O que seguir na quinta jornada da Champions League

Promete ser uma noite para recordar em Malmo, mas Nuno Espírito Santo, Iago Falqué, CSKA, Arsenal e Lyon também estão esperançados nos jogos desta semana.

Zlatan Ibrahimović tem uma surpresa para os habitantes de Malmo
Zlatan Ibrahimović tem uma surpresa para os habitantes de Malmo ©AFP/Getty Images

Grupo A
Real Madrid tenta levantar moral
O Real Madrid pode já estar apurado, mas não deverá facilitar no reduto do Shakhtar Donetsk. Primeiro porque pode garantir o primeiro lugar, e depois porque precisa de apagar a má imagem deixada na derrota caseira com o Barcelona. O capitão Sergio Ramos foi o porta-voz dos "merengues" e disse: "Não estivemos ao nível deste emblema. Falar é fácil. Quem está ligado ao Real Madrid quer acção em vez de palavras. Nós, a equipa, estamos mais zangados do que ninguém".
Quarta-feira: Shakhtar Donetsk - Real Madrid, 19h45

Malmo à espera de surpresas de Ibrahimović
À procura de quebrar o jejum de sete jogos sem marcar na competição, Zlatan Ibrahimović regressa à sua cidade-natal e tem várias surpresas preparadas. "Reservei a Praça Principal, onde o jogo vai ser transmitido. Todos são bem-vindos! Estão reservadas mais surpresas", disse, o que significa que, por uma vez, o público presente no Novo Estádio Malmö vai ter inveja de quem ficar no exterior.
Quarta-feira: Malmö - Paris, 19h45

©UEFA.com


Grupo B
CSKA quer repetir a história
O Grupo B parece renhido, com três pontos a separar as quatro equipas, mas é o CSKA quem está em pior situação, sendo que uma derrota pode afastá-lo do apuramento. No entanto, o encontro oferece esperança para os anfitriões, pois realiza-se seis anos depois de terem vencido o Wolfsburg em Moscovo, na fase de grupos da 2009/10.
Quarta-feira: CSKA Moskva - Wolfsburg, 19h45

Grupo C
Estatística desfavorável ao Galatasaray

Taffarel, treinador de guarda-redes na equipa técnica de Hamza Hamzaoğlu, vai orientar a equipa após a saída do técnico turco, no entanto a sua estreia não será fácil. O Galatasaray precisa de vencer o Atlético Madrid para continuar na luta pelo apuramento, só que as estatísticas recentes não estão do lado dos visitantes, que nos últimos dez jogos fora na prova perdeu oito e empatou dois.
Quarta-feira: Atlético - Galatasaray, 19h45

Iago Falqué começou a carreira nos escalões de formação do Barça
Iago Falqué começou a carreira nos escalões de formação do Barça©AFP/Getty Images

Grupo E
Falqué regressa a Camp Nou
Devido a lesões, Iago Falqué vai quase de certeza alinhar em Camp Nou, palco que sonhou pisar quando estava nos escalões de formação dos catalães. "Estou orgulhoso por enfrentar o Barcelona num jogo da UEFA Champions League", disse o jogador, que trocou Espanha pela Juventus em 2008, após não ter conseguido lugar na equipa B, na altura orientada por Luis Enrique, actual treinador do Barça.
Terça-feira: Barcelona - Roma, 19h45

Grupo F
"Gunners" com oitavos-de-final em risco?
O Arsenal ultrapassou a fase de grupos nas últimas 15 épocas, mas corre o risco de interromper essa sequência e já não tem margem para erro, com o Olympiacos a seis pontos de distância. Arsène Wenger espera que o Bayern derrote os gregos, mas também terá de vencer o Dinamo Zagreb, que levou a melhor na jornada inaugural. "Ainda temos uma pequena hipótese de apuramento, mas é muito pequena mesmo", disse.
Terça-feira: Arsenal - Dinamo Zagreb, 19h45

Grupo H
Nuno reencontra antigos colegas
Nuno Espírito Santo foi guarda-redes do Porto quando André Villas-Boas fez parte da equipa técnica de José Mourinho; agora vão ser treinadores adversários. Mas Villas-Boas não será a única cara conhecida para o técnico forasteiro, já que foi colega de Danny, no Dinamo Moskva, e mais tarde de Hulk, no Porto. Agora Nuno pretende travar a marcha vitoriosa dos antigos companheiros no Grupo H, sabendo que uma vitória coloca o Valência nos oitavos-de-final, juntamente com o Zenit.
Terça-feira: Zenit - Valencia, 17h00

O Lyon vai deixar o Stade de Gerland
O Lyon vai deixar o Stade de Gerland©Getty Images

Despedida em grande ao Gerland
O desafio do Lyon parece complicado, mas o último classificado do grupo tem uma motivação adicional para somar o primeiro triunfo, pois será o seu último jogo da UEFA Champions League no Stade de Gerland. O primeiro, em 2000, terminou com um sucesso, e agora o conjunto francês vai tentar despedir-se em alta.
Terça-feira: Lyon - Gent, 19h45

Topo