Mönchengladbach esfria ânimos do Celtic

Golos na segunda parte de Lars Stindl e André Hahn deram ao Borussia Mönchengladbach uma importante vitória por 2-0 face ao Celtic, regressando assim à luta no Grupo C.

See the strikes by Lars Stindl and André Hahn which gave the visitors the points in Glasgow.

O Borussia Mönchengladbach saiu do fundo do Grupo C com uma impressionante vitória fora frente ao Celtic.

Os alemães controlaram os primeiros 45 minutos no Celtic Park, apesar das lesões de vários jogadores importantes. Craig Gordon foi forçado a empenhar-se nas defesas perante remates de Ibrahima Traoré e Jonas Hofmann, antes de Scott Sinclair disparar um aviso aos visitantes, mas que saiu ao lado.

O Borussia acabou por traduzir o seu domínio num golo mesmo antes dos 60 minutos, com Lars Stindl a bater Gordon a partir de um ângulo apertado, depois de um trabalho brilhante de recuperação da bola de André Hahn. Após a assistência, Hahn tornou-se marcador e decidiu o jogo aos 77 minutos, acabando com as esperanças de chegar ao empate da equipa anfitriã.

Figura do jogo: André Hahn (Mönchengladbach)
O ex-jogador do Augsburg teve um dos melhores desempenhos da sua carreira, preparando o golo de abertura de Stindl antes de atirar ele mesmo para o fundo das redes de Gordon, selando uma vitória muito importante para o Gladbach.

Quatro atrás funcionou para o Gladbach
André Schubert surpreendeu o adversário tacticamente com a sua decisão de jogar desde o início com quatro defesas. Esperava-se que mantivesse os seus três centrais habituais mas, tendo estudado o adversário e percebido que as ameaças viriam de Sinclair e Forrest, Schubert optou pelo quarteto. Com Kramer e Strobl a oferecerem protecção extra à frente dos defesas, os alemães conseguiram anular os ataques do Celtic. Feito o trabalho necessário na primeira parte, no segundo período Lars Stindl e André Hahn deram expressão ao domínio do Borussia, que mereceu a vitória.

Topo