Rapid surpreende Ajax, Dínamo, Mónaco e APOEL em frente

O Molde falhou duas grandes penalidades ante o Dínamo, enquanto o APOEL segurou a vantagem nos golos fora com dez, o Rapid surpreendeu o Ajax e o Mónaco goleou.

O Rapid, que esteve pela última vez na fase de grupos em 2005/06, festeja a vitória por 3-2 frente ao Ajax
O Rapid, que esteve pela última vez na fase de grupos em 2005/06, festeja a vitória por 3-2 frente ao Ajax ©Getty Images

Rapid Wien coloca ponto final nas esperanças do Ajax na UEFA Champions League ao vencer por 3-2 em Amesterdão
APOEL e Dínamo Zagreb apuram-se graças aos golos fora; Mónaco vence Young Boys sem dificuldades
Molde marca apenas um de três grandes penalidades de que dispôs num empate 3-3 frente ao Dínamo, que esteve a vencer por 3-0
Restantes 11 jogos da segunda mão agendados para quarta-feira
Sorteio do "play-off" às 11h00 (de Portugal Continental) de sexta-feira com transmissão em directo no DrawCentre do UEFA.com
Equipas eliminadas transitam para o "play-off" da UEFA Europa League, cujo sorteio é às 12h00 de sexta-feira

Caminho das Ligas:
Ajax 2-3 Rapid (total: 4-5)

• A série de cinco participações consecutivas do Ajax na fase de grupos da UEFA Champions League não será aumentada para seis, por culpa desta derrota caseira, com Louis Schaub, autor de um bis, a desferir o golpe fatal, a 13 minutos do fim.
• A jovem equipa de Frank de Boer tinha recuperado de dois golos de desvantagem – tal como o Rapid na semana passada – graças a um belo remate à meia-volta de Arkadiusz Milik e um tiro fulminante de Nemanja Gudelj, mas Schaub decidiu a eliminatória, igualmente com um grande golo. Robert Berić tinha colocado os forasteiros em vantagem bem cedo, de cabeça.

Mónaco 4-0 Young Boys (total: 7-1)
• Ivan Cavaleiro e Stephan El Shaarawy, emprestado pelo Milan, marcaram na sua estreia caseira pelo Mónaco de Leonardo Jardim, que também apresentou Ricardo Carvalho e João Moutinho de início (Bernardo Silva não saiu do banco de suplentes), com o clube, presente nos quartos-de-final da época passada, a confirmar o apuramento. Layvin Kurzawa e Anthony Martial também facturaram para o emblema da Ligue 1.

Caminho dos Campeões:
Molde 3-3 Dínamo Zagreb (total: 4-4, Dínamo apura-se graças aos golos fora)
• O Molde desperdiçou dois penalties, converteu outro e ficou sem Vegard Forren, expulso, num jogo notável em que recuperou de uma desvantagem de 3-0 para chegar ao empate, ainda assim insuficiente.
• Ola Kamara atirou por cima no primeiro penalty, e quando Harmeet Singh permitiu a defesa do português Eduardo no outro, perto do intervalo, já o conjunto norueguês perdia por 3-1, após golos de Marko Pjaca, Arijan Ademi, capitão do Dínamo, e Marko Rog, no espaço de cinco minutos.
• Mohamed Elyounoussi fez o 3-2 na segunda parte, de penalty, depois de Etzaz Hussain ter encetado a recuperação, aos 43 minutos. Forren foi expulso, a cerca de 15 minutos do fim, mas ainda assim a equipa de Tor Ole Skullerud não desistiu, com Kamara a concluir um passe longo de Eirik Hestad. No entanto, o Dínamo, que também alinhou de início com Ivo Pinto e Gonçalo Santos, aguentou firme num jogo que teve cinco minutos de compensação e garantiu o apuramento.

APOEL 0-1 Midtjylland (total: 2-2, APOEL apura-se graças aos golos fora)
• Surpreendido por um golo madrugador, o APOEL de Domingos Paciência (com Mário Sérgio, Nuno Morais e Luís Leal de início) resistiu durante 60 minutos sob temperaturas de 35 graus.
• O Midtjylland começou da melhor forma, com um golo logo aos três minutos, quando Erik Sviatchenko concluiu, de cabeça, um livre de Jakob Poulsen. A tarefa do APOEL complicou-se após a expulsão de Vinicius, que viu o cartão vermelho directo por falta sobre Pione Sisto, mas o emblema de Nicósia aguentou e está a uma eliminatória da sua terceira participação na fase de grupos.

Repórteres: Martijn Sterke, Vegard Eikrem e John Leonidou

O golo que coloca o Celtic em vantagem para a deslocação ao Azerbaijão
O golo que coloca o Celtic em vantagem para a deslocação ao Azerbaijão©Getty Images

Jogos de quarta-feira
Caminho das Ligas:
Sparta Praha (2-2) CSKA Moskva
Club Brugge (1-2) Panathnaikos
Shakhtar Donetsk (0-0) Fenerbahçe

Caminho dos Campeões:
Astana (0-0) HJK Helsinki
Qarabağ (0-1) Celtic
BATE Borisov (1-1) Videoton
FC Basel (3-1) Lech Poznań
Partizan (1-1) Steaua Bucureşti
Malmö (0-2) Salzburg
Viktoria Plzeň (2-1) Maccabi Tel-Aviv
Skënderbeu (2-0) Milsami Orhei

Apurados para o "play-off": Valência, Manchester United, Leverkusen, Lázio, Sporting

Apurados para a fase de grupos: Barcelona (campeão), Bayern, Chelsea, Benfica, Paris Saint-Germain, Juventus, Zenit, PSV, Real Madrid, Atlético, Porto, Arsenal, Manchester City, Sevilha, Lyon, Dínamo Kiev, Olympiacos, Galatasaray, Roma, Mönchengladbach, Wolfsburgo, Gent

Topo