Benfica tenta travar Zenit e contrariar mau registo na Rússia

Em vantagem por 1-0, o Benfica defronta o Zenit com um treinador português e três antigos jogadores na tentativa de chegar aos quartos-de-final pela primeira vez em quatro anos.

Jonas marcou o único golo do encontro da primeira mão
Jonas marcou o único golo do encontro da primeira mão ©AFP/Getty Images

O SL Benfica terá pela frente um treinador português e três antigos jogadores na tentativa de ultrapassar o FC Zenit e regressar aos quartos-de-final da UEFA Champions League.

• O campeão de Portugal tem ligeira vantagem na eliminatória graças a um golo de Jonas apontado nos descontos da partida da primeira mão, em Lisboa.

Confrontos anteriores
• O Zenit venceu o Benfica em casa, por 1-0, na fase de grupos de 2014/15, tendo o golo sido marcado pelo internacional português Danny, cuja carreira passou por CS Marítimo e Sporting CP, e Luisão sido expulso aos 92 minutos.

• Javi García (2009–13), Alex Witsel (2011/12) e Ezequiel Garay (2011–14), antigos jogadores do Benfica, alinharam pelo Zenit nesse encontro.

• Nesse jogo em São Petersburgo, a 26 de Novembro de 2014, as equipas foram as seguintes:
Zenit: Lodygin, Anyukov, Garay, Lombaerts (Luís Neto 23), Criscito, Javi García (Fayzulin 58), Witsel, Ryazantsev (Shatov 65), Hulk, Rondón, Danny.
Benfica: Júlio César, Maxi Pereira, Luisão, Jardel, André Almeida, Samaris (John 82), Pérez, Salvio, Talisca (Derly 70), Gaitán, Lima.

• Antes, na primeira jornada dessa fase de grupos, o Zenit tinha vencido em Lisboa, por 2-0, graças a golos madrugadores de Axel Witsel, que alinhou no Benfica em 2011/12, e Hulk, antigo jogador do FC Porto. As "águias" viram o guarda-redes Artur ser expulso logo aos 18 minutos.

• Nos oitavos-de-final da temporada 2011/12, o Benfica eliminou o Zenit com um resultado total de 4-3, com uma vitória caseira por 2-0 a inverter um desaire por 3-2 fora na primeira mão.

• Nesse jogo da primeira mão, no Stadion Petrovski, a 15 de Fevereiro de 2012, foram as seguintes:
Zenit: Zhevnov, Anyukov, Bruno Alves, Lombaerts, Hubočan, Denisov, Kanunnikov (Bystrov 66), Shirokov, Zyryanov (Semak 46), Fayzulin (Rosina 89), Kerzhakov.
Benfica: Artur, Maxi Pereira, Luisão, Garay, Emerson, Matić, Gaitán (Miguel Vítor 90), Witsel, Bruno César (Nolito 76), Rodrigo, Cardozo.

• Roman Shirokov marcou por duas vezes para os russos, com Sergei Semak a assinar o outro golo da equipa da casa, enquanto Maxi Pereira e Óscar Cardozo responderam pelo Benfica.

Retrospectiva

Zenit
• A derrota frente ao KAA Gent, na sexta jornada, impediu o campeão russo de se tornar apenas no sexto clube a vencer todos os jogos na fase de grupos da UEFA Champions League.

• Ainda assim, a equipa de André Villas-Boas, que tenta chegar aos quartos-de-final pela primeira vez, venceu o Grupo H com cinco pontos de vantagem sobre o Gent.

• Em casa o Zenit venceu o Gent por 2-1, o Lyon por 3-1 e o Valência por 2-0.

• O Zenit nunca perdeu em casa frente a equipas portuguesas, registando cinco vitórias e dois empates.

• Na fase de grupos de 2013/14, o Zenit empatou a um golo na recepção ao Porto, com Hulk a marcar o seu golo. Também ganhou ao Paços de Ferreira, por 4-2, (para um resultado total de 8-3) no "play-off" dessa época.

• O Zenit perdeu oito e quatro quatro das 12 eliminatórias da UEFA em que perdeu fora no jogo da primeira mão. Contudo, na única anterior ocasião em que perdeu fora por 1-0 na primeira mão – frente ao AEL Limassol FC, na terceira pré-eliminatória da edição de 2014/15 da UEFA Champions League – venceu depois por 3-0 em casa na segunda mão.

• O Zenit nunca esteve envolvido num desempate por penalties nas provas da UEFA.

Benfica
• O seu único triunfo em sete jogos na Rússia aconteceu em Outubro de 1996, ao bater o FC Lokomotiv Moskva por 3-2, na segunda mão da segunda eliminatória da Taça dos Clubes Vencedores de Taças. João Pinto, autor do único golo na primeira mão, fez o tento decisivo, a três minutos do fim.

• O Benfica perdeu quatro desses sete jogos (as últimas quatro deslocações) e empatou dois.

• No global, o seu registo é de seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

• O apuramento quebrou uma sequência indesejada para as "águias": nas últimas sete participações na UEFA Champions League, apenas tinha atingido a fase a eliminar uma vez.

• O campeão europeu de 1961 e 1962 terminou no segundo lugar do Grupo C, com dez pontos, a três do Atlético. Fora de portas bateu a equipa espanhola, por 2-1, perdeu com o Galatasaray pelo mesmo resultado e empatou a dois golos com o Astana.

• O Benfica seguiu em frente 46 vezes e ficou pelo caminho oito vezes nas 54 ocasiões em que venceu em casa no jogo da primeira mão de uma eliminatória da UEFA. O registo das "águias" é ainda mais positivo quando essa vitória em casa na primeira mão foi por 1-0: nas 11 ocasiões em que tal aconteceu, apenas numa, frente ao RSC Anderlecht, na terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League de 2004/05, o Benfica acabou eliminado, ao perder depois por 3-0 fora.

• O registo do Benfica em desempates por penalties na UEFA é de 1V 2D:
2-4 (neutral) ante o Sevilla FC, final de 2013/14 da UEFA Europa League
4-1 (casa) frente ao PAOK, segunda eliminatória da Taça UEFA de 1999/2000
5-6 (neutral) com o PSV Eindhoven, final de 1987/88 da Taça dos Clubes Campeões Europeus

Ligações entre treinadores e jogadores
• Villas-Boas defrontou o Benfica sete vezes enquanto técnico de Porto e A. Académica de Coimbra, somando quatro jogos e perdendo três.

• Hulk marcou cinco golos em 12 jogos (seis vitórias, três empates e três derrotas) diante do Benfica ao serviço do Porto, entre 2008 e 2012.

• Colegas de equipa em clubes:
Mehdi Carcela-González, Oleg Shatov e Mikhail Kerzhakov (Anji Makhachkala);
Carcela-González e Witsel (R. Standard de Liège);
Eliseu e Neto (Varzim SC).

• Colegas de equipa em selecções:
Júlio César, Luisão, Jonas e Hulk (Brasil);
Lisandro, Nicolás Gaitán, Eduardo Salvio e Ezquiel Garay (Argentina);
Eliseu, Sílvio, Nélson Semedo, Gonçalo Guedes, Pizzi, André Almeida, Luís Neto e Danny (Portugal).

• Em Portugal, Luís Neto representou Varzim e CD Nacional.

Factos do jogo

Zenit
• Javi García e Domenico Criscito cumprem um jogo de suspensão.

• Contratado no período de Inverno, Maurício marcou de livre directo na vitória do Zenit sobre o FC Kuban Krasnodar, por 1-0, após prolongamento, nos quartos-de-final da Taça da Rússia, a 28 de Fevereiro.

• O Zenit retomou a campanha no campeonato depois da pausa de Inverno com um empate 0-0 no terreno do FC Krasnodar, no sábado.

• A 24 de Fevereiro, o Zenit emprestou Aleksandr Ryazantsev ao FC Ural Sverdlovsk Oblast até final da temporada.

Benfica
• André Almeida e Jardel cumprem um jogo de suspensão. Luisão, Gonçalo Guedes e Jonas serão castigados na próxima admoestação

• O Benfica venceu 15 dos últimos 16 encontros disputados em todas as competições, sendo a excepção a derrota em casa, por 2-1, frente ao Porto, a 12 de Fevereiro.

• As águias venceram o Sporting CP por 1-0 no sábado, resultado que lhes permitiu ascender à liderança da Liga portuguesa, precisamente por troca com os "leões".

• Alejandro Grimaldo estreou-se como titular pelo Benfica a 29 de Fevereiro, no lugar de Eliseu, castigado, no triunfo por 2-0 sobre o CF União da Madeira.

• Luisão (ausente desde 21 de Novembro devido a fractura no antebraço esquerdo) sofreu um revés durante um treino e foi submetido a nova operação no mesmo local a 8 de Fevereiro.

• Júlio César lesionou-se no músculo adutor da coxa direita no treino de sábado e falhou o jogo com o Sporting.

Topo