchengladbach (Vidal 16, Douglas Costa 31)
Arturo Vidal marcou de cabeça a centro da direita de Rafinha, antes de Douglas Costa aumentar a vantagem 15 minutos ao bater Yann Sommer num lance em que, após passe de David Alaba, a bola acabou por ir parar ao seu pé direito. Renato Sanches entrou a dez minutos do final.

Ufa 0-0 Rostov
O Rostov vai em três jogos seguidos sem marcar. O Ufa teve 14 remates à baliza, contra apenas um dos visitantes. 

PSV 1-0 Sparta (Ramselaar 77)
Um bom tento der Bart Ramselaar, ao bater o desamparado guarda-redes do Sparta, Roy Kortsmit, deu ao PSV a primeira vitória em cinco jogos.

Falcao marcou o seu quarto golo na temporada
Falcao marcou o seu quarto golo na temporada©AFP/Getty Images

Grupo E
Mónaco 6-2 Montpellier (Falcao 36pen, Mbappé 49, Jemerson 64, Germain 74, Lemar 76, Traoré 89; Boudebouz 9 61pen)
Radamel Falcao marcou no regresso após paragem de um mês. A formação de Leonardo Jardim, que contou com Bernardo Silva de início, entrou a perder, mas deu a volta ao jogo numa excelente exibição.

Bournemouth 0-0 Tottenham
O melhor que ambas as equipas conseguiram fazer foi acertar na barra. Pelos "spurs", ainda invictos na Premier League, foi Erik Lamela a fazê-lo.

Leverkusen 0-3 Hoffenheim (Demirbay 15, Wagner 49, St Zuber 60)
O atacante do Leverkusen, Kevin Volland, foi expulso seis minutos após o início do jogo contra a equipa que deixou no Verão. O Hoffenheim, sem perder há nove jogos em todas as competições, infligiu a primeira derrota em casa aos comandados de Roger Schmidt desde 2 de Março.

Lokomotiv Moscovo 1-0 CSKA Moscovo (Maicon 65)
O CSKA sofreu a segunda derrota seguida no campeonato russo em três jornadas, num encontro em que Maicon resolveu o derby de Moscovo na segunda parte.

Grupo F
Ingolstadt 3-3 Dortmund (Cohen 6, Lezcano 24 59; Aubameyang 59, Ramos 69, Pulišić 90+1)
A perder por 2-0 e 3-1, o Dortmund acabou por somar um ponto graças ao tento do suplente Christian Pulišić nos descontos.

Real Madrid 2-1 Athletic Club (Benzema 7, Morata 83; Merino 27)
Álvaro Morata saltou do banco para marcar o golo da vitória perto do fim no dia do seu 24º aniversário, resultado que permitiu ao Real Madrid terminar o domingo no topo da Liga espanhola. Pepe e Cristiano Ronaldo foram titulares.

Sporting 1-1 Tondela (Campbell 90+6; Jhon Murillo 74)
Joel Campbell entrou para empatar o encontro na última jogada e salvou o Sporting de uma embaraçadora derrota ante um adversário que começou a jornada no penúltimo lugar da Liga portuguesa.

Légia 2-1 Lech Poznań (Nikolić 64, Hämäläinen 90+3; Robak 90pen)
Kasper Hämäläinen fez o tento da vitória num jogo de final dramático, pois ocorreu três minutos depois dos visitantes parecerem ter garantido um ponto na viagem à capital. O golo do médio finlandês deu apenas o segundo triunfo do Légia no campeonato desde o final de Agosto.

Grupo G
Leicester 3-1 Crystal Palace (Musa 42, Okazaki 63, Fuchs 80; Cabaye 85)
Os primeiros golos de Ahmed Musa e do defesa-esquerdo Christian Fuchs pelo Leicester ajudaram o campeão inglês a somar a terceira vitória no campeonato.

OB 0-3 Copenhaga (Verbič 40, Frederik Tingager 47 a.g, Delaney 76)
O líder na Dinamarca não perde para o campeonato há 16 jogos  série iniciada a 22 de Maio – e reagiu da melhor maneira à primeira derrota europeia da temporada.

Porto 3-0 Arouca (André Silva 43 78, Brahimi 90+1)
O Porto ultrapassou o Sporting e mantém distâncias para o Benfica no topo da classificação na sequência de uma vitória tranquila. André Silva continua em boa forma e aumentou para dez os golos nos últimos oito jogos por clube e selecção.

Club Brugge 2-1 Anderlecht (Vanaken 9, Vormer 47; Teodorczyk 87)
A equipa da casa regressou aos triunfos na Bélgica muito por culpa dos dois golos apontados na primeira parte. Apesar de ter terminado com menos um, depois da expulsão do suplente Wesley, o Club Brugge conseguiu segurar a vantagem.

Manuel Locatelli, 18 anos, bate Gianluigi Buffon em grande estilo
Manuel Locatelli, 18 anos, bate Gianluigi Buffon em grande estilo©AFP/Getty Images

Grupo H
Milan 1-0 Juventus (Locatelli 65)
Derrotada pelo Inter na última visita a San Siro, a 18 de Setembro, a Juventus voltou a ter o mesmo fim. Naquele que foi o seu segundo jogo da Serie A, o jovem Manuel Locatelli decidiu a contenda com um forte remate de pé direito que, depois de bater Gianluigi Buffon, ainda resvalou na barra.

Sevilha 1-0 Atlético (N'Zonzi 73) 
Steven N'Zonzi fez o resultado final a 17 minutos do final na sequência de um bom passe de Luciano Vietto e colocou o Sevilha no segundo posto da tabela,  a um ponto do Real Madrid.

Lyon 1-3 Guingamp (Lacazette 37pen; Salibur 46, Coco 52 77)
O Guingamp começou a perder, mas deu a volta ao marcador e infligiu a quinta derrota ao Lyon nos últimos seis jogos.

Dínamo Zagreb 3-0 Cibalia (Soudani 33, Henríquez 42, Šitum 76)
O Dinamo continua sem sofrer golos ao quinto jogo no campeonato e Mario Šitum fechou o resultado com o seu primeiro tento pela equipa desde Agosto de 2011.

Topo