Foto: Porto de Mourinho ganha Champions League

José Mourinho regressa ao Porto como treinador do Chelsea e por isso olhamos para os protagonistas que ajudaram os "azuis-e-brancos" a fazerem história em 2004.

O Porto ergue o troféu
O Porto ergue o troféu ©Getty Images

Contra todas as previsões, o FC Porto de José Mourinho surpreendeu a Europa ao dar sequência à conquista da Taça UEFA de 2003 com a UEFA Champions League de 2004. Após eliminar o Manchester United, Lyon e Deportivo La Coruña pelo caminho, o emblema luso garantiu um convincente triunfo por 3-0 sobre o Mónaco em Gelsenkirchen. Quando o "Special One" se prepara para regressar ao Porto ao leme do Chelsea, na terça-feira, fomos saber o que aconteceu com algumas das figuras-chave a equipa.

História da UEFA Champions League

1. André Villas-Boas
Villas-Boas seguiu o seu mentor José Mourinho do Porto para o Chelsea e para o Internazionale, antes de tornar-se treinador principal, ao serviço da Académica, em Outubro de 2009. Saiu no Verão de 2010 para ser o mais jovem técnico de sempre do Porto, com 32 anos. Guiou os "dragões" à conquista da Liga portuguesa sem qualquer derrota, e à vitória na Taça de Portugal e na UEFA Europa League em 2011. Agora no Zenit, após passagens pelo Chelsea e Tottenham, deverá contudo regressar a Portugal, depois de anunciar que irá deixar o emblema russo no final da temporada.

2. Pedro Mendes
Jogou uma época apenas no Estádio do Dragão, tendo ganho a Liga e a UEFA Champions League em 2004. Após dois anos no Tottenham Hotspur, o médio mudou-se para o Portsmouth, pelo qual conquistou a Taça de Inglaterra, em 2008. Mudou-se para o Rangers nesse Verão, onde conquistou duas Ligas escocesas e a Taça da Escócia. Regressou a Portugal para representar o Sporting CP em 2010 e terminou a carreira no V. Guimarães no final de 2011/12. O antigo jogador, de 36 anos, tem estado afastado da ribalta do futebol.

3. Deco
Estrela maior do Porto sob o comando de Mourinho, o médio-criativo era garante de classe, golos, assistências, e marcou o segundo golo na final de 2004 – o seu derradeiro encontro pelos "dragões". Rumou a Barcelona, onde conquistou duas Ligas espanholas, duas SuperTaças espanholas, e uma segunda UEFA Champions League, em 2006. Deixou Espanha em 2008 rumo ao Chelsea, onde ganhou uma Premier League e duas Taças de Inglaterra, antes de regressar ao Brasil em 2010 para jogar no Fluminense. Conquistou dois campeonatos do Brasil antes de retirar-se. É agora agente de jogadores e observador.

4. Silvino Louro
Duas vezes finalista vencido da Taça dos Campeões Europeus pelo SL Benfica, em 1988 e 1990, o antigo internacional português trabalha com Mourinho desde 2002 como treinador de guarda-redes no Porto, Chelsea, Internazionale, Real Madrid e, de novo, Chelsea.

5. Jorge Costa
Com a alcunha de "Bicho", pela sua atitude aguerrida em campo, o defesa-central formou uma dupla de grande qualidade com Ricardo Carvalho, envergando a braçadeira de capitão. Conquistou oito Ligas portuguesas e cinco Taças de Portugal no Porto, bem como uma Taça UEFA e a UEFA Champions League. Mais tarde tornou-se treinador de emblemas como o Braga, Cluj, AEL Limasol e Paços Ferreira. É o actual seleccionador do Gabão.

6. Pedro Emanuel
Mourinho via o defesa-central como o seu representante em campo, afirmando em 2003: "Pedro Emanuel já é um treinador." O defesa, nascido em Angola, foi depois adjunto de André Villas-Boas na memorável época 2010/11 do Porto, antes de levar a Académica à conquista da Taça de Portugal em 2012. Orientou depois o Arouca, antes de emigrar para assumir o Apollon Limassol.

7. Vítor Baía
Conquistou 31 títulos em 18 anos como profissional, sendo o mais importante sob o comando de Mourinho – um ano depois de bater o Celtic na final da Taça UEFA –, escrevendo o seu nome entre as lendas do FC Porto. Realizou 406 jogos pelos "dragões" em duas passagens pelo clube, nas quais somou dez campeonatos portugueses, cinco Taças e oito SuperTaças. Pendurou as luvas em 2007 e é actualmente comentador televisivo.

8. Paulo Ferreira
Um dos jogadores que José Mourinho mais apreciava, foi totalista da equipa na caminhada triunfal na rumo à conquista da UEFA Champions League. Acompanhou o treinador rumo ao Chelsea, onde arrecadou três títulos da Premier League, mais uma UEFA Champions League em 2012 e a UEFA Europa League de 2013. Continua no Chelsea como director para as relações institucionais.

9. Derlei
O versátil e goleador avançado brasileiro – que podia jogar a ponta-de-lança ou nos flancos – viveu os melhores anos no Porto. Deixou o Dragão em 2005 para representar os russos do Dinamo Moskva. Mais tarde jogou no Benfica (por empréstimo), Sporting CP e Vitória, do Brasil, antes de deixar de jogar em 2010.

10. Nuno Espírito Santo
Chegou ao Porto oriundo do Deportivo, antes do início de 2002/03, embora não tenha conseguido desalojar Vítor Baía da baliza. Teve duas passagens pelos "azuis-e-brancos" antes de se retirar em 2010. Tornou-se treinador do Rio Ave em 2012 e perdeu para o Benfica as finais da Taça de Portugal e Taça da Liga em 2014. Foi o escolhido para orientar o Valência, clube que apurou para a fase de grupos da UEFA Champions League de 2015/16.

Ausentes da imagem: José Mourinho
O "Special One" transformou de novo o Porto num gigante europeu, depois guiou o Chelsea rumo ao primeiro campeonato inglês em 50 anos e fez história no Inter – os "nerazzurri" tornaram-se no primeiro emblema italiano a conquistar a "tripla". Aos 52 é já um dos treinadores com mais sucesso na história do futebol.

UEFA Champions League
Foto: Quando o Paris bateu a equipa fantástica do Barcelona
Foto: Trezeguet ajuda Juventus a afastar o Real 
Foto:Quando o Mónaco surpreendeu o poderoso Real
Foto: Barcelona silencia Bernabeu
Foto: Cristiano Ronaldo aplaudido de pé em Old Trafford
Foto: Heróis de Istambul do Liverpool
Foto: Juve tira quartos-de-final ao Bremen
Foto: Ajax vira derrota de 3-1 frente ao Benfica
Foto: A última fase de grupos do Macabbi Telavive

Futebol internacional
Foto: Irlanda-Escócia, 1986
Foto: Itália sobrevive a susto e alcança final do Mundial

Taça UEFA/UEFA Europa League
Foto: Nápoles de Maradona, 1989
Foto: Primeiro triunfo do Sevilha na Taça UEFA
Foto: Galatasaray faz história na Taça UEFA

Competições nacionais
Foto: Batistuta põe fim à espera da Roma
Foto: Campeões do Chelsea em 2005 uma década depois
Foto: Quando o Benfica bateu o Porto de Mourinho

EURO Sub-21
Foto: Portugal vence Alemanha em 2004
Foto: Triunfo épico da Inglaterra nas meias-finais de 2009
Foto: Benzema e Nasri na geração de 2004

 

Topo