Sporting - Porto: Cinco jogos históricos

Sporting e Porto defrontam-se no sábado a fechar a primeira volta da Liga portuguesa, ocasião para o UEFA.com recordar cinco jogos históricos entre ambos na prova em casa dos "leões".

Vista geral do Estádio José Alvalade, em Lisboa
Vista geral do Estádio José Alvalade, em Lisboa ©Getty Images

Separados por oito pontos na classificação da Liga portuguesa 2018/19, Sporting (4º) e Porto (1º) – à procura de fixar novo recorde de triunfos seguidos (19) em todas as competições após ter igualado o máximo do Benfica obtido em 2010/11 – defrontam-se este sábado, às 15h30 (de Portugal Continental), na 17ª jornada, a última da primeira volta.

O UEFA.com aproveita a ocasião para recordar cinco jogos históricos na prova entre as duas equipas tendo os "leões" como anfitriões.

Histórico

Jogos: 84
Vitórias do Sporting: 45
Empates: 20
Vitórias do Porto: 19
Golos: 160-85

1936/37: Sporting 9-1 Porto
04/04/1937, 10ª jornada

A Liga portuguesa estava a dar os primeiros passos e era habitual haver resultados desnivelados nestes anos. A 22 de Março de 1935, o Porto bateu o Sporting por 10-1 – a maior goleada dos portistas sobre o rival de Lisboa. E em Abril de 1937, no Campo Grande, os “leões” alcançaram o melhor resultado frente aos “dragões”, 9-1. Manuel Soeiro (4), João Cruz (3) e Pedro Pireza (2) marcaram pelo Sporting, enquanto Pinga fez o tento de honra dos visitantes.

1959/60: Sporting 6-1 Porto
24/01/1960, 16ª jornada

O resultado dilatado, por sim só, chama a atenção, mas esta goleada do Sporting sobre o Porto teve outro ponto de interesse. Em Janeiro de 1960, José Maria Pedroto participava como jogador no seu derradeiro “clássico” pelo Porto com os “leões”, no Estádio José Alvalade, pois na temporada seguinte iniciava a carreira de treinador. Os golos desta partida, referente à 16ª jornada, foram marcados por Vadinho (3), Faustino Pinto (2) e Juan Seminário para os “verdes-e-brancos”, enquanto Janko Daucik fez o tento dos “azuis-e-brancos”.

1972/73: Sporting 0-3 Porto
31/12/1972, 16ª jornada

No último dia de 1972, Sporting e Porto defrontavam-se numa época atípica. Começava a perceber-se que o Benfica era adversário demasiado forte nesse ano e o duelo entre “leões” e “dragões” acabaria por ajudar, mais tarde, a definir o quarto e quinto lugares de Porto e Sporting, respectivamente, ambos com 37 pontos. Mas o facto mais relevante desta partida foi mesmo o resultado final. É o que o 3-0 constitui até hoje o maior triunfo dos portistas em Lisboa nos domínios dos sportinguistas. Os golos foram apontados por Flávio Minuano (2) e Abel Miglietti.

1999/2000: Sporting 2-0 Porto
18/03/2000, 26ª jornada

Peter Schmeichel foi uma das figuras do Sporting de 1999/2000
Peter Schmeichel foi uma das figuras do Sporting de 1999/2000©Getty Images

O Porto começou a época como pentacampeão, e sob o comando de Fernando Santos no banco e de Mário Jardel no ataque. Os “dragões” começaram bem o campeonato, o Sporting nem por isso. Mesmo com a sonante contratação de Peter Schmeichel, os “leões” tiveram um mau arranque de prova e o treinador Giuseppe Materazzi foi demitido após cinco jornadas.

Sob a batuta de Augusto Inácio, o Sporting encetou uma excelente recuperação no campeonato e à 26ª jornada deu-se o decisivo “clássico” em Alvalade. O Sporting venceu por 2-0 – golos de André Cruz e Beto Acosta na primeira parte – e deu um passo fundamental na conquista do título que lhe fugia há 17 anos.

2005/06: Sporting 0-1 Porto
08/04/2006, 30ª jornada

O campeonato chegava à recta final com a emoção ao rubro. Porto (66) e Sporting (64) lutavam pelo título, enquanto o Benfica (59) estava mais atrás. Os “leões” recebiam os “dragões” com as duas equipas separadas apenas por dois pontos e era a oportunidade para os comandados de Paulo Bento ultrapassarem os de Co Adriaanse.

O encontro foi tenso e equilibrado, mas um golo de Jorginho para o Porto, aos 84 minutos, deixou os portistas com cinco pontos de vantagem e o desfecho acabaria mesmo por ser decisivo na conquista do título por parte do conjunto da Cidade Invicta.

Topo