Zlatan Ibrahimović sobre a sua formação em Malmo

Na primeira parte da entrevista com Zlatan Ibrahimović, antes do regresso a Malmö pelo Paris, o avançado sueco fala sobre a sua educação na cidade e na passagem pelos vários escalões.

Zlatan Ibrahimović regressa na quarta-feira ao seu antigo clube
Zlatan Ibrahimović regressa na quarta-feira ao seu antigo clube ©Getty Images

Na primeira parte da entrevista com Zlatan Ibrahimović antes do seu regresso quarta-feira, ao Malmö FF ao serviço do Paris Saint-Germain, o avançado sueco falou do seu crescimento na cidade, de ser um modelo para os emigrantes, e de que forma mantém o contacto com a sua antiga comunidade.

UEFA.com: Falámos recentemente com o Henrik Larsson que disse que você "lutou e abriu as portas a muitos, dando esperança a muita gente com diferente formação". Fica orgulhoso desta percepção e sente uma pressão extra por ser um modelo?

Zlatan Ibrahimović: Quando vem de alguém como o Henrik Larsson eu aceito! Absolutamente! Sinto que abri algumas portas para pessoas de diferentes formações e explico isso tudo no meu livro. O caminho que percorri e tudo o que passei…não temos que ser iguais aos outros. Podes ser diferente e, ainda assim, ter sucesso.

UEFA.com: Na quarta-feira regressa a Malmö. Como vão estar as suas emoções quando pisar o relvado contra a equipa onde tudo começou para si?

Ibrahimović: Vai ser excelente. Foi onde tudo começou. Foi onde cresci. Não poderia ser melhor, poder encontrá-los na UEFA Champions League. Parece surreal. Está agora ao meu alcance e vou fazer tudo o que puder quando estiver em campo para desfrutar.

UEFA.com: Ao longo da sua carreira tem jogado ao mais alto nível de forma consistente. Quão importantes foram esses primeiros tempos no Malmö para o seu desenvolvimento?

Ibrahimović: Extremamente importantes. Foi onde tudo começou. Foi onde disse a mim mesmo: “Ou vou empenhar-me nisto ou vou desperdiçar o tempo”, e foi uma decisão que tomei quando estava a jogar nos juniores do MFF. Eles deram-me a oportunidade de mostrar o que podia fazer e eu aproveitei.

UEFA.com: Cresceu em Rosengard, na periferia de Malmo, pode falar-nos do seu crescimento e que importância teve nessa altura o futebol para si?

Ibrahimović: O futebol significava tudo. Jogávamos futebol todos os dias, na escola, em casa, em todo o lado. Antes dos treinos de futebol, jogávamos futebol. Depois dos treinos, jogávamos futebol. Era uma constante. Muito futebol. Tínhamos um campo no meio do recreio e era onde tudo acontecia.

Ibrahimović: O meu Momento Mágico
Ibrahimović: O meu Momento Mágico

UEFA.com: Pagou a construção de um campo de futebol de cinco na zona onde cresceu. Qual a importância para si desse sentido de comunidade?

Ibrahimović: É importante não esquecer as nossas origens. Passei para um outro nível, o mais alto, mas não me esqueci de onde venho e há sempre algo que podemos dar em troca. Os velhos amigos cresceram, em parte, separados mas mantenho contacto com todos aqueles que nessa altura tiveram um papel importante na minha vida  Sei quem são e onde estão.

Para saber mais de Ibrahimović, incluindo de que forma ele reservou a praça principal de Malmo para ali instalar um ecrã gigante para mostrar o jogo de quarta-feira, de que forma se impôs a quem duvidava dele e a ambição do Paris na corrente época, haverá um segundo vídeo na terça-feira.  

Zlatan Ibrahimović, em 2007, num dos seus campos em Rosengard
Zlatan Ibrahimović, em 2007, num dos seus campos em Rosengard©Getty Images


Topo