Ronaldo marca quatro, Benfica vence derby

Barcelona e Atlético venceram este domingo, completando um fim-de-semana em que o Benfica subiu ao primeiro lugar e Cristiano Ronaldo marcou quatro golos, alcançando novo feito em Espanha.

Jogadores do Barcelona festejam um golo durante o jogo frente ao Eibar, na Liga espanhola
Jogadores do Barcelona festejam um golo durante o jogo frente ao Eibar, na Liga espanhola ©AFP/Getty Images

DOMINGO
Eibar 0-4 Barcelona
(El Haddadi 8, Messi 41 76pen, Suárez 84)
O Barcelona soma agora 36 jogos sem perder, todas as constituições incluídas, um recorde em Espanha que já lhe pertencia, com a equipa de Luis Enrique a ter oito pontos de vantagem sobre o Atlético, segundo classificado. Lionel Messi bisou e conta com 20 golos em 16 partidas desde o início do ano, enquanto Luis Suárez terminou com um jejum de três jogos sem marcar. O tridente do Barça, composto por Messi, Suárez e Neymar já alcançou os 100 golos esta época.

Atalanta 0-2 Juventus (Barzagli 24, Lemina 86)
Os "bianconeri" restabeleceram a vantagem de três pontos na liderança, ao mesmo tempo que aumentaram para 18 jogos seguidos a sua invencibilidade na Serie A. Andrea Barzagli marcou pela primeira vez esta época, com a Juventus a igualar o recorde de jogos seguidos sem sofrer golos no campeonato (nove)

Valência 1-3 Atlético (Cheryshev 28, Griezmann 24, Torres 72, Carrasco 85)
Fernando Torres saiu do banco de suplentes para marcar, com o Atlético a ser demasiado forte para o anfitrião Valência na segunda parte. Denis Cheryshev cancelou o 15º golo de Antoine Griezmann na Liga espanhola esta época, mas Torres facturou nove minutos após entrar em campo e Yannick Carrasco aumentou a diferença perto do fim, depois de Santos ter sido expulso no conjunto "che".

SÁBADO
Tottenham 2-2 Arsenal
(Alderweireld 60, Kane 62; Ramsey 39, Alexis Sánchez 76)
O Arsenal, terceiro classificado, ficou sem Francis Coquelin, que viu o segundo cartão amarelo no início da segunda parte, e momentos depois sofreram dois golos quase seguidos. Ainda assim, os "gunners" responderam e conseguiram evitar a terceira derrota consecutiva, mantendo três pontos de atraso em relação ao vizinho londrino e menos oito que o líder Leicester.

Dortmund 0-0 Bayern
Arturo Vidal viu o seu remate na área ser defendido de forma soberba por Roman Bürki, enquanto Manuel Neuer negou o golo a Pierre-Emerick Aubameyang em duas ocasiões, com o "Der Klassiker" a terminar a zero. Após evitar o segundo desaire seguido na Bundesliga, o Bayern manteve a vantagem de cinco pontos sobre o Dortmund, segundo classificado.

Sporting 0-1 Benfica (Mitroglou 20)
Kostas Mitroglou, que conta agora com oito golos nos últimos oito jogos, todas as competições incluídas, apontou o tento solitário com que o Benfica substituiu o Sporting – que viu Adrien Silva ser expulso, já depois de estar no banco de suplentes – no topo da Liga portuguesa. A equipa de Rui Vitória venceu 11 dos últimos 12 jogos no campeonato.

David Luiz, defesa do Paris, e o reencontro com o Chelsea
David Luiz, defesa do Paris, e o reencontro com o Chelsea

Chelsea 1-1 Stoke (Traoré 39; Diouf 85)
Bertrand Traoré marcou o seu quarto golo em cinco jogos, com o Chelsea, décimo classificado, a consentir o décimo empate nesta edição do campeonato. O treinador Guus Hiddink, no cargo de forma interina, tornou-se no primeiro a não perder em 12 jogos da Premier League seguidos no início da primeiro passagem por um clube.

Dínamo Kiev 2-0 Dnipro (Yarmolenko 20, Gusev 38)
O Dínamo Kiev, com apenas uma derrota nacional até ao momento – em meados de Outubro – regressou à acção na Premier League ucraniana pela primeira vez desde Dezembro. A vitória deixa-o na liderança, com mais três pontos do que o Shakhtar, que entra em campo no domingo.

Sergio Agüero bisou e falhou um penalty
Sergio Agüero bisou e falhou um penalty©Getty Images

Manchester City 4-0 Aston Villa (Touré 48, Agüero 50 60, Sterling 66)
O Manchester City, quarto classificado, colocou um ponto final numa série de três derrotas consecutivas na Premier League, reduzindo a diferença que o separa dos rivais londrinos e ficando a dez do líder, tendo ainda um jogo a menos. Apesar de falhar uma grande penalidade, Sergio Agüero aumentou a sua conta pessoal para 21 golos em 30 partidas, todas as competições incluídas.

Paris 0-0 Montpellier
Apesar de ter 23 pontos de vantagem sobre o Mónaco, o Paris soma apenas uma vitória nos últimos quatro jogos da Ligue 1, não tendo conseguido marcar em dois dos últimos três em casa. Com os lesionados Marco Verratti e Blaise Matuidi em dúvida para defrontar o Chelsea, a meio da semana, Laurent Blanc deixou Thiago Motta, Javier Pastore e Zlatan Ibrahimović no banco de suplentes, utilizando os dois últimos na segunda parte.

Groningen 0-3 PSV (Willems 7, Pröpper 51, Locadia 88)
Jetro Willems estreou-se a marcar esta temporada, com a equipa de Phillip Cocu a registar a décima vitória consecutiva no campeonato. O campeão holandês continua no topo da Eredivisie, com um ponto de vantagem sobre o Ajax, segundo classificado.

Real Madrid 7-1 Celta (Pepe 41, Ronaldo 50 58 64 76, Jesé 77, Bale 81; Aspas 62)
Cristiano Ronaldo marcou quatro golos e subiu ao segundo lugar da lista de melhores marcadores de sempre da Liga espanhola, com a formação de Zinédine Zidane a ficar a um ponto do Atlético, segundo classificado. De regresso após lesão nos gémeos, o suplente Gareth Bale apontou o seu primeiro golo desde 17 de Janeiro

Cristiano Ronaldo marcou quatro golos frente ao Celta
Cristiano Ronaldo marcou quatro golos frente ao Celta©AFP/Getty Images

Wolfsburgo 2-1 Monchengladbach (Draxler 15, Kruse 17; Raffael 23)
Julian Draxler marcou pela segunda jornada consecutiva na Bundesliga, com os "lobos", sétimos na tabela, a moralizarem-se para conseguir o apuramento na UEFA Champions League com a terceira vitória seguida em cinco jogos de campeonato. A equipa de Dieter Hecking está agora a quatro pontos do quarteto da frente.

Krasnodar 0-0 Zenit
O primeiro compromisso do Zenit no campeonato nos últimos três meses terminou com um nulo, o que significa que ganhou somente uma vez em três jogos realizados em 2016. O conjunto de André Villas-Boas está a seis pontos de CSKA e Rostov, dupla de líderes

SEXTA-FEIRA

Gent 1-1 Leuven (Boussoufa 68; Trossard 52)
A equipa de Hein Vanhaezebrouck parecia encaminhar-se para uma derrota surpreendente após Leandro Trossard colocar os visitantes em vantagem, mas o segundo golo de Mbark Boussoufa em quatro jogos permitiu resgatar um ponto.

Roma 4-1 Fiorentina (El Shaarawy 22, Salah 25 58, Perotti 38; Iličić 45+3pen)
A Roma somou a sua sétima vitória seguida na Serie A graças a uma exibição imperial. O primeiro golo da noite foi sem dúvida o melhor, com Stephan El Shaarawy a marcar pela quinta vez desde que chegou ao clube em Janeiro, emprestado pelo Milan

Topo