City aplica mão cheia em Bucareste

Steaua 0-5 Manchester City
Equipa de Josep Guardiola tem um pé na fase de grupos após excelente triunfo para o play-off em Bucareste.

See how Sergio Agüero missed two penalties within 13 minutes for Manchester City before going on to score a hat-trick against Steaua Bucureşti in the UEFA Champions League play-off round.
  • Sergio Agüero desperdiça duas grandes penalidades nos primeiros 21 minutos, mas faz "hat-trick"
  • David Silva coloca City em vantagem nos primeiros minutos, após bom trabalho de Raheem Sterling
  • Nolito aponta o terceiro golo da noite logo após intervalo, antes dos dois golos finais de Agüero para vitória fácil
  • Jogador-chave: Sergio Agüero (Manchester City)

O Manchester City venceu facilmente, na Arena Nacional de Bucareste, o Steaua, em partida da primeira mão do play-off de apuramento para a UEFA Champions League, apesar de o encontro ter ficado marcado pelas duas grandes penalidades desperdiçadas por Sergio Agüero (ainda assim, autor de um "hat-trick") logo nos minutos iniciais.

A primeira ocasião de perigo pertenceu ao capitão do Steaua, Niculae Stanciu, que, depois de roubar a bola a Fernandinho, rematou em arco fora do alcance de Willy Caballero, mas do lado errado do poste. 

Kevin de Bruyne respondeu pela equipa dirigida por Josep Guardiola com um remate do qual resultou um canto, cobrado curto para Raheem Sterling. O dianteiro seria derrubado na área por Sulley Munir, assim surgindo o primeiro castigo máximo desperdiçado por Agüero, que rematou para a defesa de Florin Nita. Na recarga, o ex-jogador do Benfica, Nolito, enviou a bola à trave.

No entanto, o City colocar-se-ia em vantagem ainda antes do quarto-de-hora, com David Silva a concluir uma boa jogada individual de Sterling, depois de ter roubado a bola ao defesa Alin Tosca.

O jogo ainda não tinha 20 minutos e já o City beneficiava de nova grande penalidade, agora a punir derrube de Gabriel Enache a Aleksandr Kolarov. Novamente chamado à conversão, Agüero voltou a falhar, agora rematando por cima da trave e desperdiçando a quarta das cinco últimas grandes penalidades que o argentino cobrou para as competições europeias ao serviço dos "Citizens".

Ainda antes do intervalo, Habroun teve um bom remate defendido por Caballero e, depois, Kolarov desviou um canto de Silva para a trave. O travessão voltaria a tremer no canto seguinte, após defesa de Nita a remate de Sterling, extremo que seria decisivo ao assistir Agüero para um golo com um remate em habilidade de fora da área.

A segunda parte teve um ritmo mais lento, mas ainda trouxe mais três golos, todos para o City e mais dois para Agüero. Antes desses, e logo quatro minutos após o reatamento, Nolito, a passe de De Bruyne, driblou o guarda-redes e marcou.

Já nos derradeiros dez minutos do encontro, Nolito deixou Agüero isolado perante Nita para um golo fácil, seguido de nova conclusão fácil do argentino, desta feita a passe de Fernandinho.

©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images





Topo