Factos e números da quinta jornada da Champions League

O UEFA.com destaca os números mais relevantes após o fim da quinta jornada da fase de grupos: o Zenit continua com registo perfeito e Cristiano Ronaldo voltou a brilhar.

Cristiano Ronaldo após marcar o quarto golo do Real ao Shakhtar
Cristiano Ronaldo após marcar o quarto golo do Real ao Shakhtar ©AFP/Getty Images

• Com cinco vitórias em outros tantos jogos, o Zenit – uma das nove equipas da fase de grupos que já garantiu a qualificação para os oitavos-de-final – mantém intactas as hipóteses de fechar o Grupo H com o máximo de pontos possível e tornar-se na sétima equipa a conseguir tal proeza na história da competição. A formação orientada pelo português André Villas-Boas defronta o Gent na sexta jornada, sendo que o conjunto belga, na segunda posição, tem hipóteses de chegar aos "oitavos".

• O lateral francês Patrice Evra, ao ser utilizado (vindo do banco) na vitória da Juventus, por 1-0, em casa, frente ao Manchester City, completou o seu jogo número 100 na UEFA Champions League. O lateral francês tornou-se, assim, no 27º jogador da prova a atingir esse marca e o segundo gaulês a alcançar tal feito, depois do compatriota Thierry Henry (112 presenças).

• Cristiano Ronaldo manteve os cinco golos de avanço em relação a Lionel Messi na lista dos melhores marcadores de sempre da UEFA Champions League. O avançado argentino marcou dois golos frente à Roma e 24 horas depois o goleador português também apontou dois tentos diante do Shakhtar Donetsk. O segundo golo de Cristiano Ronaldo, em Lviv, constituiu o 450º do Real Madrid na competição – mais 25 que o rival Barcelona.

Resumo: Barcelona 6-1 Roma
Resumo: Barcelona 6-1 Roma

• Ao golear em casa a Roma, por 6-1, o Barcelona aumentou a sua média de golos por jogo na competição - acima do número dois, valor que só é superado pelo Real Madrid. A equipa catalã já marcou 425 golos em 211 jogos, o que dá uma média de 2,014 ao passo que a do Real Madrid é 2,074.

• O primeiro golo de Ángel Di María na vitória do Paris Saint-Germain no terreno do Malmö, por 5-0, foi o tento 700 marcado na UEFA Champions League.

• Ao derrotar a Roma, em Camp Nou, por 6-1, o Barcelona pela 16ª vez marcou cinco ou mais golos numa partida da UEFA Champions League match – mais três vezes que o Bayern München.

• O Barcelona também reforçou um outro recorde na competição - venceu o seu grupo pela 17ª vez. Também já apurados para os oitavos-de-final na qualidade de vencedores dos seus grupos, Real Madrid e Bayern já conseguiram vencer os grupos em que estiveram inseridos na competição por 15 e 14 vezes, respectivamente.

• Na quinta jornada da fase de grupos, Barcelona e Bayern conseguiram ambos alcançar a nona vitória consecutiva em casa na UEFA Champions League. As duas equipas precisam obter mais três triunfos seguidos, em casa, para igualarem a série vitoriosa do Manchester United alcançada entre Setembro de 2006 e Abril de 2008.

• O empate a zero, em casa, do Manchester United diante do PSV Eindhoven foi o 21º nesta competição da equipa inglesa que, assim, igualou o registo do AC Milan. O clube de Old Trafford ampliou o recorde de empates desde o início da prova para 54, mais três que o Barcelona.

• Marcaram-se 54 golos na quinta jornada da fase de grupos – 27 na terça-feira e outros tantos na quarta-feira. Não havia um registo de tantos golos desde a primeira jornada da época 2013/14, na qual foram apontados 59 tentos. O maior número de golos marcados foi 63 e verificou-se na primeira jornada da temporada de 2000/01.

• Foram marcados 42 golos após dez jogos no Grupo E, que tem como participantes Barcelona, Roma, Bayer Leverkusen e BATE Borisov. Se acontecerem oito na sexta e última jornada surgirá um novo recorde na competição. O actual é de 49 golos e foi estabelecido na época de 2013/14 pelo Grupo D, cujos participantes eram na altura o Bayern, Manchester City, Viktoria Plzeň e CSKA Moscovo.

Topo