"Show" de Ronaldo na goleada do Real Madrid ao Malmö

Real Madrid 8-0 Malmö Cristiano Ronaldo marcou quatro golos e estabeleceu novo recorde de 11 na fase de grupos, num jogo em que o Real Madrid igualou a maior vitória na prova.

©AFP/Getty Images

O Real Madrid CF fez história ao golear o Malmö FF por 8-0 e terminou em alta o Grupo A da UEFA Champions League, num jogo em que Cristiano Ronaldo apontou quatro golos e Karim Benzema três.

A equipa dirigida por Rafael Benítez apresentou-se com Pepe como capitão de equipa face à ausência de Sergio Ramos e com Mateo Kovacic ao lado de Casemiro a meio-campo. O encontro iniciou-se com um disparo de Karim Benzema ainda no segundo minuto para defesa fácil de Johan Wiland, seguido de uma tentativa falhada de pontapé-de-bicicleta de Cristiano Ronaldo.

Depois, excepção feita a uma emenda de Erdal Rekip muito sobre a barra e um remate de longa distância de Oskar Lewicki ligeiramente sobre a trave, a partida resumiu-se a subidas do Real Madrid até à área contrária, com uma significativa parte delas convertida em golos.

Assim, aos 12 minutos, Benzema abriu o activo na recarga a um remate de Isco salvo sobre a linha de golo por Yoshimar Yotún. Doze minutos volvidos, o internacional francês bisou, com um excelente cabeceamento a cruzamento de Cristiano Ronaldo.

Iniciou-se, então, aos 39 minutos, o festival goleador de Cristiano Ronaldo. De livre directo, descaído para o lado esquerdo, fazendo a bola entrar junto ao poste oposto. Depois de uma emenda falhada pelo português em zona frontal, veio a segunda parte e com ela mais três golos de Ronaldo. Logo na primeira jogada, Danilo rematou contra Yotún e a bola ficou à mercê de Ronaldo, que só teve que encostar.

O substituto Vladimir Rodić ainda proporcionou uma boa defesa a Kiko Casilla, mas no lance seguinte, aos 50 minutos, Ronaldo chegou ao seu "hat-trick", após passe de Danilo do lado direito e trabalho do português sobre dois adversários. Wiland sacudiu, em seguida um disparo de Danilo sobre a trave, mas já nada pôde fazer quando encontrou Ronaldo pela frente, após bom pormenor de Isco no lado direito.

Ronaldo parou, então, a sua sanha goleadora e foi a vez de Mateo Kovačić subir o marcador para 7-0, na recarga a um cruzamento de Jesé do lado direito, sacudido para a frente com os pés por Wiland.

O marcador apenas encerrou nos 8-0, tendo o oitavo tento do Real Madrid sido da autoria de Benzema, que logrou, assim, o seu hat-trick, concluindo uma boa acção individual no coração da área, após beneficiar de um espaço quase infinito entre os centrais contrários. Houve ainda tempo para Denis Cheryshev enviar uma bola ao poste, mas, de facto, o resultado já não mexeria mais.

©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©Getty Images
©AFP/Getty Images
Topo