John Terry retira-se: momentos europeus mais memoráveis

Com John Terry a anunciar o fim da carreira aos 37 anos, o UEFA.com olha para cinco jogos marcantes do defesa-central do Chelsea na Europa.

John Terry vai ficar mais uma época no Chelsea
John Terry vai ficar mais uma época no Chelsea ©Getty Images

Com o defesa-central inglês John Terry a pendurar as chuteiras aos 37 anos, o UEFA.com olha para cinco das mais memoráveis noites europeias do antigo capitão do Chelsea. "Toda a gente sabe que, acima de tudo, sou do Chelsea", disse uma vez Terry, jogador formado na academia dos "blues" que deixou marca nos 19 anos passados em Stamford Bridge.

Vålerenga 2-3 Chelsea: Quartos-de-final da Taça dos Vencedores das Taças de 1998/99, 2ª mão

Com 18 anos, Terry estreou-se nas provas de clubes da UEFA no centro da defesa do Chelsea na passagem às meias-finais da prova na qual defendiam o troféu conquistado há uma época. Participou no lance do primeiro golo, assinado pelo treinador-jogador Gianluca Vialli.

Paris 0-3 Chelsea: 1ª jornada da fase de grupos da UEFA Champions League 2004/05

O primeiro jogo de José Mourinho ao leme do Chelsea na UEFA Champions League mostrou, desde logo, o que estava para vir, com um impressionante triunfo fora de portas. Designado capitão de equipa por Mourinho, Terry inaugurou o marcador, antes do então recém-chegado Didier Drogba bisar numa grande exibição dos "blues", que ganharam uma nova fé nos palcos europeus.

John Terry marca de cabeça ante o Barcelona
John Terry marca de cabeça ante o Barcelona©Getty Images

Chelsea 4-2 Barcelona: Oitavos-de-final da UEFA Champions League 2004/05, 2ª mão

Com a equipa à beira da eliminação, Terry brilhou a grande altura num grande jogo e marcou de cabeça o golo decisivo a 14 minutos do fim. Derrotados por 2-1 na primeira mão, os londrinos tinham chegado ao 3-0, mas dois golos de Ronaldinho tinham recolocado o Barça na frente. O capitão dos "blues" acabou, depois, por fazer a diferença e teve, depois, a sua primeira de quatro eleições para a Equipa do Ano do UEFA.com.

Manchester United 1-1 Chelsea (ap, 6-5 nos penalties): Final da UEFA Champions League 2007/08

A única final de provas da UEFA em que Terry marcou presença - não alinhou nas finais de 2011/12 da UEFA Champions League nem na final de 2012/13 da UEFA Europa League - seria inesquecível, mas não pelos melhores motivos, com o defesa-central a escorregar no momento em que bateu a grande penalidade que garantiria o triunfo da turma então orientada por Avram Grant no desempate por penalties, falhou, e acabou por ser o United a erguer o troféu.

John Terry viveu uma grande noite frente ao Nápoles
John Terry viveu uma grande noite frente ao Nápoles©Getty Images

Chelsea 4-1 Nápoles: Oitavos-de-final da UEFA Champions League 2011/12, 2ª mão

O Chelsea chegou, enfim, ao topo da Europa em 2012, e o triunfo em que já poucos acreditavam frente ao Nápoles depois da derrota por 3-1 em Itália foi conseguido com um bis de Terry, que marcou por entre os golos de Drogba e Frank Lampard confirmou depois o apuramento, já no prolongamento. Expulso na semi-final, frente ao Barcelona, Terry acabaria por não jogar a final.

Topo