Sentimentos mistos para Nainggolan após empate da Roma

Radja Nainggolan sente que a Roma podia ter chegado ao intervalo a vencer por 4-0 frente ao Porto, mas elogiou a determinação da equipa após a expulsão de Thomas Vermaelen.

©AFP/Getty Images

O médio da Roma, Radja Nainggolan, disse que o Porto será obrigado a atacar quando for jogar a segunda mão à capital italiana, na terça-feira.

Falando ao UEFA.com pouco depois do empate 1-1 da sua equipa no Estádio do Dragão, o internacional belga expressou o seu desalento por a Roma não ter transformado o domínio que teve na primeira parte para alcançar uma vantagem mais dilatada.

"Ao intervalo podíamos estar a ganhar por 3-0 ou 4-0", disse o médio de 28 anos. "Criámos muitas oportunidades, mas só concretizámos uma." E o golo até foi marcado pelo defesa portista Felipe, ao desviar inadvertidamente a bola das mãos de Iker Casillas a meio da primeira parte. Edin Džeko e Mohamed Salah falharam hipóteses posteriores antes da expulsão à beira do intervalo de Thomas Vermaelen – um momento que mudou o jogo.

"Na primeira parte, enquanto fomos 11 contra 11, fomos a melhor equipa", disse Nainggolan. "Mas quando o resultado estava em 1-0 vimos um cartão vermelho, pelo que na segunda parte precisámos de defender muito. É sempre difícil jogar nestes estádios quando a outra equipa está a atacar."

Veja o resumo da 1ª mão
Veja o resumo da 1ª mão

A equipa de Luciano Spalletti conseguiu conter durante um bom tempo a recuperação do Porto, mas não impediu André Silva de concretizar, de grande penalidade, aos 61 minutos.

"Em Roma eles têm de marcar", disse Nainggolan. "Precisamos de ter uma defesa sólida e jogar como jogamos, só dependemos de nós. Defendemos bem [na primeira mão] e estamos numa boa posição para passar a eliminatória."

A Roma só inicia a sua época na Serie – em casa, frente à Udinese – no sábado. "Só precisamos de ficar melhor fisicamente, mas isso é normal depois do primeiro jogo da época", disse Nainggolan. "Estou contente por todos termos batalhado como uma equipa e pelo resultado. Havia muita motivação e jogámos muito bom futebol no primeiro tempo."

©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
Topo