Ibrahimović marca no regresso a Malmö e Paris goleia

Malmö 0-5 Paris Zlatan Ibrahimović marcou no regresso à casa do antigo clube e Ángel Di María bisou, num jogo em que o Paris garantiu o segundo lugar do Grupo A.

2511_UCL_MALPSG_AMB
  • Paris Saint-Germain garante segundo lugar no Grupo A com goleada no terreno do Malmö
  • Adrien Rabiot estreia-se a marcar na UEFA Champions League e dá vantagem madrugadora ao Paris (3)
  • Ángel Di María aponta o seu segundo e terceiro golos da época frente ao Malmö (14, 68)
  • Zlatan Ibrahimović marca à antiga equipa (50); Lucas faz o quinto tento perto do fim
  • Últimos jogos do Grupo A: Real Madrid - Malmö, Paris - Shakhtar (8 de Dezembro)

O regresso de Zlatan Ibrahimović a Malmö, 14 anos depois de ter deixado o clube da sua cidade-natal, foi um cenário de sonho ditado pelo sorteio da fase de grupos. O avançado assinalou a ocasião com um golo no triunfo folgado do Paris Saint-Germain, que garantiu o segundo lugar do Grupo A.

"Vai ser um momento para recordar", prometeu Ibrahimović na antevisão do jogo. O Paris parecia interessado em tornar a ocasião memorável e entrou a grande velocidade, com Adrien Rabot a inaugurar o marcador aos três minutos, de cabeça. O médio tinha iniciado a jogada ao combinar com Ibrahimović, antes de corresponder a um cruzamento de Gregory van der Wiel.

Logo a seguir, o Malmö desperdiçou duas boas oportunidades para chegar ao empate. Jo Inge Berget rematou de primeira à queima-roupa, mas o remate saiu torto e a bola sobrou para Markus Rosenberg, que cabeceou fraco.

Di María, Maxwell, Zlatan
Di María, Maxwell, Zlatan©AFP/Getty Images

Em vez disso, a equipa da casa recebeu dos visitantes uma lição sobre eficácia na concretização. Blaise Matuidi teve espaço para fazer um cruzamento rasteiro da esquerda e Ángel Di María bateu Johan Wiland com um remate colocado junto ao ângulo inferior.

Ibrahimović despenhou o papel de organizador de jogo durante quase todo o encontro, parecendo satisfeito por criar oportunidades para os colegas de equipa, mas aos cinco minutos do segundo tempo fez questão de recordar os adeptos da casa da sua capacidade goleadora. Anton Tinnerholm falhou um alívio e Matuidi desmarcou o capitão da selecção sueca, com Wiland a não conseguir deter o remate em arco.

A equipa da casa teve nova oportunidade para marcar quando Maxwell derrubou Nikola Djurdjić na área, mas Rosenberg acertou no poste na conversão da grande penalidade. O Paris voltou a mostrar aos anfitriões como se faz e Di María apontou o quarto golo, com um cabeceamento à queima-roupa, cabendo a Lucas estabelecer o resultado final, na marcação de um livre.

Isto não silenciou os adeptos do Malmö, que apoiaram a equipa até ao apito final e proporcionaram uma grande ovação ao seu antigo herói quando Ibrahimović foi substituído nos últimos minutos. O Paris vai ficar no segundo lugar do Grupo A, enquanto o Malmö terá de disputar a vaga na UEFA Europa League com o Shakhtar Donetsk.

©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
©AFP/Getty Images
Topo