Chelsea novamente derrotado, Atlético junta-se ao Barcelona

O Chelsea voltou a perder na Premier League, tendo somado a nona derrota no campeonato, ao passo que o Atlético aproveitou o segundo empate consecutivo do Barcelona para partilhar a liderança da Liga espanhola.

Thibaut Courtois, do Chelsea, no jogo frente ao Leicester
Thibaut Courtois, do Chelsea, no jogo frente ao Leicester ©AFP/Getty Images

 

Leicester 2-1 Chelsea (Vardy 34, Riyad Mahrez 48; Rémy 77)
O campeão Chelsea está a apenas um ponto de distância da zona de despromoção, após o líder Leicester ter operado uma reviravolta tardia graças a um golo de Loïc Rémy. O internacional inglês Jamie Vardy apontou o seu 15º golo da temporada, num jogo em que o Leicester impôs a nona derrota da época ao conjunto comandado por José Mourinho, que ficou sem o contributo de Eden Hazard, devido a lesão. 

Atlético 2-1 Athletic (Saúl Ñíguez 45+2, Griezmann 67; Laporte 27)
Antoine Griezmann marcou o golo da vitória, num fantástico remate de longe, com o Atlético a recuperar de desvantagem para ascender à liderança partilhada da Liga espanhola, juntamente com o Barcelona. O avançado francês fez a diferença a meio da segunda parte, após um cabeceamento de Saúl Ñíguez ter cancelado o golo inaugural de Aymeric Laporte.

Aston Villa 0-2 Arsenal (Giroud 8 g.p, Ramsey 38)
Olivier Giroud tornou-se no sétimo jogador do Arsenal a marcar 50 golos na Premier League, com os "gunners" a encerrarem uma semana proveitosa com a subida à liderança em Inglaterra. Entretanto, Petr Čech igualou o recorde de David James, com 169 jogos sem sofrer golos na primeira divisão.

Lionel Messi depois de inaugurar o marcador
Lionel Messi depois de inaugurar o marcador©AFP/Getty Images

Barcelona 2-2 Deportivo (Messi 39, Rakitić 62; Lucas 77, Bergantiños 86)
O Barcelona desperdiçou uma vantagem de 2-0 em Camp Nou e averbou o terceiro empate seguido em todas as provas, segundo na Liga. Lionel Messi marcou o segundo golo em apenas quatro dias – na conversão de um livre – e colocou o Barcelona em vantagem na recepção ao Deportivo. Ivan Rakitić fez o 2-0 com um disparo de longa distância, mas os visitantes marcaram dois golos perto do final.

Bayern 2-0 Ingolstadt (Lewandowski 65, Lahm 75)
A equipa de Josep Guardiola superou a derrota do último fim-de-semana em Mönchengladbach. Robert Lewandowski marcou o 15º golo da época na Bundesliga, com um remate de ângulo reduzido, aos 65 minutos, antes de Thomas Müller assistir o capitão Phillip Lahm para o 2-0, dez minutos depois.

Setúbal 2-4 Benfica (Costa 59, Suk 88; Pizzi 35, Jonas 39, Mitroglou 54, Ricardo 79ag)
Os campeões portugueses averbaram a quinta vitória seguida no campeonato, num jogo em que apesar do de um pequeno susto perto do final, em que os anfitriões marcaram três vezes perto do fim, duas na baliza certa e uma na errada. O tento de Jonas foi o seu 11º em 12 encontros na prova enquanto Kostas Mitroglou marcou o segundo em cinco dias.

Leicester - Chelsea (Segunda-feira 20h00)

Dínamo Kiev – a paragem de Inverno já decorre na Ucrânia

Sint-Truiden 0-2 Gent (Dejaegere 45, Van der Bruggen 90+1)
A semana de sonho do Gent terminou com mais uma vitória, já que a equipa de Hein Vanhaezebrouck registou o terceiro triunfo seguido em quatro jogos de campeonato, isolando-se na liderança na Bélgica. Brecht Dejaegere e Hannes Van der Bruggen marcaram no final de cada parte, com o Gent a ter agora uma vantagem de três pontos sobre o Club Brugge, que perdeu.

Juventus 3-1 Fiorentina (Cuadrado 6, Mandžukić 80, Dybala 90+1; Iličić 3pen)
A Juve prossegue o excelente momento de forma, ao somar a sexta vitória consecutiva na Serie A, após bater a Fiorentina, segunda classificada, apesar de ter começado o jogo praticamente a perder, devido a uma grande penalidade. Juan Cuadrado marcou de cabeça à antiga equipa momentos depois, antes de os anfitriões completarem a reviravolta nos últimos dez minutos, ascendendo ao quarto lugar.

Manchester City 2-1 Swansea (Bony 26, Touré 90+2; Gomis 90)
Um golo feliz de Yaya Touré, já que a bola ainda sofreu um desvio, em tempo de compensação deu a vitória aos "citizens", após o Swansea ter chegado ao empate aos 90 minutos, através de Bafétimbi Gomis. Wilfried Bony inaugurou o marcador frente à sua antiga equipa, de de cabeça, mas os anfitriões passaram depois por grandes dificuldades e o guarda-redes Joe Hart cotou-se mesmo como o melhor em campo na baliza do City.

Paris Saint-Germain 5-1 Lyon (Ibrahimović 11 77pen, Aurier 17, Cavani 61, Lucas 90+1; Ferri 24)
A equipa de Laurent Blanc deu mais uma demonstração concludente da sua superioridade, aumentando para 17 pontos a sua vantagem em França. O avançado Zlatan Ibrahimović abriu a contagem e bisou na segunda parte, na conversão de um penalty, passando a ter 14 golos e 13 jogos da Ligue 1. Autor de um golo frente ao Shakhtar Donetsk a meio da semana, o suplente Lucas selou o resultado final.

PSV Eindhoven 1-1 Roda Pröpper 74; Brenet 51ag)
Joshua Brenet desviou um remate de Tomi Juric aos 51 minutos e deu vantagem ao Roda, mas Davy Pröpper empatou após um livre de Andres Guardado e ajudou o PSV a conquistar um ponto. O PSV desperdiçou várias oportunidades para ganhar o jogo nos últimos minutos.

Villarreal 1-0 Real Madrid (Soldado 8)
Roberto Soldado, antigo avançado do Real Madrid, fez a diferença logo nos minutos iniciais, infligindo aos "merengues" a terceira derrota nos últimos cinco jogos da Liga espanhola. O jogador de 30 anos exibiu instinto predatório numa noite em que Karim Benzema, Gareth Bale e Cristiano Ronaldo desperdiçaram oportunidades para fazer o empate.

Nápoles 0-0 Roma
Privado de Gervinho, Francesco Totti e Kevin Strootman devido a lesão, os "giallorossi" têm a agradecer ao guarda-redes Wojciech Szczęsny por não terem perdido com o Nápoles. O clube da capital não ganha há seis jogos oficiais e está a sete pontos do Internazionale, líder da Serie A.

Wolfsburgo 1-1 Hamburgo (Arnold 78; Müller 21)
O médio Maximilian Arnold marcou o primeiro golo na Bundesliga desde Março e resgatou m ponto do Wolfsburgo frente ao Hamburgo. Apesar da boa campanha na UEFA Champions League, os “lobos” não vencem há três jogos nas provas nacionais.

Zenit – a paragem de Inverno já decorre na Rússia

Topo